Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Com temporada de resultado às portas, é hora de apostar nos Bancos Brasileiros?

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

  • A temporada de resultados referente ao 2T22 já começou, e a contagem regressiva para os balanços dos grandes bancos também;
  • Analistas traçam uma linha do que esperar destas instituições.

A temporada de resultados referente ao segundo trimestre do ano se inicia nas próximas semana vai se estender durante todo o mês de agosto. No entanto, grandes especialistas já estão ajustando suas expectativas para os anúncios operacionais das principais companhias do mercado. E é claro que os grandes bancos não ficaram de fora do movimento.

Os balanços dos maiores bancos privados brasileiros estão previstos para 28 de julho, Santander Brasil; 4 de agosto, Bradesco; e 8 de agosto, Itaú Unibanco.

O momento do setor

Para o segundo semestre, dois vetores devem ser monitorados: a redução do preço da gasolina que puxa a inflação para baixo e a repercussão do aumento de transferência de renda, via Auxílio Brasil, no consumo e também em crédito, lembrando que o juro seguirá bastante elevado 2023 adentro.

Leia mais  Semana do Brasil vai promover descontos de até 80% com 300 lojas

Analistas internacionais constataram o poder do juro alto nos balanços de bancos na sexta-feira passada, dia de firmes ganhos nas ações do setor em Nova York.

Após a divulgação dos resultados trimestrais do J.P. Morgan Chase, Morgan Stanley, Citigroup e Wells Fargo, todos com quedas no lucro, especialistas avaliaram que eles auferiram expressiva elevação de receitas com juros e mais empréstimos pelo aperto monetário patrocinado pelo Federal Reserve (Fed), o BC dos EUA, a partir de março, informa a Bloomberg.

Nesta segunda-feira, os resultados do Goldman Sachs e do Bank of America replicaram a tendência de seus pares No Brasil, juro maior e expansão do crédito – e também da inadimplência – poderão dar a tônica dos balanços dos bancos que, no 1º trimestre deste ano, registraram um avanço diferenciado de lucros.

“O tema principal para os bancos [brasileiros] continuará a ser o declínio na qualidade do crédito”,

Afirma Pedro Leduc, especialista do Itaú BBA, em relatório sobre a preferência da instituição em serviços bancários e financeiros do Brasil antes dos resultados do 2º trimestre

O analista também alerta que o 2T22 deve trazer “tendências mistas para os grandes bancos”. O Itaú BBA prevê aceleração da inadimplência no varejo, afetando o crescimento da carteira de crédito. E alerta que a contaminação de pequenas e médias empresas deve ser monitorada.

Leia mais  Os 6 melhores cartões de crédito sem anuidade

Conhece a agenda de resultados?  

Por fim, se você quer se organizar para acompanhar as datas dos Resultados do 2T22? Então, não deixe para depois e confira a Agenda de Resultados do Guia do Investidor.  

No calendário estão reunidas todas as datas da divulgação dos Resultados do 2T22 das empresas listadas na bolsa de valores brasileira. Claro que sempre de formas simples e prática. Dessa forma, basta acessar clicando aqui! 


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais  Quais os horários de TED e DOC?

Leia mais

Ibovespa abre com alta impulsionado por Petrobras e Eletrobras

Paola Rocha Schwartz

Bancos projetam queda do PIB e alta da inflação

Márcia Alves

Ibovespa abre com queda impulsionado por negativas de B3 e Vale

Paola Rocha Schwartz

Ibovespa abre em alta com impulsos de B3, Petrobras e bancos

Paola Rocha Schwartz

Americanas adia divulgação de balanços de 2023 e 1º trimestre de 2024

Rodrigo Mahbub Santana

Renner registra queda de 11% em duas sessões consecutivas

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário