Guia do Investidor
cea fachada loja 960x540 1
Notícias

C&A (CEAB3) tem lucro de $ 168,7 milhões no 4T23

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A C&A (CEAB3) divulgou seus resultados ontem, dia 28 de fevereiro (28), e apresentou um lucro líquido de R$ 168,7 milhões no último trimestre de 2023. A demonstração indicou uma redução de 20,8% em comparação com os R$ 212,9 milhões registrados no mesmo período de 2022. Por outro lado, o lucro líquido ajustado experimentou um notável aumento de 98,2%, atingindo R$ 144,9 milhões. A receita líquida total também exibiu um crescimento significativo de 17,7% em relação ao ano anterior, alcançando o montante de R$ 2,293 bilhões. O resultado demonstra a habilidade da varejista no desafiador e competitivo cenário enfrentado pelas lojas de vestuário ao longo de 2023 com a ascensão de negócios como a Shein.

Resultado do Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização)


A C&A apresentou um Ebitda ajustado de R$ 501,5 milhões, representando um aumento de 37,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. A margem Ebitda ajustada, que engloba elementos como recuperação de créditos fiscais, receitas financeiras de fornecedores e outras receitas operacionais líquidas, atingiu 21,9%, indicando um acréscimo de 3,2 pontos percentuais em comparação ao quarto trimestre do ano anterior.

Leia mais  Ressaca de Feriado: Ibovespa luta para manter os 115 mil pontos em dia de baixa liquidez

A dívida líquida da C&A apresentou uma redução significativa, passando de R$ 1,197 bilhão em 2022 para R$ 881,2 milhões em 2023, representando uma diminuição consolidada de 26,4% ao longo do ano.

Investimentos da Empresa

Foi observado uma queda nos investimentos da empresa de 43,1%, passando de R$ 110,8 milhões no quarto trimestre de 2022 para R$ 63 milhões no último trimestre. A C&A destacou que essa otimização nos investimentos resultou da priorização de projetos e da ênfase na preservação de caixa, com um montante de R$ 40,1 milhões direcionado para investimentos em digital e tecnologia.

No que diz respeito às vendas nas mesmas lojas de vestuário (SSS), considerando as unidades abertas há mais de um ano, observou-se um crescimento notável de 18,5%, representando um avanço de 17,2 pontos percentuais em relação ao mesmo período de 2022. As vendas totais de SSS também apresentaram um crescimento significativo de 14,8 pontos percentuais na comparação.

A administração da empresa atribuiu o aumento nas vendas de vestuário à excelente aceitação das coleções de alto verão, ressaltando que a gestão eficiente do sortimento, abastecimento e reposição contribuiu para esse desempenho, com especial destaque para o crescimento nas divisões feminina e masculina.

Leia mais  EZTEC lança novo empreendimento de R$ 224 milhões em VGV

C&A (CEAB3) anuncia renúncia e substituição de Diretor Vice-Presidente

por Leonardo Bruno 20/06/2023

A C&A (CEAB3), uma das maiores varejistas de moda do Brasil, comunicou na segunda-feira (19) a renúncia do Sr. Milton Lucato Filho ao cargo de Diretor Vice-Presidente de Administração, Finanças e de Relações com Investidores.

Após a renúncia do Sr. Milton Lucato Filho, o Conselho de Administração da companhia se reuniu no mesmo dia e elegeu o Sr. Laurence Beltrão Gomes como o novo Vice-Presidente de Administração, Finanças e de Relações com Investidores.

A C&A expressa seu agradecimento ao Sr. Milton Lucato Filho por sua contribuição e dedicação durante o tempo em que ocupou o cargo. Sua atuação foi fundamental para o desenvolvimento e sucesso da empresa.

Por sua vez, a nomeação do Sr. Laurence Beltrão Gomes representa uma escolha estratégica para fortalecer a equipe de liderança da C&A. Com vasta experiência no setor financeiro, o novo Vice-Presidente traz consigo um conhecimento aprofundado sobre gestão financeira e relações com investidores, o que será fundamental para apoiar os planos e estratégias da companhia.

A C&A reafirma seu compromisso em manter uma gestão sólida e eficiente, buscando sempre aprimorar seus processos e garantir transparência nas relações com o mercado. A renúncia e nomeação de um novo Diretor Vice-Presidente fazem parte da dinâmica corporativa da empresa, que busca continuamente fortalecer sua equipe de liderança para enfrentar os desafios do mercado e impulsionar seu crescimento.

Leia mais  Novo Ibovespa: B3 divulga nova prévia com entrada de Vamos (VAMO3) e Petrorecôncavo (RECV3)

A C&A segue empenhada em oferecer uma experiência de compra diferenciada aos seus clientes, com produtos de qualidade e um atendimento de excelência. A empresa mantém seu foco no fortalecimento de sua posição no setor varejista de moda, buscando constantemente inovação e adaptação às demandas do mercado.

A nomeação do novo Vice-Presidente de Administração, Finanças e de Relações com Investidores reforça o compromisso da C&A em manter uma gestão financeira sólida e estratégica, contribuindo para o crescimento e o sucesso contínuo da empresa.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Crise na Bolsa de Valores? Um alerta para a economia brasileira

Fernando Américo

O que acontece com uma nova bolsa de valores no Brasil?

Fernando Américo

Ministro critica “lucro exorbitante” da Petrobras e nega interferência

Rodrigo Mahbub Santana

Empresa de Trump tem prejuízo de quase US$ 60 bi em 2023

Rodrigo Mahbub Santana

BTG Pactual rebaixa recomendação da Vale em meio a tumulto

Rodrigo Mahbub Santana

PDG registra lucro líquido de R$ 1,7 bi no 4T23

Márcia Alves

Deixe seu comentário