Guia do Investidor
Guias

Comprar Ouro: Veja como Investir em Ouro em 2024

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Investir em ouro sempre foi uma estratégia popular para proteger o patrimônio e diversificar investimentos. No turbulento cenário econômico de 2024, o ouro continua sendo uma opção atraente para os investidores.

Esse tipo de aplicação tem se tornado mais popular e acessível nos últimos tempos, possibilitando novas maneiras de diversificar e proteger as carteiras de investimentos. 

Este artigo fornecerá algumas informações sobre como comprar ouro físico, como investir em ouro por meio de fundos negociados em bolsa (ETFs) e contratos futuros, além de oferecer dicas sobre como gerenciar os riscos associados a esse investimento.

Por que investir em ouro?

Comprar Ouro: Veja como Investir em Ouro em 2024
Comprar Ouro: Veja como Investir em Ouro em 2024


Muitos investidores consideram investir em ouro uma escolha inteligente, e há várias razões para isso. Ao longo da história, as pessoas têm visto o ouro como uma reserva confiável de valor, especialmente em tempos de incerteza econômica.

Quando a economia está instável, o valor do ouro geralmente se mantém estável ou até mesmo aumenta. Isso significa que, mesmo quando há inflação ou a moeda perde valor, o ouro permanece relativamente constante em seu valor.

Durante crises financeiras ou geopolíticas, o ouro é frequentemente procurado por investidores como um “porto seguro”. Isso significa que os investidores confiam no ouro para manter seu valor quando outros ativos estão sob pressão.

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

Por outro lado, não costuma trazer rentabilidade ao investidor e sua volatilidade é bem alto nos preços. 

Vale lembrar que é importante conhecer bem o seu perfil de investidor para alocar os ativos de maneira adequada.

Vale a pena investir em ouro?

Ao longo da história humana, o metal reluzente tem sido utilizado como símbolo de riqueza e valor. E mesmo nos dias atuais, ele continua a oferecer as mesmas vantagens. Contudo, sim, vale a pena investir em ouro em 2024.

Nos investimentos, o ouro pode servir como um recurso para proteger a carteira quando o mercado se torna avesso ao risco, especialmente devido à sua falta de correlação com outros ativos.

Essa característica é crucial para aumentar a diversificação, o que é essencial para equilibrar os riscos de uma carteira de investimentos.

Leia mais  Aura registra aumento anual de 33% na produção do 2º trimestre

Confira algumas outras vantagens de Investir em Ouro em 2024

  • Reserva de valor duradouro: torna-se uma opção para preservar o valor do patrimônio em tempos de crise financeira, o ouro proporciona estabilidade e segurança aos investidores.
  • Liquidez: o ouro é um ativo altamente líquido, com boa negociabilidade nos mercados e ampla aceitação internacional, o que facilita a compra e venda quando necessário.
  • Diversificação e proteção: esse tipo de investimento oferece a oportunidade de diversificar ainda mais a carteira, adicionando uma camada adicional de proteção contra volatilidade e incertezas nos mercados financeiros.
  • Descorrelação: o ouro exibe uma baixa correlação com outros ativos de renda variável, como ações e fundos imobiliários, o que significa que seu valor pode se mover de forma independente, proporcionando uma proteção adicional contra flutuações nos mercados.
  • Facilidade: atualmente, não é mais necessário possuir ouro físico para investir no metal, entretanto existem diversas formas de investir na valorização do ouro sem a necessidade de armazenamento físico, oferecendo conveniência e acessibilidade aos investidores.

Em geral, o ouro é amplamente reconhecido como um porto seguro na economia global. Durante períodos de grande incerteza e crises, quando os valores dos ativos estão altamente instáveis e a inflação é alta, a demanda pelo ouro tende a aumentar.

Os participantes do mercado veem nele uma reserva de valor e uma salvaguarda para seus ativos, com o objetivo de proteger seus recursos diante de fortes quedas nos valores dos ativos reais e do efeito prejudicial da inflação.

Dessa forma, o mais recomendado é que o investidor busque a orientação de um consultor financeiro especializado para iniciar seus investimentos.

Como comprar Ouro em 2024

Há várias maneiras de comprar ouro, cada uma com suas próprias vantagens e considerações, sendo elas:

  • Barras de Ouro: Barras de ouro são uma forma física de possuir ouro. Elas vêm em diferentes tamanhos e pesos, permitindo que os investidores escolham de acordo com seu orçamento e objetivos. Ao comprar barras de ouro, é importante verificar a autenticidade e a pureza do metal.
  • Moedas de Ouro: Moedas de ouro, como o Krugerrand, o American Eagle e o Maple Leaf, são outra forma física de possuir ouro. Essas moedas são emitidas por governos e geralmente têm um valor nominal, além de seu valor intrínseco com base no peso e na pureza do ouro.
  • Fundos de Ouro Negociados em Bolsa (ETFs): ETFs de ouro são fundos de investimento que acompanham o preço do ouro e são negociados em bolsas de valores. Eles oferecem uma maneira conveniente de investir em ouro sem a necessidade de possuir fisicamente o metal. Os ETFs de ouro também podem ser negociados ao longo do dia, como ações.
  • Contratos Futuros de Ouro: Investidores mais experientes podem optar por negociar contratos futuros de ouro, que permitem especular sobre o preço futuro do metal. No entanto, os contratos futuros podem ser voláteis e exigem um conhecimento mais avançado do mercado.

Dicas para Investir em Ouro com Sucesso

Ao pensar em investir em ouro, é importante entender os custos e taxas envolvidos para tomar uma decisão informada.

Comprar Ouro: Veja como Investir em Ouro em 2024

Aqui estão algumas das despesas comuns associadas ao investimento em ouro:

  1. Prêmio sobre o Preço de Mercado: Quando você compra ouro físico, como barras ou moedas, pode ter que pagar um prêmio sobre o preço de mercado. Isso significa que você paga mais do que o valor atual do ouro. Esse prêmio pode variar dependendo da demanda e da disponibilidade do ouro.
  2. Taxas de Armazenamento e Seguro: Se você decide manter o ouro físico em sua posse, é preciso considerar os custos de armazenamento seguro. Isso inclui aluguel de cofres, seguro contra roubo ou danos, e gastos para garantir a segurança do ouro. Os valores podem variar dependendo de onde e como você guarda o ouro.
  3. Taxas de Corretagem: Se você investe em ETFs de ouro ou contratos futuros de ouro, pode estar sujeito a taxas de corretagem. Essas taxas são cobradas pelas empresas intermediárias que ajudam a comprar e vender seus investimentos. Elas variam conforme a corretora e o volume de negociação.
  4. Custos de Manutenção de ETFs: Se você opta por ETFs de ouro, também precisa considerar os custos de manutenção. Esses custos incluem taxas de gestão do fundo, que os gestores cobram do ETF para cobrir os custos operacionais. Cobram se anualmente ou periodicamente, afetando o retorno do seu investimento.
  5. Impostos sobre Ganhos de Capital: Quando você vende ouro por um preço mais alto do que comprou, pode ter que pagar impostos sobre os ganhos de capital. A taxa de imposto varia conforme o local e o tempo que você deteve o ouro. É importante entender suas obrigações fiscais consultando um profissional de impostos.
Leia mais  AURA32 emitirá novos BDR's e migrará para o nível 3 (AURA33)

Considerar todos esses custos e taxas é fundamental para calcular o retorno potencial do seu investimento em ouro. Antes de investir, é bom pesquisar e comparar as diferentes opções disponíveis para minimizar os custos e maximizar os retornos.

O Papel do Ouro em uma Carteira de Investimentos em 2024

O ouro desempenha um papel importante em uma carteira de investimentos em 2024 por várias razões.

Comprar Ouro: Veja como Investir em Ouro em 2024

Aqui estão algumas delas a se considerar ao pensar em investir em ouro:

  1. Reserva de Valor: Em tempos de incerteza econômica e volatilidade nos mercados, o ouro é frequentemente considerado uma reserva de valor segura. De qualquer modo, ele tende a manter seu valor ao longo do tempo e pode oferecer proteção contra a inflação e desvalorização da moeda.
  2. Diversificação: Investir em ouro pode ajudar a diversificar uma carteira de investimentos, reduzindo o risco geral. Como o ouro muitas vezes tem uma correlação negativa com outros ativos, como ações e títulos, seu valor pode aumentar quando outros investimentos estão em baixa, proporcionando uma proteção contra quedas no mercado.
  3. Proteção contra Crises: Durante crises financeiras ou geopolíticas, o ouro é frequentemente procurado como um “porto seguro”. Isso significa que seu valor pode aumentar quando outros ativos estão sob pressão, proporcionando estabilidade e segurança aos investidores em tempos de turbulência nos mercados financeiros.
  4. Potencial de Valorização: Embora o ouro não ofereça retornos garantidos, seu histórico de longo prazo mostra que ele pode valorizar-se ao longo do tempo. Como parte de uma carteira de investimentos diversificada, o ouro pode oferecer um potencial de valorização e proteção contra a volatilidade do mercado a longo prazo.

Sendo assim, o ouro desempenha um papel crucial em uma carteira de investimentos em 2024, oferecendo estabilidade, diversificação e proteção contra crises financeiras. Ao considerar suas opções de investimento, é importante avaliar como o ouro pode se encaixar em sua estratégia geral e ajudar a alcançar seus objetivos financeiros a longo prazo.

Nem tudo são flores: entenda os riscos

Investir em ouro é uma ótima opção para os investidores porém não é mil maravilhas e acaba tendo desvantagens igual a qualquer outro investimento.

Confira, então, algumas das desvantagens que podem vir a tona ao investir em ouro.

Desvantagens

  1. Sem Rendimentos ou Dividendos: Ao contrário de muitos outros tipos de investimento, como ações e títulos, o ouro não gera rendimentos ou dividendos. Isso significa que você não recebe pagamentos regulares enquanto mantém o ouro em sua carteira. Como resultado, pode haver uma falta de fluxo de caixa associada ao investimento em ouro.
  2. Custos de Armazenamento e Segurança: De qualquer modo, se você optar por investir em ouro físico, como barras ou moedas, precisará considerar os custos de armazenamento seguro. Isso inclui despesas com cofres particulares, seguros contra roubo ou danos, e custos associados à segurança física do ouro. No entanto, esses custos podem reduzir os retornos potenciais do investimento.
  3. Volatilidade de Preços: Embora o ouro seja frequentemente visto como uma reserva de valor segura, seu preço pode ser altamente volátil no curto prazo. Flutuações nos mercados globais, mudanças nas políticas monetárias e eventos geopolíticos podem causar oscilações significativas no preço do ouro. Isso pode resultar em ganhos ou perdas substanciais para os investidores, dependendo do momento da compra e venda.
  4. Falta de Crescimento Real: Enquanto o ouro pode oferecer proteção contra a inflação, seu valor não tende a crescer no mesmo ritmo que os ativos produtivos, como ações de empresas ou imóveis.
  5. Risco de Manipulação do Mercado: O mercado do ouro pode ser suscetível à manipulação por grandes players do mercado, como bancos e fundos de investimento. Isso pode levar a distorções nos preços do ouro e afetar negativamente os investidores individuais. É importante estar ciente desse risco ao investir em ouro.
Leia mais  Aura Minerals (AURA33) apresenta Relatório de Sustentabilidade de 2022

Desse modo, embora o ouro tenha suas vantagens como um ativo de investimento, também apresenta desvantagens importantes que os investidores precisam considerar.

Melhores fundos de investimentos em ouro

Investir em ouro
Comprar Ouro: Veja como Investir em Ouro em 2024

Para diversificar a sua carteira com posições atreladas ao ouro, o investidor brasileiro conta com boas possibilidades sem ter a necessidade de enviar o seu dinheiro para fora do Brasil, ou seja, consegue fazer tudo na B3 e por meio da sua corretora nacional.

