Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Recomendações

Vai perder o folêgo? Itaú BBA rebaixa Gerdau para 2024

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Gerdau (GGBR4), uma das maiores produtoras de aço do Brasil, enfrentou uma revisão crítica por parte do Itaú BBA, que rebaixou a recomendação de suas ações de ‘outperform’ para ‘market perform’. Além disso, o banco ajustou o preço-alvo para o final de 2024, de R$ 30 para R$ 26, o que representa um potencial de alta de 10,5%. Essa alteração levou a uma queda de 2,46% no valor das ações, fechando a R$ 22,96.

A revisão do Itaú BBA baseia-se em vários fatores. Primeiramente, os fundamentos fracos para a dinâmica do aço no Brasil a curto prazo levantam preocupações. Adicionalmente, o enfraquecimento dos resultados nos Estados Unidos deve impactar negativamente as margens futuras da empresa. A valorização limitada do fluxo de caixa descontado (DCF) em 10%, a projeção de um fluxo de caixa livre apenas razoável em 2024 (7% de rendimento de FCF), prejudicado por cerca de R$ 6,0 bilhões em despesas de capital, e um valuation justo, com um EV/Ebitda estimado para 2024 de 4,3 vezes, também contribuem para uma visão mais cautelosa.

Leia mais  Está bom, mas já foi melhor? Gerdau (GGBR4) perde força com queda de 50% no lucro do 2T23

Até agora em 2023, as ações da Gerdau apresentaram uma queda de 16%, com desempenho inferior ao Ibovespa em 39%. No Brasil, houve uma diminuição de 9% nos volumes de aço nos primeiros nove meses de 2023 em relação ao ano anterior, e as margens Ebitda caíram de 22% para 14%. Na América do Norte, os volumes diminuíram 6%, e as margens de Ebitda caíram de 33% para 27%.

O Itaú BBA prevê que o desempenho fraco continue em ambas as regiões, com mais deterioração nos volumes e margens no 4º trimestre de 2023. Consequentemente, o banco reduziu as estimativas de Ebitda para 2024 para R$ 10,9 bilhões, ante R$ 12,7 bilhões.

No Brasil, espera-se que os resultados da Gerdau continuem sob pressão no próximo ano, prevendo-se um modesto aumento de 2% na base anual nos volumes domésticos de aço e um ambiente competitivo acirrado, limitando o espaço para aumentos de preços. A margem Ebitda no Brasil deve diminuir para 11,8% em 2024.

Na América do Norte, apesar do potencial impulso de iniciativas governamentais, o Itaú BBA espera mais deterioração nos resultados devido a preços mais baixos do aço. Como resultado, prevê que as margens nos EUA caiam para 17,4% em 2024.

Leia mais  Lucro bilionário de R$ 3,3 bi não impede quedas no 3T22 da Gerdau (GGBR4)

Quanto ao fluxo de caixa, a Gerdau poderá gerar um fluxo de caixa livre (FCF) positivo de quase R$ 2,7 bilhões em 2024, antes dos pagamentos de dividendos. O desempenho do FCF em 2024 provavelmente será mais fraco do que os níveis robustos registrados em 2022 e 2023, potencialmente reduzindo o retorno aos acionistas por meio de dividendos ou recompras de ações.

A análise do Itaú BBA aponta para um cenário desafiador para a Gerdau em 2024. As projeções indicam um ambiente de negócios mais difícil tanto no Brasil quanto na América do Norte, com impactos significativos nas margens e volumes de vendas. Além disso, a expectativa de um fluxo de caixa livre mais fraco sugere uma potencial redução nos retornos aos acionistas.

Confira a nova ferramenta de cotação do Guia do Investidor

Quer estar sempre atualizado em tempo real com a cotação de seus ativos favoritos listados na bolsa? O Guia do Investidor agora oferece a oportunidade de você se manter informado sobre os preços e movimentações das principais ações da bolsa de valores brasileira com apenas um clique.

Leia mais  Lucro da Gerdau (GGBR4) salta 1.149% no resultado do 2T21

Lá, você pode acompanhar métricas diárias e semanais personalizadas, além de conferir um gráfico exclusivo de tendência de alta para seguir as expectativas dos analistas e ficar por dentro das melhores ações antes mesmo de elas decolarem!

Imagine ter acesso fácil e rápido às informações cruciais para suas decisões de investimento. Com o Guia do Investidor, isso se torna realidade. Não perca mais tempo e esteja sempre um passo à frente no mercado financeiro. Não deixe de clicar aqui para conferir!

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Vibra cancela ações em tesouraria

Rodrigo Mahbub Santana

Gerdau (GGBR4) lucra R$ 732 milhões no 4T de 2024

Mateus Sousa

Gerdau (GGBR4) e Metalúrgica Gerdau (GOAU4) concluem programa de recompra de ações

Miguel Gonçalves

Fitch mantém classificação da Gerdau em ‘BBB’; Perspectiva Estável

Leonardo Bruno

Gerdau investe em parques de geração solar em Minas

Miguel Gonçalves

Lucro bilionário chegando? Gerdau anuncia CAPEX estratégico e projeção de EBITDA

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário