Guia do Investidor
tether bomba tiempo congresista EEUU 1140x570 1
Bitcoin / Criptomoedas Colunistas

Não compre Tether (USDT): Entenda os motivos

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Depois do colapso que o projeto Terra (LUNA) e a stablecoin UST trouxeram ao mercado, surgiu a dúvida: qual criptomoeda atrelada ao dólar ou a alguma outra moeda fiduciária é de confiança?

Quando pensamos no projeto Terra (LUNA) não tem como ignorar a maré devastadora que veio junto com os problemas da criptomoeda.

Os efeitos foram muito mais que devastadores, principalmente para os investidores. No entanto, o mercado de criptoativos também está sofrendo com tudo o que ocorreu.

Além disso, os diversos relatos de prejuízos na internet não só de quem trabalha com a LUNA ou USDT, mas até mesmo outras altcoins e próprio Bitcoin, chamou a atenção de órgãos regulamentadores.

Chegou a hora de termos algum controle estatal sobre as stablecoins?

Essas criptomoedas atreladas a moedas governamentais funcionam como um eixo fundamental do mercado.

Mas, como tudo na vida pode sempre piorar, na mesma semana que o UST perdeu seu lastro e iniciou o seu colapso, o TheterUSD (USDT), a maior e principal stablecoin do mercado, sofreu uma forte onda de saques, superando 7 bilhões de dólares em menos de 24 horas.

Alguns especialistas indicam que tal feito, aconteceu principalmente pela descrença da comunidade sobre o projeto, que só aumenta nos últimos tempos.

Enquanto grandes projetos de stablecoins surgem dia e noite, mostrando certificados de seguranças complexos e auditorias robustas.

A Theter ainda sonha com o dia que os usuários simplesmente irão aceitar que a stablecoin é confiável e digna de total crédito e confiança.

As preocupações acerca do USDT não são de agora. A empresa responsável pela auditoria do lastro do USDT, por exemplo, é uma pequena e muito pouco conhecida empresa sediada nas ilhas Cayman e com um corpo reduzido de funcionários.

Além disso, a ideia inicial do Theter, seria dele manter um caixa com a equivalência de 1 dólar para cada USDT emitido, porém, as auditorias mostram algo muito diferente.

Acredite se quiser, mas para os 78 bilhões de dólares equivalentes em circulação de USDT no mercado, apenas 20 bilhões de dólares estão em dinheiro ou em certificados de depósito.

A maior parte está em títulos de vencimento curto, acordos de recompra e fundos de mercado.

Esse tipo de coisa acontece pela falta de interesse e cuidado dos próprios usuários em buscar analisar atentamente quais os projetos entrar e quais criptomoedas usar.

Abrindo espaço para que empresas possam praticar tais golpes e prosperar no espaço cripto.

Esse tipo de problema, como a falta de transparência da USDT e o colapso da UST só abre espaço para que entidades governamentais busquem maior controle no mercado, afim de “proteger” os usuários.

Contudo, nada disso seria necessário, se os próprios usuários tivessem o simples cuidado de buscar projetos confiáveis e com certificados dignos de confiança.

Uma boa opção de stablecoin, por exemplo, é o USDC, stablecoin da Coinbase, uma das maiores exchanges do mundo, o USDC possui uma boa documentação e boas empresas responsáveis por suas auditorias.

Outras excelentes opções são o USDP, uma stablecoin altamente controlada e monitorada, ou o próprio BUSD da Binance, a maior exchange do mundo, que também conta com um alto nível de transparência e controle.

Opções não faltam para você abandonar de vez o USDT. Sendo assim, mais fácil que termos o governo se metendo no mercado, é os próprios usuários estudarem e aprenderem a policiar seus investimentos com mais cuidado e atenção.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Bitcoin pode enfrentar correção pré-halving, aponta analista

Fernando Américo

Pedro Novellino: o investidor de criptomoedas que comprou 11% da Gafisa

Arthur Piassetta

Ethereum ultrapassa US$ 3.000 com expectativa de ETF nos EUA

Fernando Américo

Bitcoin registra leve queda mas mantém estabilidade no mercado

Fernando Américo

Bitcoin supera os US$52.000 impulsionado pelo otimismo do mercado

Fernando Américo

Coinbase surpreende com lucro de US$ 273 milhões no 4º tri de 2023

Fernando Américo

Deixe seu comentário