Guia do Investidor
Bolsa
Notícias

Ibovespa sobe com otimismo externo; Cielo lidera altas

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O Ibovespa atinge 128 mil pontos impulsionado por otimismo externo, com Cielo liderando altas pelo segundo dia.

Nesta primeira sessão de dezembro, o Ibovespa fechou em alta de 0,67%, atingindo a marca de 128.184,91 pontos, impulsionado pelo otimismo externo e pelas declarações do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell. Ao longo da semana, o índice acumulou um ganho de 2,12%, refletindo a confiança dos investidores. O volume financeiro do dia totalizou R$ 26,7 bilhões.

A fala de Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, também teve influência positiva. Ele afirmou que o BC está confortável com o ritmo de corte de 0,5 ponto percentual da taxa Selic por reunião, mas pode reavaliar o cenário a cada encontro do Copom. Essas declarações reduziram a pressão sobre os juros futuros, beneficiando empresas como Cielo (CIEL3) e varejistas.

Cielo liderou as altas pelo segundo dia consecutivo, registrando um impressionante ganho de +7,96%, atingindo R$ 4,34 por ação. Em seguida, MGLU3 subiu +7,43% (R$ 2,17) e SOMA3 avançou +7,37% (R$ 6,41).

Por outro lado, o setor de papel e celulose teve um dia desfavorável, com KLBN11 recuando 6,25% (R$ 21,16) e SUZB3 caindo 3,76% (R$ 51,76), liderando as perdas.

Entre as blue chips, PETR3 cedeu 1,33%, a R$ 37,20, enquanto PETR4 perdeu 0,67%, a R$ 35,67. VALE3 teve um ganho de 1,86% (R$ 75,22).

No setor bancário, os principais bancos tiveram movimentos mistos. SANB11 recuou 1,06%, a R$ 30,67, e ITUB4 baixou 0,22%, a R$ 31,50. BBDC3 registrou +0,56% (R$ 14,36), BBDC4 teve +0,31% (R$ 16,32) e BBAS3 avançou +0,20% (R$ 54,38).

Jerome Powell sinaliza confiança na economia dos EUA, impactando o mercado de câmbio

O dólar fechou em queda nesta sexta-feira, após as declarações otimistas de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve dos Estados Unidos, sobre a inflação no país. O mercado cambial reagiu de forma positiva às palavras de Powell, que afirmou que a inflação está seguindo na direção correta e que a economia americana está mostrando sinais de desaceleração no quarto trimestre, após um forte desempenho no terceiro trimestre.

Embora Powell tenha deixado claro que ainda é cedo para considerar cortes nas taxas de juros, ele também mencionou que o Federal Reserve não precisa agir com pressa, mas não descartou a possibilidade de uma nova alta nas taxas de juros. Isso ocorre porque a inflação nos Estados Unidos ainda está consideravelmente acima da meta de 2% estabelecida pelo Fed.

No cenário doméstico, o dólar teve momentos de alta devido à demanda por remessas de recursos de empresas para o exterior. No entanto, ao longo do dia, a moeda perdeu força em relação ao real, com investidores reduzindo posições defensivas e buscando ativos de risco.

O dólar à vista fechou o dia em baixa de 0,70%, cotado a R$ 4,8807. Na semana, a moeda acumulou uma queda de 0,36%. Enquanto isso, o dólar futuro para janeiro registrou uma queda de 1,03%, chegando a R$ 4,8930.

No mercado internacional, o índice DXY, que mede o desempenho do dólar em relação a uma cesta de moedas, recuou 0,22%, enquanto o euro caiu 0,14% em relação ao dólar e a libra britânica subiu 0,58%. As palavras de Powell tiveram um impacto global, influenciando a dinâmica do mercado cambial.

No fechamento, o DI para jan/25 caiu a 10,300% (de 10,320% no fechamento de ontem); o jan/26 cedeu a 9,935% (9,980%); jan/27 recuou para 10,060% (10,095%); jan/29, a 10,520% (10,530%); jan/31, a 10,750% (10,770%); e o Jan/33 ficou estável, em 10,870%.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Ibovespa fecha com leve alta; Casas Bahia lidera ganhos

Fernando Américo

Veja as 10 ações que mais valorizaram em fevereiro

Mateus Sousa

Dell dispara e Nasdaq atinge novo recorde em NY

Fernando Américo

Mesmo com resultado positivo, ações da IRB (IRBR3) derretem

Mateus Sousa

Ibovespa cai com peso de Petrobras e bancos; GPA recua após ganhos

Fernando Américo

Ações da Ambev (ABEV3) derretem no pregão desta quinta-feira (29)

Mateus Sousa

Deixe seu comentário