Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Franquias de Saúde, Beleza e Bem-Estar crescem mais de 27% no País no 3º trimestre de 2022 e faturam mais de R$ 12 bilhões

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O mercado de franquias no terceiro trimestre de 2022 apresentou maturidade e que está ganhando ritmo com o arrefecimento da Covid-19, registrando um crescimento de 18,7% comparado a igual período de 2021.

O destaque entre os segmentos vai para o de Saúde, Beleza e Bem-estar, um dos maiores do franchising brasileiro e que apresentou um incremento maior que a média nacional, chegando a mais de 27%, somando mais de R$12 bilhões de julho a setembro deste ano. Em relação aos empregos, o segmento gerou mais de 251 mil postos de trabalhos formais, representando um crescimento de 9,3% no período.

Esse bom desempenho foi alavancado pela mudança de hábitos dos consumidores, maior atenção aos cuidados pessoais, por uma recuperação mais forte na área de serviços e pela manutenção dos bons resultados dos canais digitais.

Leia mais  Conta Fácil MEI BB: tarifas e como abrir

Segundo a diretora da Comissão de Saúde, Beleza e Bem-Estar da ABF, Danyelle Van Straten, o segmento voltado à prestação desses serviços está mais em alta do que nunca e foi beneficiado pela mudança de comportamento dos consumidores.

” As pessoas estão se cuidando e se informando mais. Os hábitos para chegar aos serviços mudaram e as franquias de Saúde, Beleza e Bem-Estar, assim como todo o setor, souberam se adequar a essas mudanças. Fazer parte de uma rede é um grande diferencial, é a força do ‘grande’ agindo localmente”, afirmou.  

Em sintonia com o desempenho do franchising, a Oral Sin — maior rede de franquias de implantes dentários do País — apresentou no 3º trimestre deste ano um crescimento de 27%, faturando R$275 milhões.
 

Com mais demanda, a rede expandiu e chegou a 437 unidades. Até o fim de 2022 a rede pretende chegar a 460 unidades, com o crescimento de 32% em faturamento em relação a 2021, com previsão de chegar a R$ 970 milhões.

“Esse terceiro semestre foi muito bom para toda a rede. Nossos franqueados estão bem animados e otimistas. Esperamos que até o fim do ano, os números se tornem ainda mais positivos”, afirma o dentista e CEO da Oral Sin, Felipe Sapata.

Um dos principais atrativos da rede é o fato de apresentar o maior faturamento médio entre as franquias do segmento odontológico, na casa dos R$ 250 mil, sendo o ticket médio de R$ 5 mil a R$6 mil. Outro número que reflete o sucesso do negócio é o fato de que mais de 70% dos franqueados serem donos de várias unidades.

Leia mais  Franquia Boticário Vale a pena? Veja o valor e lucro em 2023

A Oral Sin disponibiliza quatro modelos de franquias com um investimento inicial a partir de R$ 452 mil, com um faturamento que pode chegar a mais de R$ 4 milhões anuais, dependendo do modelo. O prazo previsto de retorno é de 18 meses.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Ótica Center busca gestores para expansão de franquias

Paola Rocha Schwartz

Casa do Pão de Queijo entra com pedido de recuperação judicial

Paola Rocha Schwartz

Franquias de alimentação crescem 26,6% no 1º trimestre

Guia do Investidor

Quais as Melhores Franquias para 2024? Veja Guia Completo

Anna Oliveira

Mercado de franquias cresce 11,4% no 3º tri, mostra pesquisa da ABF

Guia do Investidor

Cansado de ações? Descubra 5 franquias para investir com menos de R$ 6 mil hoje

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário