Guia do Investidor
Imagem Divulgação
Notícias

Privatização da Sabesp avança

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

  • Projeto de lei em tramitação na Câmara Municipal de São Paulo visa manter contrato da Sabesp após privatização.
  • Proposta permite ajustes no contrato para manter a concessão, rompendo com legislação atual.
  • Ações da Sabesp mostram volatilidade, com alta expressiva seguida de estabilidade.
  • Mercado reage positivamente às metas de privatização reafirmadas pela empresa.
  • Privatização da Sabesp avança com apoio do governo municipal e expectativas do mercado.

A privatização da Sabesp (SBSP3) está avançando na cidade de São Paulo, com o projeto de lei enviado pelo prefeito Ricardo Nunes para permitir a manutenção do contrato com a empresa de saneamento após a privatização. A tramitação desse projeto na Câmara Municipal indica que o governo está buscando apoio político para garantir sua aprovação.

Leia mais  Caixa paga novo Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 5

O projeto de lei prevê ajustes necessários no contrato para manter a concessão com a Sabesp, mesmo após a privatização. Isso pode representar uma mudança significativa na legislação atual, que prevê o rompimento do contrato em caso de privatização da companhia.

A reação do mercado financeiro também é observada, com as ações da Sabesp apresentando volatilidade em meio ao avanço da privatização. No último dia 15, as ações tiveram uma alta expressiva, chegando a subir 5,96% antes de fecharem com ganhos de 2,15%. Esse movimento pode refletir a confiança dos investidores na privatização e nas possíveis mudanças no contrato.

Além disso, após a divulgação dos resultados do quarto trimestre, as ações da Sabesp avançam novamente, cotadas a R$ 79,69, indicando uma reação positiva do mercado às metas de privatização reafirmadas pela companhia durante a teleconferência com analistas.

Em resumo, a privatização da Sabesp está progredindo na cidade de São Paulo, com o projeto de lei em tramitação na Câmara Municipal e o apoio do governo municipal. A reação do mercado financeiro sugere um otimismo em relação ao processo de privatização e suas possíveis consequências para a empresa.

Leia mais  Israel protesta contra Rússia por receber membros do Hamas

André Salcedo, presidente da companhia, delineou os próximos passos da desestatização, destacando o plano do governo de realizar um follow-on até agosto, conforme o modelo escolhido pelo Governo do Estado de São Paulo para a privatização da empresa de saneamento.

“A gente teve o fim da consulta pública. Nos próximos dias ou semanas, o Estado deve divulgar o relatório, o que foi aceito e o que não foi aceito, e os documentos finais da consulta pública”.

André Salcedo em declaração ao InfoMoney


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais  Dólar cai para R$ 5,14 e atinge menor valor em um mês

Leia mais

Começa consulta a segundo lote de restituição do IR 2024

Agência Brasil

Intenção de consumo das famílias cresce pelo terceiro mês

Agência Brasil

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 5

Agência Brasil

Segunda emissão de títulos verdes rende US$ 2 bi

Agência Brasil

País tinha 9,4 milhões de empresas em 2022

Agência Brasil

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 4

Agência Brasil

Deixe seu comentário