Guia do Investidor
Capas logo empresas gdi 8
Recomendações

Onde investir com a queda da Selic?

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Com a taxa Selic em trajetória de queda, o cenário para investimentos no Brasil se mostra promissor. Historicamente, períodos de redução dos juros têm sido favoráveis para diversos ativos, incluindo ações, fundos imobiliários e ativos pré-fixados na renda fixa. Essa tendência se repete, e investidores devem buscar oportunidades para lucrar nesse ambiente econômico.

chart 1

No mercado de renda variável, os investidores têm boas razões para se animarem. O desempenho histórico das ações, especialmente as “small caps”, tem sido positivo durante ciclos de corte da taxa Selic. Além disso, o mercado de ações no Brasil ainda está sendo negociado a preços relativamente baixos, com uma relação preço/lucro de cerca de 8x, muito abaixo da média histórica de 11x. Isso indica espaço para valorização das empresas e possibilidade de apreciação do Ibovespa, que pode atingir a marca de 140 mil pontos nos próximos meses.

Leia mais  Mercado imobiliário segue impactado pela alta na taxa Selic
image 22

Setores como saúde, educação e concessões têm se destacado como potenciais beneficiários do cenário de juros baixos, apresentando melhor desempenho durante períodos de queda dos juros. Empresas do setor imobiliário também têm potencial de valorização, com construtoras e administradoras de shoppings se beneficiando das condições favoráveis de mercado.

image 23

Já na renda fixa pré-fixada, investimentos em títulos de crédito privado são uma boa opção, uma vez que suas taxas ainda não caíram tanto quanto as NTN-Bs, que têm mostrado queda acentuada desde abril. Além disso, o mercado tem a tendência de subestimar o tamanho dos cortes de juros, o que indica que ainda há espaço para novas reduções nas taxas e, consequentemente, para a valorização dos ativos pré-fixados.

image 24

Os fundos imobiliários têm sido grandes beneficiários das quedas na taxa Selic, pois suas distribuições de dividendos tendem a acompanhar os movimentos da taxa de juros. Com a Selic em trajetória de queda, os proventos dos fundos imobiliários se tornam mais atrativos, impulsionando sua valorização no mercado. Além disso, diversos fundos têm apresentado transações positivas, como vendas de ativos acima do valor patrimonial, o que contribui para reduzir o desconto dos fundos de fundos em relação ao valor patrimonial.

Em resumo, o cenário econômico de queda da taxa Selic traz boas oportunidades para investidores no Brasil. Ações, fundos imobiliários e ativos pré-fixados são algumas das opções que podem oferecer retorno positivo em um ambiente de juros mais baixos. Contudo, é fundamental que os investidores realizem uma análise criteriosa do mercado e considerem seus objetivos financeiros antes de tomar qualquer decisão de investimento. Assessoria financeira qualificada e informações atualizadas são fundamentais para obter sucesso nesse ambiente de oportunidades.

Leia mais  ANBIMA revisa projeções e Selic deve chegar a 13,25% em 2022

Confira mais recomendações

Está em busca de novas oportunidades de investimento? Aqui no Guia do Investidor, nós oferecemos uma ampla seleção de análises, recomendações e indicações de preços-alvo para as principais ações e ativos da bolsa de valores brasileira. Nossa equipe de especialistas está sempre atenta ao mercado, identificando as melhores opções para você ampliar e diversificar sua carteira.

Entendemos que cada investidor tem suas próprias metas e tolerância ao risco. Por isso, oferecemos uma variedade de recomendações que se adequam a diferentes perfis e objetivos. Seja você um investidor conservador, moderado ou agressivo, encontrará em nosso site análises detalhadas e recomendações fundamentadas para auxiliar em suas decisões de investimento.

Além disso, sabemos que o mercado financeiro é dinâmico e as oportunidades podem surgir a qualquer momento. Por isso, atualizamos constantemente nossas recomendações, para que você possa aproveitar as melhores oportunidades assim que elas aparecem.

Para conferir nossas últimas análises e recomendações, basta clicar aqui.

Nos siga no Google News
Leia mais  Banco Central decide diminuir a taxa Selic em meio ponto percentual

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Itaú alerta que ciclo de queda pode terminar antes do previsto

Paola Rocha Schwartz

Santander eleva recomendação da B3

Rodrigo Mahbub Santana

Copom faz redução de 0,50 pp na taxa Selic

Márcia Alves

Taxa Selic deve atingir ao menor nível em dois anos

Márcia Alves

B3: produtos ligados a juros batem recorde em 2023

Guia do Investidor

Bancos não repassam cortes da Selic e juros seguem estáveis

Guia do Investidor

Deixe seu comentário