Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Elon Musk alerta para o ‘trimestre muito difícil’ da Tesla (TSLA34) em mensagem de funcionários

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Tesla (TSLA34) teve um “trimestre muito difícil” enquanto lutava com problemas na cadeia de suprimentos. Isto é, alertou o CEO, Elon Musk, em um memorando interno, enquanto pedia aos trabalhadores que ajudassem a fabricante de veículos elétricos a voltar aos trilhos.

“Este foi um trimestre muito difícil, principalmente devido aos desafios da cadeia de suprimentos e da produção na China”

disse Musk em um e-mail aos trabalhadores no fim de semana

Ademais, ele afirmou

“Então, precisamos nos reunir com força para nos recuperar!”

destacou

Assim sendo, a fábrica da empresa em Xangai, que diminuiu a produção nas últimas semanas em meio a severas restrições da covid-19, está voltando com força total, e sua instalação em Austin, Texas, também está aumentando a produção, disse Musk.

Leia mais  O "Criptomeme" está de volta: Dogecoin dispara 28%

Diante disso, na semana passada, ele observou, a fábrica da Tesla em Berlim construiu quase 1.000 carros. Ou seja, enquanto sua fábrica em Fremont, Califórnia, registrou um dia recorde de produção.

Assim, as ações caíram 34% este ano até o fechamento de sexta-feira, pior do que o declínio no S&P 500.

Tesla (TSLA34) cancela feira de empregos na China depois de Elon Musk alertar sobre cortes na empresa

A Tesla (TSLA34) realizou importante comunicado junto ao mercado e aos seus acionistas. Isto é, a companhia informou de forma oficial, que cancelou três das feiras de emprego online que realizaria na China em junho.

Isto é, alguns dias depois de Elon Musk alertar que a montadora de veículos elétricos estaria prestes a cortar vagas.

Assim sendo, a empresa tinha marcado as feiras para os dias 16, 26 e 30 de junho, com vagas em diferentes áreas, como vendas, pesquisa, entre outras. Mas quem se cadastrou para os eventos na plataforma WeChat recebeu uma mensagem do cancelamento dos eventos.

Leia mais  Ação da Tesla (TSLA34) cai forte após notícia sobre corte de 10% dos empregos na montadora

Desse modo, nenhuma razão foi dada pelo cancelamento e a Tesla não respondeu aos questionamentos enviados pelo “The Wall Street Journal”.

Nesse sentido, em um comunicado enviado na semana passada, Elon Musk disse que a Tesla pretende cortar 10% das suas vagas assalariadas, dizendo que a companhia tem excesso de pessoas em várias áreas.

Portanto, os cortes não vão afetar trabalhadores das fábricas de veículos, baterias e painéis solares, mas não citou possíveis reduções nas operações da China.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Moraes “censura” oposição a Lula, afirma comissão dos EUA

Paola Rocha Schwartz

Musk anuncia que novos usuários da X pagarão por publicações

Paola Rocha Schwartz

Supremo Tribunal Argentino rejeita ações contra ‘decretaço’ de Milei

Rodrigo Mahbub Santana

Elon Musk anuncia corte de 10% dos funcionários da Tesla

Paola Rocha Schwartz

Musk e Milei se encontram nos EUA

Márcia Alves

SpaceX enfrenta dificuldades para tornar a Starlink lucrativa

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário