Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Ser Educacional (SEER3) lança plataforma financeira voltada para educação

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Com o suporte da A&S Partners e do escritório Barcellos Tucunduva Advogados, o Ser Educacional, um dos maiores grupos de educação superior do país, lança sua plataforma financeira, a primeira do segmento. A autorização foi concedida pelo Banco Central do Brasil e incluiu operações de crédito diversas, como crédito pessoal e empréstimo consignado, além de contas de pagamentos (contas digitais como NU Bank, Banco Inter, dentre outros).

Wagner de Moraes, CEO da A&S Partners, conta que o processo levou tempo recorde, considerando que o pedido de autorização foi encaminhado ao BC em setembro de 2021.

“Levando em conta que o BC entrou em greve em março de 2022 e retornou na metade de julho, se desconsiderarmos o tempo de paralisação, equivale afirmarmos que demorou 6,5 meses para termos a aprovação. Tempo recorde, dado a qualidade do material apresentado”, afirma.

Giancarllo Melito, sócio do Barcellos Tucunduva Advogados e especialista em Meios de Pagamentos e Fintechs, explica que o Ser Finance – nome atribuído à nova empresa do grupo Ser Educacional – recebeu a autorização na modalidade de Sociedade de Crédito Direto com Emissão de Moeda Eletrônica.

“Isso significa que poderá, inclusive, conceder empréstimos e oferecer carteira digital para os alunos e funcionários do Grupo”, salienta.

Segundo Moares, o principal objetivo do Ser Educacional é ampliar as suas atividades e poder oferecer uma proposta de valor mais aderente ao setor de educação, amparando o aluno em suas necessidades diversas de financiamentos, produtos e serviços financeiros.

“Hoje, essas necessidades não são atendidas de maneira plena pelos bancos convencionais. Com essa iniciativa, o grupo Ser Educacional está sendo pioneiro no setor e acredita que poderá ampliar a sua assistência e serviços à sua base de alunos e, até mesmo, para outras instituições do setor”, explica.

No Brasil, a concentração bancária ainda é enorme. Cerca de 82% das transações do sistema financeiro nacional estão concentradas em cinco bancos (Itaú, Bradesco, Santander, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal).

“É a 2ª maior concentração bancária do mundo, perdendo apenas para a Holanda. Em países como USA, China, continente Europeu, dentre outros, a concentração bancária está entre 37% e 41% para os 10 maiores bancos”, avalia Moraes.

Giancarllo Melito também destaca essa concentração e lembra que a regulamentação do setor vem sofrendo modificações, para acomodar e democratizar o acesso ao crédito.

“Os processos de autorização têm levado em conta inovação e segurança, num movimento irreversível de maior acesso aos serviços financeiros”, afirma.

“Os bancos digitais estão ganhando uma força e penetração muito grande em razão de fornecerem serviços com um custo muito mais baixo, digitalização da jornada do cliente para facilitar mais a sua vida e agilizar as suas demandas e processos, além de conhecerem bem os nichos que estão entrando. É um processo inexorável e deverá diminuir muito mais a concentração bancária no país, aumentando a oferta de crédito e qualidade nos serviços financeiros”, finaliza Moraes.

Leia mais  Ser Educacional anuncia nova rodada de Debêntures exclusiva para investidores profissionais

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Ser Educacional recebe Rating ‘AA(bra)’ para 4ª Emissão de Debêntures

Leonardo Bruno

Ação da Ser Educacional entra em queda livre após anuncio de incorporação de subsidiárias

Leonardo Bruno

Resumo resultados: confira os destaques de Yduqs, Cogna e Ser Educacional no 3T22

Leonardo Bruno

Ser Educacional anuncia nova rodada de Debêntures exclusiva para investidores profissionais

Leonardo Bruno

Ser (SEER3) realiza a aquisição do Centro Universitário 7 de Setembro – UNI7

Ruan Sousa

Fitch eleva rating da Ser Educacional (SEER3) para “AA(bra)”, com perspectiva estável

Ruan Sousa

Deixe seu comentário