Guia do Investidor
acoes 2024 GDI
Recomendações

Descubra as melhores (e as piores) ações para 2024 segundo o JPMorgan

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O mercado de ações do Brasil recebeu um voto de confiança do JPMorgan, com o banco norte-americano posicionando o país como uma aposta ‘overweight’ na América Latina. Em um cenário onde as oscilações são constantes, a equipe de estratégia do banco, liderada por Emy Shayo, destaca as ações brasileiras como uma oportunidade significativa para investidores, colocando o Brasil na frente do Chile em termos de recomendações e adotando uma postura mais cautelosa com México, Peru e Colômbia.

De acordo com o relatório, o Ibovespa tem um potencial de alta de 11,90% em seu cenário-base, com uma projeção otimista que eleva esse número para 20,56%. No entanto, o banco também apresenta um cenário pessimista, com uma possível queda de 17,26%. Os estrategistas destacam que, apesar dos desafios, o Brasil apresenta múltiplos atrativos, com descontos significativos em comparação com outros mercados emergentes, sinalizando uma recuperação dos lucros das empresas listadas.

As projeções otimistas do JPMorgan são sustentadas pela expectativa de uma redução de 225 pontos-base na taxa Selic para 2024, o que historicamente favorece o desempenho dos mercados brasileiros. Ademais, o banco ressalta que a agenda de ajuste fiscal promovida pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, deve prosseguir, contribuindo para a estabilidade institucional do país.

Essa perspectiva positiva é construída sobre três pilares principais:

  1. Taxas mais baixas: O Brasil tende a apresentar um bom desempenho durante os ciclos de flexibilização monetária, e a trajetória da inflação e da atividade econômica sugere a possibilidade de mais cortes na taxa Selic.
  2. Valuation barato: O mercado brasileiro está negociando a um valor abaixo de seus principais pares emergentes, tornando-se uma opção de investimento atraente.
  3. Redução de riscos políticos: O entendimento de que grandes mudanças na política macroeconômica não são esperadas no futuro próximo gera um ambiente propício para o investimento.

Além disso, o JPMorgan identifica o crescimento dos lucros das empresas e uma melhor perspectiva global como catalisadores para a valorização do mercado. Para 2024, a expectativa é de um crescimento de 8% nos lucros, impulsionado principalmente pelos setores alinhados à economia nacional.

Apesar do otimismo, o banco está atento aos riscos fiscais, como possíveis mudanças na meta fiscal primária e o resultado das eleições municipais, especialmente em São Paulo, que poderia influenciar a corrida presidencial de 2026.

O JPMorgan recomenda uma estratégia ‘Barbell’, equilibrando ativos de baixo e alto risco, favorecendo os setores nacionais e de valor. Dentre as ações preferidas do banco estão Allos (ALOS3), Localiza (RENT3), PRIO (PRIO3), Rede D’Or (RDOR3) e Vale (VALE3), com destaque para a Localiza como a empresa de maior potencial de valorização. Já entre as menos preferidas estão Gol (GOLL4), IRB (IRBR3) e Odontoprev (ODPV3), com preocupações específicas quanto à reestruturação da Gol.

Você quer começar a investir na bolsa de valores?

Você possui o desejo de começar sua carreira como investidor? Apesar de parecer complicado, se tornar um “frequentador” da bolsa de valores é mais fácil do que você imagina!

Aqui no Guia do Investidor, nós oferecemos uma ampla seleção de análises, recomendações e indicações de preços-alvo para as principais ações e ativos da bolsa de valores brasileira para você começar a entender todos os caminhos que separam você dos grandes lucros! Nossa equipe de especialistas está sempre atenta ao mercado, identificando as melhores opções e recomendações para você ampliar e diversificar sua carteira.

Se você não sabe por onde começar, pode seguir as 5 dicas que selecionamos para você dar seus primeiros passos na bolsa de valores:

Entendemos que cada investidor tem suas próprias metas e tolerância ao risco. Por isso, oferecemos uma variedade de recomendações que se enquadram em diferentes perfis e objetivos. Seja você um investidor conservador, moderado ou agressivo, encontrará em nosso site análises detalhadas e recomendações fundamentadas para auxiliar em suas decisões de investimento.

Além disso, sabemos que o mercado financeiro é dinâmico e as oportunidades podem surgir a qualquer momento. Por isso, atualizamos constantemente nossas recomendações para que você possa aproveitar as melhores oportunidades assim que elas aparecem.

Para conferir as últimas análises e recomendações do mercado, basta clicar aqui.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Selic em um dígito: Fundos aguardam a redução na taxa

Mateus Sousa

Carteira EQI: Recomendações de Investimentos da Semana

Mateus Sousa

Usiminas promete reviravolta com melhoria nos custos e produção

Guia do Investidor

Goldman Sachs muda visão sobre Bradesco para neutra

Guia do Investidor

As melhores ações para investir em Fevereiro

Leonardo Bruno

Ibovespa vai renovar máximas históricas?

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário