Guia do Investidor
PETROLEO GDI 2
Notícias

Petróleo dispara com maior demanda no radar

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Os preços do petróleo subiram cerca de 3% .

Na segunda-feira (10), o preço do petróleo subiu cerca de 3% e registrou o maior nível em uma semana, que foi impulsionado pelas esperanças de um aumento na demanda por combustível neste verão, apesar de um dólar norte-americano mais forte e das expectativas de que o Federal Reserve dos EUA deixe as taxas de juros mais altas por mais tempo.

De acordo com informações, o Fed fez um aumento agressivo nas taxas de juros entre os anos de 2022 e 2023 , informando que era para conter o aumento da inflação. Estas taxas mais elevadas aumentaram os custos dos empréstimos para consumidores e empresas, o que pode abrandar o crescimento econômico e reduzir a procura de petróleo.

Com um dólar norte-americano mais forte poderá haver redução na procura de petróleo, tornando as mercadorias denominadas em dólares, mais caras para os detentores de outras moedas.

Segundo dados divulgados, os futuros do Brent tiveram um aumento de 2,01 dólares, ou 2,5%, a 81,63 dólares o barril, enquanto o petróleo West Texas Intermediate (WTI) dos EUA subiu 2,21 dólares, ou 2,9%, a 77,74 dólares.

“Os futuros são mais elevados, uma vez que as expectativas de procura no verão apoiam os preços… apesar do panorama macro mais amplo permanecer menos otimista do que nas semanas anteriores”, afirmaram numa nota analistas da empresa de consultoria energética Gelber and Associates.

Desde o dia 30 de maio, esse foi o fechamento mais alto para ambos os contratos.

Leia mais  Importações em alta e Vendas em queda na Indústria de máquinas brasileira

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

Senado adia votação de taxação e política para petróleo

Senado decidiu adiar a votação do projeto de lei que regulamenta o Programa Mobilidade Verde e Inovação (Mover). A proposta, aprovada pela Câmara dos Deputados na última terça-feira, inclui medidas controversas, como a taxação de 20% sobre compras internacionais de até US$ 50 e uma política de conteúdo local para o setor de exploração de petróleo e gás.

Leia mais  PetroReconcavo vende participação na Bacia Potiguar

O líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), confirmou o adiamento da votação para a próxima terça-feira, 4 de junho. Ele também assegurou que a perda de efeito, na sexta-feira, 31 de maio, da Medida Provisória (MP) que criou incentivos ao setor automotivo não afetará os contratos já estabelecidos.

A inclusão de “jabutis” no projeto, termo usado para descrever trechos sem relação com o tema principal, gerou controvérsia. Além da taxação do e-commerce estrangeiro, os deputados inseriram uma política de conteúdo local para o setor de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos.

Instituto Brasileiro do Petróleo e Gás Natural (IBP) criticou essa medida, alegando que foi incluída de última hora e sem debate adequado com o setor produtivo. O IBP argumenta que essa política representa uma grave barreira para a viabilidade de projetos, pois não foi baseada em estudos técnicos aprofundados.

egundo o IBP, a medida também limita os poderes do Ministério de Minas e Energia (MME), da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) para estabelecer índices de conteúdo local de acordo com as características de cada projeto, como é comum internacionalmente.

Leia mais  Spotify estuda novo plano premium mais caro, entenda

Negociações para a taxação das ‘blusinhas’

O governo enfrenta obstáculos em relação à taxação de importações, um elemento adicionado de forma inesperada no Projeto de Lei do Programa Mobilidade Verde e Inovação (Mover). Esta medida, popularmente conhecida como “jabuti”, foi introduzida pelo relator Átila Lira (PP-PI).

Apesar de várias tentativas de construir um consenso nas últimas semanas, os deputados ainda não chegaram a um acordo sobre o texto. Embora tenha sido incluído na pauta de votação em diversas sessões, o projeto ainda não foi analisado.

A resistência do governo em relação à taxação de importações é evidente, com preocupações explícitas sobre o impacto que essa medida poderia ter na popularidade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Spotify estuda novo plano premium mais caro, entenda

Rodrigo Mahbub Santana

Produção da PetroReconcavo (RECV3) cresce 1% em maio

Paola Rocha Schwartz

PetroReconcavo vende participação na Bacia Potiguar

Paola Rocha Schwartz

Importações em alta e Vendas em queda na Indústria de máquinas brasileira

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário