Guia do Investidor
Copia de Capas logo empresas gdi 8
Colunistas

Como fazer um planejamento adequado da sua empresa para 2024?

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O ano nunca sai como planejamos, isto é um fato. Mas por que continuamos planejando? A resposta é óbvia: porque gostamos de planejar, o que é uma verdade. E sabe o que é legal? O powerpoint e o excel aceitam de tudo. Qualquer ideia que você e seu time tenham, pode colocar lá que vão aceitar. O x da questão está em como “sair do outro lado”.

Antes de tudo, você deve ter em mente que um bom planejamento precisa reunir alguns elementos, como saber em que situação a organização se encontra no momento, avaliando diferentes aspectos. A parte mais fácil é saber o status financeiro, como receitas, despesas, entre outros. Mas o que vai tornar você, seu time, sua empresa, melhores?

Naturalmente, olhamos para o ano anterior, para saber como foi o desempenho. Olhamos para entender as metas propostas e os resultados obtidos. Será que alcançamos as metas? Se sim, que ótimo! Isso foi conseguido por causa dos elementos que “previmos” no início do ano anterior? Pois é, sabemos que não é bem por aí.

O fato é que vamos errar, para mais ou para menos. O que não podemos fazer é levar o nosso empreendimento ao sabor do vento, ou pior, que o vento nos leve. Sabemos que é impossível ter controle sobre tudo, nem deveríamos tentar, mas algumas coisas sim estão mais à nossa mão. E uma destas coisas é o aprendizado.

Para começar esse processo de aprendizagem, é fundamental entender claramente as premissas e porque não se verificaram ou se verificaram ao longo do ano. Essa atitude vai viabilizar que, no ano seguinte, você defina melhor as suas premissas e assim consiga obter o sucesso que tanto deseja.

No entanto, tenha plena noção de que erros acontecerão ao longo do caminho, então você precisa ter um processo que permita a organização aprender ao longo da jornada. Adotar os OKRs – Objectives and Key Results (Objetivos e Resultados Chaves) -, é uma ótima forma de fazer isso.

Afinal, a ferramenta permite ajustes frequentes no plano de execução. Além de oferecer uma visão ampla da estratégia para todo o time, assim, todos saberão onde precisam mudar. O aprendizado é constante e a compreensão de erros e acertos também, sempre com clareza de direção e foco no que é mais importante.

Convenhamos que não adianta nada planejar um ano inteiro, um ano é uma eternidade, e não ser capaz de corrigir a rota ao longo do processo. As variáveis externas são muitas, podendo mudar quase diariamente. E como você deve lidar com este cenário? Fazendo planejamentos de curto prazo.

Veja bem, não estou falando para deixar totalmente de lado sua visão de longo prazo, pois você precisa dela para conseguir visualizar planos de um futuro próximo. Porém, é inviável que exista apenas um plano de longo prazo e que seu alinhamento gire em torno disso, pois não é nada recomendado, seus colaboradores não vão saber o que fazer no dia seguinte, e isto é fundamental.

Por essa razão, planeje resultados de curto prazo que mostrem que você está em um bom caminho para seu sucesso no longo prazo. Vá ajustando com o time os pontos e também as velas, para que a empresa esteja na direção correta. Desta maneira, as chances do seu (re)planejamento funcionar são grandes, te levando para o lugar em que você deseja estar

Pedro Signorelli é um dos maiores especialistas do Brasil em gestão, com ênfase em OKRs. Já movimentou com seus projetos mais de R$ 2 bi e é responsável, dentre outros, pelo case da Nextel, maior e mais rápida implementação da ferramenta nas Américas. Mais informações acesse: http://www.gestaopragmatica.com.br/

Leia mais  BRF quer "ressuscitar" a Sadia e está apostando alto para isso

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Governo destina R$ 15 bi a empresas atingidas por enchentes no RS

Rodrigo Mahbub Santana

Número de empresas pedindo recuperação judicial é o maior em 6 anos

Márcia Alves

Moody’s revisa Rating da Jalles Machado: Destaques e Desafios

Rodrigo Mahbub Santana

Irani realiza o terceiro Programa de Recompra de Ações

Fernando Américo

China é acusada de fraudar biocombustíveis

Rodrigo Mahbub Santana

Pedidos de Recuperação Judicial disparam 94,7% em Março

Márcia Alves

Deixe seu comentário