Guia do Investidor
telefonia 5g mcajr abr 2907221134
Recomendações

Perdeu a alta da Oi? Ainda há tempo para aproveitar a valorização das ações de telefonia

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O setor de telefonia sempre figurou entre as principais empresas do mercado financeiro brasileira. No entanto, as ações do setor perderam grande parte do seu brilho recentemente. Nos últimos anos, houve uma queda significativa nas ações de telefonia na bolsa de valores. Isso se deve principalmente à queda das margens de lucro devido à competição crescente entre os operadores de telecomunicações.

Além disso, a queda dos preços dos serviços de telecomunicações e a substituição dos serviços por serviços baseados em dados e banda larga também contribuíram para a queda das ações. Outro fator que influenciou a queda das ações foi a crise econômica, que levou a um aumento na inadimplência dos clientes e à redução da demanda por serviços de telecomunicações.

Leia mais  Agora vai? Ações da Oi (OIBR3) disparam 17% nesta Sexta-Feira

No entanto em 2023, as expectativas para o setor estão sendo retomadas, e esta expectativa já está refletindo em algumas das ações do setor. As ações da Oi representam bem o movimento, e já acumulam alta de 41,76% em 2023, após a definição da conclusão de seu processo de recuperação judicial:

image 215

Se você perdeu a chance de lucrar com a Oi, o UBS BB revela outra empresa do setor que pode oferecer boa margem de valorização nos próximos dias: as ações da Vivo (VIVT3) e da TIM (TIMS3).

O banco elevou sua recomendação para a Vivo de ‘neutro’ para ‘compra’ e reiterou sua ‘compra’ para a TIM. Para o UBS, há quatro motivos para ser otimista com o setor. O primeiro é que em momentos de aversão a risco, as empresas de telecom tendem a performar melhor que o mercado, como já tem acontecido nos Estados Unidos.

O segundo é que as companhias devem conseguir repassar a inflação este ano para os preços de seus planos. O terceiro é que as adições líquidas de banda larga atingiram o pico em 2022, e o financiamento para empresas que queimam caixa secou — o que deve favorecer a consolidação do setor, beneficiando as grandes companhias. Por fim, o UBS acredita que os downgrades para os lucros das telcos não devem impactar a geração de caixa e os dividendos dessas companhias em 2023 e 2024. “Além disso, os lucros devem normalizar em 2024,” escreveram os analistas Leonardo Olmos, André Salles e Lucas Chaves.

Leia mais  De mal a pior? Oi queima R$ 1,4 bilhão de caixa

O UBS também tentou quantificar o impacto do fim dos juros sobre o capital próprio, um dos grandes temores dos investidores em relação ao setor.

“Se esse benefício for removido, vemos um downside risk para os nossos valuations da Vivo e TIM de 10% para cada, já que a taxa efetiva de impostos subiria de 20% para 30%”

Dizem os analistas.

Para eles, dois fatores podem compensar parcialmente essa perda: se o governo reduzir o imposto das empresas para compensar o aumento; e se a TIM e a Vivo começarem a reduzir seu capital e pagar dividendos extraordinários.

“Com uma redução de capital, a métrica de eficiência dessas companhias, em termos de alocação de capital, poderia ser muito maior.” O UBS disse que depois de uma redução nos lucros de 2022, o mercado ficou “cauteloso demais com a Vivo.” “O free cash flow yield de dois dígitos para 2023 e 2024 é raramente visto e ignora o valor da ‘defensividade’ da ação,” escreveram os analistas.

“Acima disso, esperamos que o mercado melhore em 2023, com um crescimento acima da inflação para o setor.” O UBS também espera uma reaceleração do crescimento da Vivo em 2023 e 2024, resultando num lucro forte em 2024 (alta de 30%) e, consequentemente, num aumento nos dividendos.

Leia mais  O fim do sonho da nova Oi? OIBR3 tem prejuízo de R$ 3,06 bilhões no 3T22
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Vivo (VIVT3) toma da Vale (VALE3) o posto de queridinha

Márcia Alves

Ação da Magalu (MGLU3) fecha em alta de 4,73%

Rodrigo Mahbub Santana

Tim (TIMS3) informa pagamento de dividendos complementares

Paola Rocha Schwartz

Oi suspende novamente Assembleia de Credores

Márcia Alves

Tim (TIMS3) fára distribuição de R$ 200 milhões em JCP

Márcia Alves

A TIM (TIMS3) divulgou o seu guidance para o triênio de 2024 a 2026

Márcia Alves

Deixe seu comentário