Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Novo plano estratégico da Oi aposta em Fibra e 5G

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A OI (OIBR3) está de olho no crescimento. Assim lança um novo plano estratégico apostando na Fibra e no 5G. Veja mais nesse artigo!

Nesta última terça-feira, 16, a Oi (OIBR3) publicou seu plano estratégico operacional de reestruturação. De acordo com o documento, a companhia telefônica planeja liderar a indústria de fibra ótica. E Então expandir sua estrutura, comercializar ativos e reduzir despesas.

Na divulgação, a empresa diz que até 2024 pretende conquistar crescimento financeiro, recompensando a desestabilização do cobre em 2021.

Além disso, a telefonia comenta que busca aceleração no atacado e desenvolvimento de oportunidades estratégicas de investimento.

A Oi diz ainda que prevê salto de 2% ao ano para receita líquida e EBITDA aproximada a R$ 5 bilhões até o final de 2019. De acordo com a empresa:

“Desejamos investir racionalmente em refarming de sites para 4G e 4.5G em 1,8 GHz para defender base do Pós-pago. Então utilizando ampla posição de espectro disponível”

No documento estratégico, a operadora garante a venda de R$ 7 bilhões de torres, data centers e parte da Unitel. Então a promessa do crescimento é de 15 a 20% do lucro operacional antes de impostos, juros, depreciação e amortização, será fruto do corte de gastos.

Leia mais  🎧 "A Oi está saindo fortalecida de processo de RJ", comenta advogada em novo Podcast

À volta por cima da OI

Quase três anos após enfrentar o maior processo de recuperação judicial do Brasil, a Oi encontra-se em “novos ares”. Todavia, pouco tempo depois do navio afundar, corretoras brasileiras já recomendavam suas ações na expectativa de uma onda positiva.

Em janeiro de 2018, a companhia carregava mais de R$ 64 bilhões em dívidas. Isso tanto para proprietários de títulos, como também a organizações do governo federal:

  • Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL)
  • Caixa Econômica
  • BNDES
  • Banco do Brasil (BBAS3).

“A empresa acabou de cumprir a última etapa do plano de reestruturação e deve voltar a aumentar CAPEX”, disse Carlos Sequeira, chefe de pesquisa da equipy para a América Latina.

Alegando que apesar de um investimento arriscado, a Oi tem capacidade de oferecer recompensa assimétrica.


Leia mais  Margem Líquida: O que é e como Calcular
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Americanas adia divulgação de balanços de 2023 e 1º trimestre de 2024

Rodrigo Mahbub Santana

Número de empresas pedindo recuperação judicial é o maior em 6 anos

Márcia Alves

Americanas aprova grupamento de ações e capital de R$ 40,7 bi

Paola Rocha Schwartz

JBS alcança lucro bilionário e forte crescimento no 1º trimestre

Rodrigo Mahbub Santana

Prejuízo ajustado da Azul cai 55,4% no 1º tri para R$324 milhões

Paola Rocha Schwartz

Oi (OIBR3) anuncia aprovação de grupamento de ações

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário