Guia do Investidor
Imagem/Reprodução Americanas
Notícias

Americanas aprova grupamento de ações e capital de R$ 40,7 bi

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

  • Americanas, em recuperação judicial, aprova aumento do capital social
  • O montante aprovado para o aumento varia de 12,3 bilhões a 40,7 bilhões de reais
  • Acionistas também aprovaram o grupamento de ações ordinárias na proporção de 100 para 1

Acionistas da Americanas (AMER3), em recuperação judicial, aprovaram aumento do capital social em assembleia extraordinária nesta terça-feira (21). Assim, conforme registrado na ata da reunião.

O montante aprovado para o aumento varia de 12,3 bilhões a 40,7 bilhões de reais. Isto, com a emissão de 9,4 bilhões a 31,3 bilhões de novas ações, respectivamente. A empresa, dessa forma, definiu o preço de emissão em 1,30 real por ação.

Na mesma data, os acionistas também aprovaram o grupamento das ações ordinárias da empresa na proporção de 100 para 1, conforme ata enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“A proposta de grupamento tem o objetivo principal de enquadrar a cotação das ações de emissão da companhia em parâmetro de preço mais em linha com os seus pares e outras companhias do porte da Americanas”, afirma a Americanas em aviso aos acionistas. “Os efeitos do grupamento serão aplicados a partir de 17 de julho”, complementa.

Americanas encerra período de compra de bonds no exterior

Americanas anuncia o encerramento da oferta previamente divulgada para compra (“Tender Offer”) dos valores mobiliários emitidos por B2W Digital Lux e JSM Global.

No último domingo (28), a Americanas comunicou o encerramento do período de compra de bonds no exterior, conforme previsto em seu plano de recuperação judicial aprovado no final de 2023.

Leia mais  Americanas (AMER3) faz parceria para entregar compras de alimentos em favelas

A oferta, conhecida como Tender Offer, abrangeu valores mobiliários emitidos por B2W Digital Lux e JSM Global. A empresa conduziu a oferta simultaneamente a uma oferta apartada para certos outros credores da companhia e, assim, suas subsidiárias.

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

De acordo com o comunicado, até 26 de Maio de 2024, a 4ª Vara Empresarial da Comarca da Capital Estado do Rio de Janeiro é quem irá avaliar todos os preços de oferta que foram recebidos até o encerramento, estabelecendo a ordem de prioridade das notas a serem aceitas para compra. A determinação será baseada nos preços de oferta, dentro da Faixa de Preços Aceitável e do Valor Máximo estabelecidos. Após essa avaliação, a empresa decidirá quais notas serão aceitas para compra pela Vara da Recuperação Judicial.

Leia mais  Americanas nega existência "de salvação" com aporte de R$ 10 bilhões

A empresa devolverá as notas não aceitas para compra aos detentores correspondentes. A compra das notas aceitas ocorrerá, no entanto, na Data de Encerramento da Recuperação Judicial ou próximo a ela.

Sobre a Tender Offer

Tender Offer está sendo feitas exclusivamente nos termos da Offer to Purchase e do Plano de Recuperação Judicial, somente nas jurisdições cuja lei aplicável permita tal oferta e para os indivíduos qualificáveis dentro de tais jurisdições. A Americanas faz este comunicado ao mercado em cumprimento às exigências contidas nas leis e regulamentos, contudo, aplicáveis à Tender Offer.

Americanas faz proposta para grupamento de ações

A Americanas (AMER3) informou ao mercado que fará uma proposta de grupamento de ações e aumento de capital em Assembleia Geral Extraordinária, marcada para o dia 10 de Maio.

Em comunicado, a companhia divulgou que irá solicitar à aprovação dos acionistas para o grupamento da totalidade de ações na proporção 100 para 1, sem alterar a participação patrimonial no capital da companhia e a votação deve ser realizada de forma virtual e os acionistas terão até o dia 8 de Maio para se cadastrar e fornecer os documentos que comprovem a sua qualificação.

Leia mais  URGENTE: BTG consegue vitória parcial contra as Lojas Americanas

De acordo com a ata da proposta, o preço da emissão terá um valor de R$ 1,30 por ação. Além disso, propõe-se a emissão de um mínimo de 3.182.006.339 e um máximo de 10.564.614.477 bônus de subscrição.



Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

OIBR3: Justiça dos EUA aprova plano de Recuperação Judicial

Paola Rocha Schwartz

Em meio a recuperação judicial, Americanas anuncia entrada de 3 executivos

Márcia Alves

Americanas anuncia receita de R$ 3,63 bilhões no 1º trimestre

Paola Rocha Schwartz

Lojas Marisa aprova capitalização de até R$ 750 milhões

Paola Rocha Schwartz

Grupo Casas Bahia atualiza investidores sobre recuperação judicial

Márcia Alves

Credores da Light aprovam plano de recuperação judicial

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário