Guia do Investidor
elon musk mundo conectado 1
Notícias

Anatel alerta operadoras para retirada iminente do “X” do ar

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Anatel comunicou às operadoras de telecomunicações sobre a possibilidade de retirar o X (antigo Twitter) do ar, em resposta a uma possível decisão judicial. Esse contato foi um aviso prévio, alertando que somente ordem judicial pode desativar plataforma.

Isso ocorre após Elon Musk ameaçar ignorar decisões do STF sobre suspensão de contas que promovem golpes e divulgam fake news em sua plataforma. Extremistas tem suas contas suspensas por decisões de Alexandre de Moraes. Musk ataca o ministro, relator de ações sobre fake news e golpes.

Estabeleceu-se também, multa diária de R$100 mil por perfil desbloqueado, no entanto, descumprindo ordens do STF ou TSE, e destacou a responsabilidade dos representantes legais.

“AS REDES SOCIAIS NÃO SÃO TERRA SEM LEI! AS REDES SOCIAIS NÃO SÃO TERRA DE NINGUÉM!”, Moraes destacou, em caixa alta, sua decisão.

A plataforma, portanto, é conhecida por muitos por “ser usada mundialmente para compartilhamento de notícias falsas e mensagens de ódio”, sendo “paraíso para criminosos”.

Outros, contudo, discordam e permanecem com opinião positiva sobre o X, antigo “Twitter”.

Leia mais  Com 101% de valorização, deu bom para a Dogecoin em outubro

Neste domingo (7), o bilionário declarou que Moraes deveria renunciar ou enfrentar impeachment, acusando-o de traição à Constituição e à população brasileira.

“Traiu descarada e repetidamente a Constituição e a população do Brasil”, afirma Elon.

Ainda neste domingo, Musk publicou em seu perfil no X, defendendo o uso do VPN (rede privada virtual/anonimato), usado para acessar sites sem identificação de endereço do IP (protocolo de internet) do computador ou do celular.

Fontes afirmam que apresentou alvo de “falsa liberdade de expressão” para evitar investigações de usuários dentro do ambiente digital.

Reações Públicas

Paulo Pimenta, da Secretaria de Comunicação da Presidência, responde a Elon Musk, defendendo a soberania nacional diante de plataformas de internet.

“O Brasil não é a selva da impunidade, e nossa soberania não será tutelada pelo poder das plataformas de internet e do modelo de negócio das big techs”, declarou Pimenta.

O ex-presidente Bolsonaro também aproveiou a disputa entre Musk e governo para relembrar encontro em maio de 2022, chamando o bilionário de “mito da nossa liberdade”.

Leia mais  SpaceX enfrenta dificuldades para tornar a Starlink lucrativa

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Tesla dispara com sinalização de Musk sobre pagamento bilionário

Paola Rocha Schwartz

Musk desiste de ação contra OpenIA

Rodrigo Mahbub Santana

Elon Musk volta a ser o homem mais rico do mundo

Márcia Alves

Startup de IA de Musk alcança avaliação de US$ 24 bilhões

Paola Rocha Schwartz

Starlink e Apple mobilizam ajuda para vítimas das enchentes no RS

Rodrigo Mahbub Santana

Tesla agora aceita Dogecoin como forma de pagamento

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário