Guia do Investidor
caixa seguiridade GDI
Notícias

Caixa seguridade antecipa R$ 1,5 bilhão em Dividendos

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Em uma decisão importante que impactará tanto a controladora CAIXA quanto os acionistas minoritários, o Conselho de Administração da Caixa Seguridade Participações S.A. aprovou o pagamento de dividendos antecipados no valor de R$ 1,5 bilhão em uma reunião realizada em 18 de outubro de 2023. Essa movimentação financeira considerável tem como objetivo distribuir os lucros acumulados até 30 de junho de 2023 aos investidores da empresa.

A reunião do Conselho de Administração, que contou com a presença de membros-chave e assessores, foi iniciada às 10h04 e encerrada às 17h39, durante a qual os participantes deliberaram sobre uma série de questões críticas, com o pagamento de dividendos sendo o tópico central. A decisão de distribuir dividendos antecipados reflete a sólida posição financeira da empresa e a busca por proporcionar retornos aos acionistas.

De acordo com informações contidas no extrato da ata, os dividendos antecipados serão pagos à controladora CAIXA e aos acionistas minoritários. O valor total de R$ 1,5 bilhão será destinado a essa distribuição, e a perspectiva de liquidação financeira está agendada para 6 de novembro de 2023. Importante destacar que a data de corte da base acionária foi estabelecida para 24 de outubro de 2023, com a data ex dividendos prevista para 25 de outubro de 2023.

Essa decisão é uma demonstração do compromisso da Caixa Seguridade com seus acionistas, uma vez que a distribuição de dividendos é uma maneira de recompensar os investidores por seu apoio contínuo à empresa. Além disso, essa injeção de capital nos mercados financeiros pode ter um impacto positivo na confiança dos investidores e no preço das ações da Caixa Seguridade.

A aprovação dos dividendos antecipados também levou em consideração o parecer favorável da Diretoria da empresa, que foi consignado na Ata nº 384 de 10/10/2023. Além disso, o Comitê de Auditoria emitiu um opinamento favorável, registrado na Ata nº 316 de 17/10/2023. Esses pareceres contribuíram para a tomada de decisão do Conselho de Administração.

A distribuição de dividendos é uma prática comum entre as empresas de capital aberto, e é uma maneira de compartilhar os ganhos financeiros com os investidores que possuem ações na empresa. No caso da Caixa Seguridade, essa medida pode ser especialmente significativa, considerando a magnitude do valor envolvido.

Vale ressaltar que essa decisão também pode ter um impacto mais amplo no mercado financeiro, uma vez que os investidores monitoram de perto as ações de empresas de capital aberto. O anúncio do pagamento de dividendos antecipados pode atrair a atenção de investidores em potencial e aumentar o interesse nas ações da Caixa Seguridade.

O que são dividendos?

Dividendos são uma parcela do lucro de uma empresa que é distribuída aos seus acionistas. Eles são uma forma de a empresa recompensar os acionistas pelo investimento feito, e são geralmente pagos em dinheiro, mas também podem ser pagos na forma de mais ações da empresa.

A decisão de quanto do lucro será distribuído como dividendos é geralmente tomada pela diretoria da empresa e deve ser aprovada pelos acionistas em uma reunião anual. A outra parte do lucro é geralmente reinvestida na empresa para financiar o crescimento e a expansão.

O valor do dividendo que um acionista recebe depende do número de ações que ele possui. Por exemplo, se uma empresa paga um dividendo de R$1 por ação e você possui 100 ações, você receberá R$100 em dividendos.

Os dividendos são uma forma importante de retorno para os investidores, especialmente para aqueles que investem a longo prazo. Eles podem ser reinvestidos para comprar mais ações ou podem ser usados como uma fonte de renda.

Dividendos e Juros sobre Capital Próprio (JCP) são duas formas que as empresas têm de distribuir parte de seus lucros aos acionistas, mas eles têm diferenças significativas principalmente no aspecto tributário.

Dividendos: São distribuídos a partir do lucro líquido da empresa, após a dedução de todos os impostos. Portanto, os dividendos são isentos de imposto de renda para os acionistas que os recebem, pois a empresa já pagou todos os impostos devidos.

Juros sobre Capital Próprio (JCP): É uma forma alternativa de distribuição de lucros que tem um benefício fiscal para a empresa. O JCP é tratado como uma despesa operacional para a empresa e, portanto, reduz o lucro tributável da empresa, resultando em menos imposto de renda devido pela empresa. No entanto, ao contrário dos dividendos, o JCP é tributável para os acionistas que o recebem. A alíquota é de 15% e o imposto é retido na fonte.

Conhece a Nova Agenda Dividendos do GDI? 

Por fim, se você é um investidor que gosta de estar ligado e antenado as empresas que mais pagam dividendos no mercado, precisa acessar a nova e repaginada Agenda de Dividendos do Guia do Investidor!

image 32
Agenda Dividendos do GDI

Lá é possível conferir as principais datas de pagamentos, as empresas que mais estão pagando dividendos acionistas e os tipos de dividendos que serão distribuídos nos próximos dias! Portanto, não deixe de clicar aqui para conferir e encher seu bolso!

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Itaúsa (ITSA4) pagará R$ 5,6 bilhões de dividendos e JCP

Mateus Sousa

Apesar de quedas, Vale segue sendo a “queridinha dos dividendos”

Leonardo Bruno

R$ 1,12 por ação: Itaú divulga dividendos para encher o seu bolso

Leonardo Bruno

Cinco dicas para formar renda passiva com dividendos

Guia do Investidor

Grana Preta: Banco Inter revela melhores ações de Dividendos

Leonardo Bruno

As melhores ações de Dividendos para Janeiro

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário