Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Uma resposta a Microsoft? Sony anuncia aquisição da Bungie

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O mercado global de games está especialmente movimentado nos últimos dias. Afinal, na última semana tivemos “o negócio do século” onde a Microsoft (sim, a empresa do Bill Gates) anunciou a aquisição da Activision Blizzard pela “bagatela” de 70 bilhões de dólares.

No entanto, a virtual maior concorrente da Microsoft neste segmento, a Sony, não ficou “para trás” e anunciou ao mercado a aquisição da desenvolvedora Bungie! Confira agora mais detalhes!

A nova aquisição da Sony

Assim, a Sony (dona da Playstation) resolveu abrir seus cofres para adquirir a desenvolvedora de videogames Bungie, criadora das franquias Halo e Destiny, por US$ 3,6 bilhões.

Destiny GIF | Gfycat

O CEO da Bungie, Pete Parsons, disse que a empresa manterá a independência criativa e que os produtos desenvolvidos pela empresa continuarão a ser oferecidos em várias plataformas.

Assim, rapidamente fazemos um paralelo com a recente aquisição da Microsoft. Para quem é leigo no assunto, ambas as empresas são donas dos respectivos consoles mais populares do mercado atual de games. Temos a Sony com seu Playstation e a Microsoft com o Xbox. Desse modo, a recente “guerra” dessas empresas conta com a manutenção de importantes propriedades intelectuais e a manutenção de franquias de sucesso.

Leia mais  NotreDame (GNDI3) adquire Centro Clínico Gaúcho e expande portfólio

Desse modo, alguns analistas apontam a medida da Sony como uma resposta a aquisição da Activision pela Microsoft. Além de “forçar” que os conteúdos pertencentes as empresas, ainda possam estar presentes em ambos os consoles.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Mills adquire JM, visando alcance e diversificação

Rodrigo Mahbub Santana

Energisa (ENGI11) anuncia aquisição de 83% da Ariv Adubos

Leonardo Bruno

Positivo (POSI3) finaliza aquisição da SecuriCenter após aprovação do CADE

Leonardo Bruno

Aquisição e fusão são as novas tendências para startups brasileiras?

Guia do Investidor

A Midea não quer saber mais da Electrolux

Guia do Investidor

Rede fast-food Subway pode ser vendida por US$ 10 bilhões

Guia do Investidor

Deixe seu comentário