Entre as vantagens dos produtos a seguir, você verá que há ganhos em termos de simplicidade, acessibilidade, baixas taxas de administração e facilidade na diversificação.

1. GOLD11, o ETF de ouro na B3

Trata-se de um Fundo de Índice que busca replicar o desempenho do preço do ouro, em dólares, através do iShares Gold Trust (IAU), um ETF negociado nos Estados Unidos e gerenciado pela BlackRock.

Portanto, a estratégia de investimento desse ETF determina que pelo menos 95% do patrimônio dos investidores seja investido em cotas do IAU, o ETF americano que segue a cotação do ouro e está listado na Bolsa de Nova Iorque..

Entretanto, é relevante destacar que, na Toro, não há cobrança de corretagem para a compra de ETFs. Confira o tutorial em vídeo abaixo para aprender como adquirir suas primeiras cotas desse tipo de investimento.

2. BDR de ETF de ouro (BIAU39)

Outra maneira de investir no ETF IAU é através do BDR de ETF BIAU39, uma opção fácil de entender.

O BIAU39 é um Brazilian Depositary Receipt emitido no Brasil e lastreado no ETF americano IAU, que reflete as variações no preço do ouro.

Ademais, ao comprar esse BDR, você estaria adquirindo indiretamente cotas do ETF iShares Gold Trust (IAU), diversificando e internacionalizando seu portfólio de Renda Variável.

Essa modalidade de investimento é “dolarizada”, o que significa que, além da valorização da cota, está sujeita às oscilações da cotação do dólar.

Comparado ao GOLD11, uma vantagem é que você paga a taxa de administração apenas uma vez, pois o GOLD11 já pagou a taxa ao IAU.

Em relação aos proventos, é importante destacar que os BDRs pagam dividendos, ao contrário dos ETFs brasileiros, que retêm os proventos para reinvestir no próprio Fundo. No entanto, o IAU não distribui dividendos, então essa vantagem não se aplica em relação ao GOLD11.

3. BDR da Aura Minerals (AURA33)

A Aura Minerals é uma empresa canadense que minera ouro, cobre e outros metais desde 1946. Ela se concentra em projetos de médio porte para explorar esses metais, principalmente nas Américas.

Além disso, comprar esses BDRs significa se tornar indiretamente um acionista da empresa. Em vez de investir diretamente na variação do preço do ouro, você estará investindo em uma empresa que lucra com a mineração do metal.

Dessa forma, quando o preço do ouro sobe, o mercado espera que a Aura se torne mais lucrativa e obtenha melhores resultados.

Conclusão sobre como investir em ouro no ano de 2024

Comprar Ouro: Veja como Investir em Ouro em 2024
Comprar Ouro: Veja como Investir em Ouro em 2024

Portanto, investir em ouro em 2024 pode ser uma estratégia inteligente para proteger seu patrimônio e reduzir o risco de sua carteira de investimentos. Ao manter uma parte de seus investimentos em ouro, você pode ter mais segurança e tranquilidade, mesmo em tempos de incerteza econômica.

Além disso, ao entender as diferentes formas de investir em ouro, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento e gerenciar os riscos associados, os investidores podem aproveitar os benefícios do ouro como uma reserva de valor duradoura e um componente essencial de uma carteira de investimentos bem equilibrada.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Aura registra aumento anual de 33% na produção do 2º trimestre

Paola Rocha Schwartz

Aura aprova desdobramento de BDRs em proporção de 1 para 3

Paola Rocha Schwartz

ETFs de Ouro: os melhores para comprar em 2024

Lara Donnola

Aura Minerals (AURA33) apresenta Relatório de Sustentabilidade de 2022

Guia do Investidor

Aura Minerals registra queda na produção total no 1T23, mas produção em EPP cresce

Leonardo Bruno

O melhor trimestre do ano? Prévia do 4T22 da Aura Minerals empolga analistas

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário