Guia do Investidor
energisa
Notícias

Energisa: Consumo total de energia registra alta de 1,4% no 2º trimestre

A anunciou ao mercado seu relatório mensal operacional de junho, e que traz um geral do primeiro semestre do ano.

Assim, segundo comunicado, o consumo consolidado de energia elétrica, cativo e livre (9180,1 GWh), nas áreas de concessão do Grupo , apresentou um aumento de 1,4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

No trimestre, as classes que mais contribuíram para o resultado foram as classes comercial, outros e industrial. Os principais motivos que orientaram o aumento no consumo de energia do período foram a retomada de atividades presenciais e a melhora do quadro sanitário. A classe industrial também apresentou crescimento acima da média, com destaque para alimentícios.

No mês, 7 de 11 distribuidoras apresentaram aumento no consumo de energia em suas áreas de concessão, em especial a EMT (5,4% ou 124,6 GWh), ERO (4,5% ou 37,5 GWh) e EPB (2,2% ou 24,7 GWh).

A classe comercial (5,8% ou 93,9 GWh) obteve o maior aumento de consumo no trimestre, com a EMT (9,8% ou 40,7 GWh), EPB (7,7% ou 14,5 GWh) e ESE (8,1% ou 11,0 GWh) registrando as maiores altas.

Leia mais  Custo de vida em São Paulo sobe 0,93%, diz pesquisa

O resultado na classe comercial foi puxado principalmente pelo retorno mais intenso de atividades presenciais, com destaque para distribuidores de alimentos, varejistas, shoppings e supermercados.

A classe outros registrou aumento de 7,7% (85,1 GWh), com as maiores altas na EMT (14,5% ou 33,6 GWh), ERO (15,3% ou 14,3 GWh) e EPB (6,4% ou 11,1 GWh).

O resultado na classe outros foi puxado pelo poder público que registrou a maior alta em 22 anos (20,9%) após base baixa em 2T21 (-7%), destaque para universidades e poder judiciário.

A classe industrial apresentou crescimento de 4,0% (74,6 GWh), sendo as concessões que mais impactaram esse resultado: EMT (7,6% ou 40,8 GWh), EPB (6,3% ou 11,5 GWh) e ESS (3,4% ou 10,8 GWh)

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no : abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Engie (EGIE3) lucra R$ 395 milhões no resultado 2T22

Leonardo Bruno

As melhores ações de dividendos para 2022, segundo analista

Cristiane Luzio Rodrigues

Energisa (ENGI11) anuncia desativação de unidades termelétricas até 2026

Ruan Sousa

Energisa (ENGI11): Conselho aprova emissão de debêntures

Ruan Sousa

Ibovespa segue indicadores americanos, e cai nesta manhã; Confira destaques da bolsa

Leonardo Bruno

Mais uma semana, mais uma carteira: confira as melhores indicações de ações do mercado

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário