Guia do Investidor
quatro coisas que voce provavelmente nao sabe sobre o bitcoin gold
Criptomoedas Notícias

Mineradores inundam mercado com mais de 1 milhão de Bitcoins

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Mineradores de Bitcoin colocam mais de 1 milhão de BTC à venda, afetando mercado e preço da criptomoeda. Análise completa.

Os mineradores de Bitcoin estão vendendo mais de 1 milhão de BTC em 2024, representando quase 5% do suprimento total. Transferências diárias médias de 16.000 BTC para exchanges refletem uma tendência de aumento nas vendas, influenciando os preços.

A venda em massa limitou os ganhos, mas o Bitcoin recentemente ultrapassou US$ 52 mil. O comportamento futuro dos mineradores, especialmente antes do halving em abril, poderá moldar a direção dos preços. Investidores agora monitoram de perto tanto as atividades dos mineradores quanto a demanda pelos ETFs spot, reconhecendo sua influência no mercado e na volatilidade da criptomoeda.

Mineradores de Bitcoin vendem expressiva quantidade da criptomoeda, afetando preços e mercado

O mercado de Bitcoin está testemunhando uma significativa pressão de venda, à medida que os mineradores despejam mais de 1 milhão de Bitcoins no mercado em 2024. Essa inundação de BTC, que representa quase 5% do suprimento total previsto pelo protocolo do Bitcoin, tem impactado diretamente os preços da criptomoeda, afetando a dinâmica do mercado.

Segundo dados da Glassnode, os mineradores estão transferindo em média 16.000 BTC por dia para exchanges, com picos de saída que chegam a ultrapassar 25.000 BTC em alguns dias. Essa intensificação nas vendas segue uma tendência observada desde janeiro, sugerindo uma estratégia dos mineradores de capitalizar os ganhos em momentos oportunos.

Esses movimentos têm sido notados especialmente após a aprovação dos ETFs spot de BTC nos Estados Unidos. As grandes transferências de BTC para exchanges coincidem com os dias de maior volume de saída dos endereços dos mineradores, indicando uma tentativa de venda em momentos estratégicos.

Leia mais  TrueUSD vale a pena? TrueUSD pode valorizar? Veja análise

A entrada massiva de bitcoins no mercado tem representado uma barreira para o crescimento do preço do Bitcoin, limitando os avanços além de US$ 43.000 por um período. No entanto, recentemente, a criptomoeda conseguiu superar a marca dos US$ 52 mil, indicando uma possível recuperação.

Bitcoin desafia expectativas enquanto outras criptomoedas mostram movimentos mistos

Apesar das pressões vendedoras recentes, o Bitcoin (BTC) conseguiu se manter acima do limiar crítico de US$ 52.000, um sinal de fortaleza em meio a um mercado volátil. Na terça-feira, a criptomoeda experimentou uma leve queda de 0,3%, sendo negociada a US$ 52.212, conforme dados do CoinGecko. No Brasil, a variação foi similar, com uma pequena retração para R$ 259.400.

O cenário para o Bitcoin parece misto. Por um lado, o aumento de 21,52% no volume de negociação sugere um interesse renovado dos investidores. Por outro, o volume ainda é considerado baixo para enfrentar a resistência imediata de US$ 52.800, conforme aponta Fernando Pereira, analista da Bitget. Esta situação sugere que, embora o Bitcoin possa temporariamente superar essa barreira, uma correção no curto prazo é vista como o cenário mais provável.

Leia mais  Advogado promete processos contra a Braiscompany para reaver valores presos

A performance do Bitcoin contrasta com a de outras criptomoedas do Top 10, que tiveram um dia de resultados mistos. A XRP liderou com uma valorização de 1,8%, enquanto a AVAX viu a maior queda, perdendo 2,4% de seu valor. Solana e BNB também tiveram dias contrastantes, refletindo a diversidade de movimentos dentro do mercado de criptoativos.

Fora do círculo das maiores criptomoedas, a Filecoin (FIL) e a AR se destacaram com ganhos significativos. A FIL viu um impressionante aumento de 15%, impulsionado por um salto de 202,14% em seu volume de negociação. A AR liderou o Top 100 com um aumento de 15,9%, marcando um dia positivo para ambas as criptomoedas.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Halving do Bitcoin é a oportunidade de ‘ouro’ em 2024

Fernando Américo

Bitcoin registra queda após ataques do Oriente Médio

Márcia Alves

Governo Lula quer taxar as criptomoedas: entenda

Márcia Alves

Bitcoin dispara e volta a valer US$ 70 mil

Márcia Alves

Investir em Bitcoin é seguro? Vale a pena em 2024?

Arthur Piassetta

Especialista: Alta do Bitcoin ainda não começou; previsão de US$ 300.000

Fernando Américo

Deixe seu comentário