Guia do Investidor
americanas web 1200x675 1 1024x536 1
Notícias

Receita online da Americanas despenca 79,2% em meio a escândalo

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Após revelação de fraudes contábeis, receita online da Americanas registra queda de 79,2% nos primeiros nove meses de 2023, gerando desconfiança entre consumidores e vendedores.

A Americanas enfrenta uma queda significativa na receita digital, com um declínio de 79,2% nos primeiros nove meses de 2023, atribuído à revelação de fraudes contábeis. A confiança dos consumidores e vendedores foi abalada, levando a mudanças estratégicas na empresa, como redução de prazos de repasse e mudanças no modelo de estoque. Apesar disso, o varejo físico assume uma liderança em receita, enquanto a rede fecha várias lojas e enfrenta quedas em suas subsidiárias, como Ame e Uni.co.

Fraudes contábeis abalam confiança e levam Americanas a enfrentar queda histórica na receita digital

A Americanas enfrenta um cenário desafiador com a divulgação de uma queda impressionante de 79,2% na receita de seus canais digitais nos primeiros nove meses de 2023. Este declínio significativo é diretamente atribuído à revelação de fraudes contábeis que resultaram em sua declaração de recuperação judicial no ano anterior.

Leia mais  Nem a Black Friday irá salvar? Americanas segue procurando culpados por sua crise

O impacto dessas fraudes não se limitou apenas aos números, mas gerou uma onda de desconfiança entre os consumidores e vendedores. Com a possibilidade de produtos não serem entregues ou de vendedores não receberem os repasses de vendas, uma crise de confiança se instalou.

Para mitigar os danos, a Americanas implementou um plano de comunicação, enfatizando que suas operações continuavam normalmente. Isso incluiu medidas como a redução do prazo de repasse para os vendedores e esforços para manter estoques e prazos de entrega para os clientes.

Além disso, a empresa realizou mudanças estratégicas, migrando parte de seu estoque próprio para produtos de parceiros do marketplace, buscando maior rentabilidade. Essa mudança é refletida no aumento das vendas com estoques de terceiros, que subiram de 51% para 65% do total de e-commerce.

Enquanto isso, o varejo físico viu uma reviravolta em sua representatividade na receita da Americanas, assumindo a liderança nos nove primeiros meses de 2023. No entanto, mesmo com esse cenário, a empresa teve que lidar com o fechamento de 99 lojas físicas ao longo do ano, concentrando-se principalmente no Sudeste do país.

Leia mais  Audiência do Senado discute crise financeira na Americanas e questiona atuação de acionistas e auditoria

Além dos desafios enfrentados pela Americanas, suas subsidiárias também registraram quedas significativas. O Hortifruti Natural da Terra (HNT) viu uma queda de 7% na receita, enquanto na Ame, a fintech do grupo, a redução foi de 63,8%, e na Uni.co, de 7,6%.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Americanas faz proposta para grupamento de ações

Márcia Alves

Americanas emitirá debêntures para pagamentos em recuperação judicial

Guia do Investidor

Americanas (AMER3) irá leiloar carros para pagar salários

Márcia Alves

Americanas (AMER3) tem rating de crédito cancelado pela S&P Ratings

Márcia Alves

Americanas: Pagamento a credores deve começar em 1º de abril

Márcia Alves

Americanas tem prejuízo de R$ 4,6 bi nos primeiros meses de 2023

Márcia Alves

Deixe seu comentário