Guia do Investidor
FTX Sam Bankman-Fried
Bitcoin / Criptomoedas Notícias

Ex-CEO da FTX acusado de ordenar a abertura de linha de crédito secreta de US$ 65 bi para Alameda

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O ex-CEO da exchange falida de criptomoedas, FTX, Sam Bankman-Fried (SBF), teria dado ordens para que seu co-fundador, Gary Wang, abrisse uma linha de crédito secreta de US$ 65 bilhões para a Alameda Research.

As informações são do advogado da FTX, Andrew Dietderich, que afirmou tudo em uma audiência no tribunal de falências de Delaware.

Dietderich alega que a linha de crédito foi financiada com fundos de clientes da FTX e que era uma maneira secreta de a Alameda conseguir empréstimos sem permissão dos clientes.

A Alameda Research era uma empresa irmã da FTX e não deveria ter relação alguma com a exchange falida.

Bankman-Fried nega as acusações de roubo de fundos da FTX. Ele afirma que a Alameda se tornou ilíquida e, como a FTX International tinha uma posição de margem aberta na Alameda, a corrida ao banco transformou essa iliquidez em insolvência.

O cofundador da FTX, Gary Wang, e a ex-CEO da Alameda Research, Caroline Ellison, já se declararam culpados.

Bankman-Fried, por outro lado, se declara inocente e espera seu julgamento em liberdade após ter pago fiança.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Bitcoin supera os US$52.000 impulsionado pelo otimismo do mercado

Fernando Américo

Coinbase surpreende com lucro de US$ 273 milhões no 4º tri de 2023

Fernando Américo

Autor de “Pai Rico, Pai Pobre” volta atrás e passa a recomendar Bitcoin

Fernando Américo

Bitcoin Hoje: touros buscam R$ 258 mil em rumo a nova alta

Fernando Américo

BlackRock administra mais de 100.000 BTC em seu ETF de Bitcoin

Fernando Américo

ETFs de Bitcoin batem US$ 1 bilhão em volume, BlackRock lidera

Guia do Investidor

Deixe seu comentário