Guia do Investidor
Template resultados GDI 2
Resultados

Fábrica de celulose ou de Dinheiro? Suzano vê lucro disparar 27x, em alta de 2690% no resultado 2T23

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Suzano (SUZB3), uma das maiores empresas de celulose e papel do Brasil, teve um desempenho surpreendente no segundo trimestre de 2023, registrando um aumento exponencial no lucro líquido e resultados financeiros positivos. O forte resultado foi impulsionado principalmente pelo ganho financeiro líquido, além da reavaliação positiva do ativo biológico, que contribuiu para alavancar os indicadores operacionais da empresa.

Lucro Líquido em Ascensão

A Suzano registrou um crescimento impressionante de 2.690% no lucro líquido no segundo trimestre de 2023, saltando de R$ 182 milhões para R$ 5,078 bilhões, em comparação ao mesmo período do ano anterior. Esse aumento significativo foi influenciado principalmente pelo resultado financeiro líquido positivo de R$ 4,536 bilhões, fruto da valorização cambial sobre a dívida e das operações com derivativos, bem como pelo maior impacto da reavaliação positiva do ativo biológico na rubrica outras receitas/despesas operacionais.

Leia mais  Bradesco afunda com prejuízo gigante no primeiro trimestre

Ebitda Ajustado e Margem Ebitda

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda) ajustado da Suzano foi de R$ 3,919 bilhões no 2T23, o que representou uma queda anual de 38%. Esse resultado levou a uma diminuição da margem Ebitda ajustada em 12 pontos percentuais, atingindo 43%. Essa redução se deveu, em grande parte, aos desafios enfrentados pelo setor de celulose no período.

Receita Líquida Impactada por Fatores Externos

A receita líquida da Suzano somou R$ 9,160 bilhões no segundo trimestre de 2023, apresentando uma redução de 20% na comparação com igual período de 2022. Segundo a empresa, essa queda é explicada principalmente pelo menor preço médio líquido da celulose em dólar, que teve uma diminuição de 21%, além do menor volume de vendas no período, com redução de 6%.

Despesas Gerais e Administrativas em Alta

As despesas gerais e administrativas da Suzano totalizaram R$ 427 milhões no 2T23, representando um crescimento de 17% em relação ao mesmo período de 2022. Esse aumento reflete o investimento contínuo em infraestrutura e operações para manter o crescimento e a competitividade da empresa no mercado.

Leia mais  Preço da celulose pode disparar, diz CEO da Suzano

Redução na Dívida Líquida e Alavancagem Financeira

Em 30 de junho de 2023, a dívida líquida da Suzano era de R$ 54,317 bilhões, apresentando um recuo de 1% em relação à mesma etapa de 2022. Esse resultado demonstra a capacidade da empresa em gerenciar sua dívida em um cenário desafiador.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 2 vezes em junho de 2023, representando uma queda de 0,3 ponto percentual em relação ao mesmo período de 2022. Apesar da queda, a Suzano ainda mantém uma posição de alavancagem saudável, o que indica sua capacidade de honrar seus compromissos financeiros.

Investimentos e Perspectivas Futuras

No 2T23, os investimentos de capital totalizaram R$ 6,228 bilhões, representando um aumento de 67% em relação ao primeiro trimestre de 2023. Esse crescimento ocorreu em função do pagamento da segunda parcela referente à aquisição de Parkia, dos maiores gastos com o Projeto Cerrado e dos maiores gastos com manutenção florestal, refletindo os custos mais altos com serviços de silvicultura.

Leia mais  Suzano anuncia aquisição de participação em fundos florestais por US$ 667 milhões

A Suzano anunciou que o início das operações do Projeto Cerrado está previsto para ocorrer até o mês de junho de 2024, o que pode trazer novas oportunidades de crescimento e expansão para a empresa.

Conclusão

A Suzano (SUZB3) apresentou uma temporada de resultados impressionante no segundo trimestre de 2023, impulsionada por ganhos financeiros e uma reavaliação positiva do ativo biológico. Apesar da queda na receita líquida e no Ebitda ajustado, a empresa demonstrou habilidade em gerenciar sua dívida e apresentou um lucro líquido exponencialmente maior. Com projetos futuros e investimentos planejados, a Suzano se mostra determinada a continuar crescendo e se consolidando como uma das principais líderes do setor de celulose e papel.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

IRB (IRBR3) anuncia novo Diretor Vice-Presidente Financeiro

Paola Rocha Schwartz

Ações da Reddit sobem pelo terceiro pregão seguido

Rodrigo Mahbub Santana

Lucro da CSU Digital cresce 20,2% em 2023

Rodrigo Mahbub Santana

URGENTE: CEO da Espaço Laser renuncia ao cargo

Rodrigo Mahbub Santana

Vamos divulga lucro líquido

Rodrigo Mahbub Santana

Grupo SBF, dono da Centauro reporta lucro acima do consenso

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário