Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Lojas Renner (LREN3) conclui aquisição de 100% da logtech Uello

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Lojas Renner (LREN3) concluiu nesta segunda-feira, 4, a aquisição de 100% das ações de emissão da Uello Tecnologia S.A., uma logtech nativa digital focada em serviços de entrega expressa ao consumidor final e gestão de processos logísticos para médias e grandes empresas.

Criada em 2017, a startup vai aportar soluções inovadoras e aumentar os níveis de encantamento da experiência de compra dos clientes da maior varejista de moda omni do Brasil. Ao mesmo tempo, a Uello mantém autonomia e ganha novas oportunidades para expandir a sua base de clientes graças às sinergias com as operações da Companhia.

O movimento faz parte do desenvolvimento da plataforma logística da Lojas Renner S.A., com base em três pilares que irão transformar a entrega omnicanal em uma jornada mais rápida e sem atrito: 1) estoques próximos aos consumidores; 2) operação fulfillment eficiente; e 3) referência em transporte last mile. A plataforma também vai contemplar a prestação de serviçospara os sellers parceiros da Lojas Renner e todo o seu ecossistema.

A logística é um fator importante para a tomada de decisão dos consumidores e desempenha um papel fundamental na consolidação e alavancagem do nosso ecossistema de moda e lifestyle”, explica o diretor presidente da Lojas Renner, Fabio Faccio. “A aquisição da Uello vai contribuir para a evolução da nossa plataforma logística, com especial impacto no last mile. Vamos oferecer maior velocidade, mais eficiência e produtividade, custos menores e maior geração de valor aos nossos clientes, parceiros e acionistas”, completa.

O CEO e um dos fundadores da Uello, o empreendedor Fernando Sartori, é engenheiro industrial com mais de dez anos de atuação no segmento logístico e forte expertise em negócios digitais. Ele permanecerá como principal executivo, junto com um time qualificado de cerca de 150 colaboradores. A startup também seguirá prestando serviços para o mercado em geral.

A empresa já fez mais de 5 milhões de entregas, conta com um número expressivo de motoristas parceiros com aplicativo próprio e nos últimos dois anos ampliou o número de clientes em diversos setores, com expansão expressiva nas receitas e evolução nos indicadores de desempenho. Por meio de seus serviços de operações e sua plataforma SaaS (software como serviço, na sigla em inglês), ela faz a gestão de pedidos, rotas e armazéns.

Leia mais  As ações mais recomendadas para comprar em Abril

Expectativas

Com as sinergias proporcionadas pela aquisição, aliado à evolução da plataforma logística da Lojas Renner, a varejista espera, nos próximos dois anos, aprimorar a experiência dos consumidores, com potencial de praticamente duplicar — para cerca de 80% — o índice de entregas realizadas em até dois dias após os pedidos online, além ampliar a base de consumidores omni e também a base de clientes ativos no seu ecossistema.

Já a Uello, que atualmente concentra a atuação em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, ganha velocidade para crescer em todo o país.

A união das duas empresas abre uma nova janela de oportunidade para a expansão nacional e o desenvolvimento de novas soluções pela Uello graças à escala do ecossistema da Lojas Renner e ao compartilhamento de valores, conhecimentos e tecnologias entre os times”, diz Fernando Sartori.

Os recursos empregados na transação são provenientes do caixa da Lojas Renner S.A., sem relação com o RX Ventures, fundo de Corporate Venture Capital lançado no início de março para investir em startups em estágios iniciais de maturação focadas em soluções inovadoras para o varejo de moda.

Leia mais  ARZZ3, LREN3 e VULC3: Veja o que esperar destas 3 ações de varejo

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

IRB (IRBR3) apresenta valorização de 25,6%

Rodrigo Mahbub Santana

As ações mais recomendadas para comprar em Abril

Rodrigo Mahbub Santana

A melhor das varejistas? Renner volta ao radar do mercado com novo centro distribuição

Leonardo Bruno

LREN3 Preço Alvo 2024: Vale a pena comprar ações das Lojas Renner?

Leonardo Bruno

Queda nos juros chegou para salvar? Renner (LREN3) tem queda de 36% no lucro do 2T23

Leonardo Bruno

Esqueça LREN3 e MGLU3: estas são as melhores ações de varejo para o fim dos juros alto

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário