Guia do Investidor
Fechamento GDI
Notícias

IRB (IRBR3) apresenta valorização de 25,6%

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

  • IRB (IRBR3):
    • Resultados positivos consecutivos em 2023.
    • Ações subiram 25,6%.
    • Atingiram R$ 41,73, alta de mais de 10%.
  • Fatores otimistas para o IRB:
    • Segmento rural impulsiona otimismo.
    • Prêmios aumentando, índice combinado convergindo para 95%.
  • Outras empresas:
    • RECV3 liderou perdas, queda de -4,32%.
    • MGLU3 e RDOR3 caíram -3,39% e -3,18%.
    • PETZ3, LREN3 e USIM5 também caíram acima de -2,5%.

Os resultados positivos consecutivos durante todos os trimestres do ano passado do IRB (IRBR3) trouxeram uma mensagem otimista para os investidores. A empresa viu seu preço das ações aumentar em 25,6% em relação ao fechamento anterior.

Na manhã desta sexta-feira (5), os papéis atingiram o valor máximo de R$ 41,73, registrando um aumento de mais de 10%. Por volta das 12h46 (horário de Brasília), as ações continuavam em alta, sendo cotadas a R$ 40,98.

Leia mais  Valor de mercado do Inter chega a R$ 16 bilhões

O segmento rural foi destacado como um dos principais impulsionadores desse otimismo, proporcionando um ambiente mais favorável, conforme indicado em relatórios. Analistas do Citi Group observaram que os prêmios estão começando a aumentar novamente, embora de forma moderada, e que o índice combinado parece estar convergindo para a meta de assinatura de 95%.

Esses desenvolvimentos indicam uma recuperação significativa e uma perspectiva positiva para o IRB (IRBR3), refletindo o otimismo dos investidores em relação à empresa e ao seu desempenho futuro. Confira os destaques positivos da B3 no fechamento da bolsa hoje:

ATIVOÚLTIMO (R$)VAR. DIA (%)VAL. MIN (R$)VAL. MÁX (R$)DATA
IRBR337,413,2140,0442,6917:07 05/04
VBBR325,011,5624,9525,6217:07 05/04
LWSA35,21,355,215,3517:07 05/04
BRFS315,971,2515,8716,3817:07 05/04
BBSE332,650,9232,6833,0917:07 05/04
PRIO350,050,849,135117:07 05/04
B3SA311,960,7511,9112,1616:54 05/04
PETR437,880,5837,3338,5717:07 05/04
EGIE340,980,4440,5241,2917:07 05/04
TRPL425,650,4325,5625,8517:07 05/04
BBAS356,770,4256,4557,0817:07 05/04
ENEV312,750,3912,612,8917:07 05/04
AZUL412,90,2312,8413,216:54 05/04
MRFG310,240,210,1910,4517:07 05/04
MULT324,850,1624,7425,0117:07 05/04
CYRE323,40,1322,9523,5617:07 05/04
RAIL322,420,1322,3422,6517:07 05/04
TOTS328,250,0428,1528,5417:07 05/04
BHIA36,7806,616,9617:07 05/04
Fonte: Google Finanças

Ações em queda

Com a maioria das ações registrando declínios significativos. As ações da empresa RECV3 lideraram as perdas, sofrendo uma queda acentuada de -4,32%. Esse declínio é seguido de perto pelas ações da MGLU3 e RDOR3, que diminuíram respectivamente -3,39% e -3,18%.

Leia mais  Embraer (EMBR3) assina contratos de Equity Swap de até 6,7 milhões de ações com o Santander

A tendência de baixa também afetou outras empresas de destaque, como PETZ3, LREN3 e USIM5, todas registrando quedas acima de -2,5%. Essa queda generalizada sugere uma pressão negativa sobre o mercado, com investidores reagindo a uma variedade de fatores, desde preocupações econômicas até incertezas políticas e geopolíticas.

Embora alguns setores tenham resistido melhor do que outros, como o setor financeiro representado pelo SANB11, que registrou uma queda de -2,19%, o clima predominante é de cautela. Investidores estão buscando por sinais de estabilidade e confiança antes de tomar novas decisões de investimento.

Confira os destaques negativos da B3 no fechamento da bolsa hoje:

ATIVOÚLTIMO (R$)VAR. DIA (%)VAL. MIN (R$)VAL. MÁX (R$)DATA
RECV321,99-4,3221,0222,2216:54 05/04
MGLU31,77-3,391,691,7717:07 05/04
RDOR326,08-3,1825,2526,2617:07 05/04
PETZ34,05-2,713,944,1317:07 05/04
LREN317,39-2,6416,8217,4117:07 05/04
USIM510,18-2,549,8810,1917:07 05/04
CMIN35,22-2,295,095,2217:07 05/04
PCAR32,74-2,192,662,7617:07 05/04
SANB1128,71-2,1928,0828,8117:07 05/04
DXCO37,51-2,137,357,5217:07 05/04
Fonte: Google Finanças

Petrobras e o sobe desce

Apesar de registrar um aumento de 0,58% no dia de hoje, as ações da Petrobras (PETR4) permaneceram sob os holofotes devido à persistente instabilidade relacionada às especulações sobre uma possível troca de comando na estatal. O ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta, expressou otimismo ao afirmar que a empresa poderá desfrutar de um ambiente mais estável nas próximas horas ou dias. Contudo, essa declaração não foi capaz de dissipar por completo a volatilidade que tem sido observada no mercado em relação às ações da Petrobras.

Leia mais  Magalu no mundo das fintechs? Empresa anuncia lançamento de serviços de crédito e ações disparam

Enquanto isso, a Vale (VALE3) enfrentou uma queda de 1,09%, exercendo pressão negativa sobre o índice Ibovespa. O declínio foi atribuído às contínuas reduções nos preços do minério de ferro, um dos principais produtos da empresa. A volatilidade nos preços das commodities tem sido uma preocupação recorrente para as empresas do setor, e a Vale não está imune a esses desafios.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

IBOV: Yduqs dispara e Suzano cai em dia volátil no mercado

Rodrigo Mahbub Santana

Mercado brasileiro fecha em queda moderada

Rodrigo Mahbub Santana

Ações da Petrobras despencam após demissão de Prates

Rodrigo Mahbub Santana

Dividendos Petrobras e Lucro da JBS: Confira o resumo do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Ibovespa fecha com leve alta em meio a cautela do Banco Central

Rodrigo Mahbub Santana

IRB(Re) registra lucro líquido de R$ 79,1 mi no 1T24

Márcia Alves

Deixe seu comentário