Guia do Investidor
Imagem/Reprodução Magalu
Notícias

Ação da Magazine Luiza podem triplicar de valor, dizem analistas

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

  • O Magazine Luiza (MGLU3) recebe projeção de alta do preço-alvo para MGLU3 em 2024 de 215,9%, segundo análises do BB Investimentos.
  • Analistas destacam recomendação de compra exclusiva para o Magazine Luiza devido aos indicadores positivos apresentados no primeiro trimestre de 2024.
  • A empresa registrou lucro líquido de R$ 27,9 milhões, revertendo prejuízo de R$ 391 milhões no mesmo período do ano anterior.
  • Houve um crescimento significativo de 2,6 pontos percentuais na margem bruta da empresa, indicando melhoria na rentabilidade.
  • Desafios incluem mudanças nas expectativas em relação às taxas de juros no Brasil e nos Estados Unidos.
  • Analistas mantêm visão positiva impulsionada por dados encorajadores sobre a economia brasileira, como reaquecimento das vendas no varejo, redução da inadimplência e queda do desemprego.
  • Projeções e recomendações estão sujeitas a alterações conforme evolução do cenário econômico e do mercado financeiro.
Leia mais  Resumo Resultados 4T21: Grupo Mateus, Mater Dei e Lupatech

As análises recentes do BB Investimentos apontam para um cenário otimista em relação às ações do Magazine Luiza (MGLU3), com projeções de um aumento expressivo de 215,9% até o término de 2024. Segundo relatório assinado pelas analistas Georgia Jorge e Andréa Aznar, a varejista tem potencial para encerrar o ano com suas ações avaliadas em R$ 36,80, em comparação com os R$ 11,65 registrados no fechamento do pregão de terça-feira (04).

Indicadores favoráveis para ações da Magazine Luíza

O destaque para a recomendação de compra exclusiva do Magazine Luiza no setor varejista se deve aos indicadores positivos apresentados pela empresa durante o primeiro trimestre de 2024. Entre esses indicadores está o lucro líquido de R$ 27,9 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 391 milhões registrado no mesmo período do ano anterior. Além disso, houve um crescimento significativo de 2,6 pontos percentuais na margem bruta da empresa, demonstrando uma melhoria na sua rentabilidade.

Apesar dos desafios enfrentados pelo Magazine Luiza, como as mudanças nas expectativas em relação às taxas de juros no Brasil e nos Estados Unidos, as analistas do BB Investimentos mantêm uma visão positiva, impulsionadas por dados encorajadores sobre a economia brasileira. O reaquecimento das vendas no varejo, a redução da inadimplência das famílias e a queda do desemprego são fatores que contribuem para esse otimismo apontado pelos analistas.

Leia mais  Hypera (HYPE3) aprova distribuição de R$ 194,8 milhões em juros sobre capital próprio

Os analistas têm recomendação neutra para os papéis de Grupo Mateus (GMAT3), Natura(NTCO3), Hypera (HYPE3), Lojas Renner (LREN3), Pague Menos (PGMN3) e Raia Drogasil (RADL3). Já para o Grupo Casas Bahia (BHIA3), a recomendação é de venda, conforme a análise.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Anatel lista sites que mais vendem celulares irregulares

Rodrigo Mahbub Santana

Renner aprova pagamento de R$ 150 mi em JCP

Márcia Alves

Grupo Mateus anuncia pagamento de JCP

Márcia Alves

Pague Menos anuncia 30 novas lojas no estado de São Paulo

Guia do Investidor

Fundo Alaska aumenta participação na Magazine Luíza

Márcia Alves

Grupo Mateus assina acordo para adquirir Novo Atacarejo

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário