Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Itaúsa (ITSA4) aprova pagamento de JCP e recompensa acionistas

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Itaúsa (ITSA4), uma das maiores empresas de investimento do Brasil, anunciou a aprovação do pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) aos seus acionistas. O valor bruto do JCP será de R$ 0,0515 por ação, e o pagamento dos proventos está previsto para ocorrer até 30 de dezembro de 2024. Essa decisão representa uma forma de recompensar os acionistas pela sua participação na empresa e também pode ser vista como uma estratégia para atrair e fidelizar investidores.

Os JCP são uma forma de remuneração aos acionistas que consiste no pagamento de juros sobre o capital investido na empresa. Diferente dos dividendos, que são distribuídos a todos os acionistas de forma igualitária, os JCP são pagos proporcionalmente à quantidade de ações que cada investidor possui. Nesse caso específico da Itaúsa, o valor bruto de R$ 0,0515 por ação será creditado aos acionistas com base na posição acionária final da próxima terça-feira (25).

Leia mais  Apesar de lucro de R$ 3 bilhões, Itaúsa vê queda de 18,7% no resultado 4T22

As empresas costumam pagar dividendos e JCP como uma forma de retribuir os acionistas pelo investimento realizado e pelo risco assumido ao colocar seu capital na empresa. Essas recompensas financeiras são consideradas uma maneira de atrair novos investidores e também de manter os atuais acionistas engajados e satisfeitos com os resultados da companhia.

Enquanto os dividendos são distribuídos a partir do lucro líquido da empresa, os JCP são contabilizados como despesa financeira e, portanto, são dedutíveis do imposto de renda da pessoa jurídica que os recebe. Essa característica faz com que os JCP sejam uma opção atrativa para empresas que buscam otimizar sua carga tributária e maximizar a remuneração aos acionistas.

Além disso, os JCP podem ser uma alternativa interessante para empresas que desejam preservar seu capital de giro e reinvestir recursos na expansão dos negócios. Ao optar por pagar juros sobre o capital próprio, a empresa pode manter uma reserva financeira para novos investimentos, sem comprometer o pagamento de dividendos aos acionistas.

É importante destacar que a decisão de pagar dividendos ou JCP está sujeita à aprovação do Conselho de Administração da empresa e também deve levar em consideração a situação financeira e os planos estratégicos da companhia. Ambas as formas de remuneração aos acionistas têm o objetivo de fortalecer a relação entre a empresa e seus investidores, proporcionando um retorno financeiro atrativo e alinhando os interesses de ambas as partes.

Leia mais  Ibovespa aproveita "calmaria internacional" para voltar a subir; Confira os destaques da bolsa

Em conclusão, o pagamento de JCP pela Itaúsa é uma medida que recompensa os acionistas e demonstra o compromisso da empresa em valorizar seus investidores. Essa forma de remuneração financeira, juntamente com o pagamento de dividendos, representa uma estratégia para atrair e fidelizar acionistas, ao mesmo tempo em que permite à empresa preservar seu capital para futuros investimentos e crescimento sustentável. O pagamento dos JCP reflete a confiança da Itaúsa em sua performance e perspectivas de crescimento, consolidando sua posição como uma das principais empresas de investimento do país.

Conhece a Nova Agenda Dividendos do GDI? 

Por fim, se você é um investidor que gosta de estar ligado e antenado as empresas que mais pagam dividendos no mercado, precisa acessar a nova e repaginada Agenda de Dividendos do Guia do Investidor!

image 32
Agenda Dividendos do GDI

Lá é possível conferir as principais datas de pagamentos, as empresas que mais estão pagando dividendos acionistas e os tipos de dividendos que serão distribuídos nos próximos dias! Portanto, não deixe de clicar aqui para conferir e encher seu bolso!

Leia mais  Itaúsa (ITSA4) anuncia distribuição de Juros sobre o Capital Próprio de R$ 0,1165 por ação
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Itaúsa tem lucro líquido de R$ 3,46 bilhões no 4T23

Márcia Alves

Itaúsa (ITSA4) pagará R$ 5,6 bilhões de dividendos e JCP

Mateus Sousa

Itaúsa homologa aumento de capital social e bonificação de ações

Miguel Gonçalves

Pouco ou dá para encher o bolso? Itaúsa (ITSA4) anuncia distribuição de 2 centavos por ação

Leonardo Bruno

Itaúsa volta para lista de boas pagadoras de dividendos com anuncio de distribuição

Leonardo Bruno

Itaúsa anuncia amortização antecipada de debêntures, reforçando estratégia de desalavancagem

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário