Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Taurus lança nova linha de produção para se tornar “independente” de fornecedores americanos

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A companhia Taurus Armas (TASA4) parece estar focando cada vez mais na auto-sustentabilidade de sua produção. E para isso, a companhia não vai poupar recursos! Afinal, a empresa firmou uma joint-venture para  a fabricação e comercialização de carregadores e outros componentes! Confira agora mais detalhes!

Assim, a empresa de armas se junta a Joalmi Indústria Metalúrgica Ltda. A tecnologia empregada na fabricação dos carregadores, além de ser considerada pela Taurus como estratégica, é fundamental para o perfeito funcionamento e segurança das armas.

A criação da joint venture visou tornar a empresa autossuficiente na produção de carregadores, mercado atualmente dominado por poucos fornecedores estrangeiros. Além disso, propicia uma forte redução de custo para as operações da fabricante de armas leves, com uma logística integrada e ágil, com flexibilidade de volumes e agregando valor ao Centro de Tecnologia e Engenharia da Taurus.

A implantação da JV para produção de carregadores foi um marco importante para a Taurus, pois visa a autossuficiência em um componente estratégico para o negócio. A unidade foi pensada e operacionalizada para trazer carregadores de alta qualidade ao mercado, tanto para abastecimento de nossas linhas de manufatura, quanto para fornecimento ao mercado de reposição.

Salesio Nuhs, CEO Global da Taurus Armas.

Leia mais  Tiro certeiro: Tauros acerta no lucro com disparada de 75% no 3T23

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Itaú atinge lucro recorde e calamidade no RS: confira o resumo do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Taurus suspende suas operações presenciais em fábrica no RS

Paola Rocha Schwartz

Tiro certeiro: Tauros acerta no lucro com disparada de 75% no 3T23

Leonardo Bruno

Joint Venture “engatilhada”: Arábia Saudita entra na “mira” da Taurus (TASA4)

Leonardo Bruno

Lula “libera” armas e ações da Taurus podem disparar

Leonardo Bruno

Queda de 41% e lucro de R$ 121 milhões: Derrota de Bolsonaro impactou desempenho da Taurus (TASA4) no 4T22?

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário