Guia do Investidor
pix garantido o que é como funciona lançamento
Pix

Pix Garantido Como funciona, o que é e quando haverá lançamento?

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

É fato que o Pix surgiu como uma forma de pagamento que revolucionou muito o que entendemos sobre transferência. Sendo assim, caiu no gosto do povo por ser tão fácil e prático de se usar, e, com a popularidade, novas modalidades foram surgindo. Por isso, hoje iremos apresentar uma função que terá seu lançamento esse ano: entenda como funciona o Pix Garantido.

Primeiramente, vamos relembrar que Pix é um meio de pagamento instantâneo, sem taxas para pessoas físicas e que descentraliza os bancos, tirando as barreiras ao fazer um pagamento e basicamente tomando o lugar das clássicas TEDs e DOCs. 

O mercado de meios de pagamento aguarda, ansioso, pela retirada do papel desse projeto do Banco Central do Brasil (BC). A modalidade, embora ainda sem data para entrar em vigor, já agita as instituições financeiras e de pagamento e sobretudo seus desenvolvedores. Segundo o ministro da economia Fernando Haddad, o lançamento do Pix garantido deve ser ainda esse ano, até o meio do ano.

 Pix Garantido | Como funciona | Lançamento
Pix Garantido | Como funciona | Lançamento

Como funciona o Pix?

Antes de entendermos como funciona o Pix Garantido, é importante ressaltar o funcionamento do Pix como um todo.

O Pix é um sistema de pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central do Brasil que permite a transferência de dinheiro entre contas bancárias em tempo real, 24 horas por dia, 7 dias por semana, incluindo finais de semana e feriados. Lançado em novembro de 2020, se tornou rapidamente uma das formas mais populares de realizar transações financeiras no Brasil.

Ainda, é baseado em um sistema de transferência eletrônica de fundos (TEF) aprimorado, que utiliza tecnologia de criptografia e autenticação para garantir a segurança das transações. Para usar o Pix, os usuários precisam ter uma conta bancária com acesso à internet, seja por meio de um aplicativo de banco ou do internet banking. As transações podem ser realizadas por meio de um smartphone, tablet ou computador.

Ao contrário de outras formas de pagamento eletrônico, como cartões de crédito ou débito, o Pix não depende de redes de pagamento externas e não tem custos de intermediação. Isso torna o Pix uma forma mais rápida, barata e conveniente de transferir dinheiro. Além disso, o Pix permite que as empresas criem QR Codes para receber pagamentos instantâneos, o que simplifica ainda mais o processo de pagamento e aumenta a segurança.

Tecnologias do Pix

Essa tecnologia é particularmente útil em estabelecimentos comerciais, pois permite que os pagamentos sejam processados de forma mais rápida e eficiente, reduzindo as filas e o tempo de espera.

Outra tecnologia usada no Pix é a chamada “compensação instantânea”, que permite que as transações sejam concluídas em tempo real, independente do horário ou do dia da semana. Isso significa que os usuários podem enviar e receber pagamentos a qualquer momento, sem ter que esperar pelo processamento das transações bancárias.

Além disso, o Pix é altamente escalável e pode lidar com um grande volume de transações, o que torna o sistema adequado para empresas de todos os tamanhos. Essa capacidade de escalabilidade é essencial para o sucesso do Pix, pois permite que o sistema cresça à medida que mais pessoas e empresas adotam a tecnologia.

Em resumo, o Pix tem uma tecnologia altamente sofisticada e envolve uma série de processos técnicos que garantem a segurança, eficiência e escalabilidade do sistema. Com sua capacidade de processar transações em tempo real e seu uso de códigos QR, o Pix é uma tecnologia inovadora que está transformando a maneira como as pessoas e empresas realizam transações financeiras no Brasil.

Processos técnicos

A tecnologia do Pix envolve vários processos técnicos para garantir a segurança, eficiência e escalabilidade do sistema. Entendendo eles, você pode ter mais noção sobre como funciona o Pix Garantido. Alguns dos principais processos técnicos envolvidos no Pix incluem:

  1. Autenticação
    Para garantir que as transações sejam seguras e confiáveis, o Pix usa vários métodos de autenticação, como senhas, biometria e chaves criptográficas. Isso garante que apenas as pessoas autorizadas possam enviar e receber pagamentos.
  2. Criptografia
    A criptografia é usada para proteger as informações sensíveis das transações, como os dados pessoais e financeiros dos usuários. A criptografia garante que essas informações sejam mantidas seguras e privadas durante todo o processo de pagamento.
  3. Compensação instantânea
  4. Códigos QR
  5. Escabilidade

O que são as modalidades do Pix?

Quando se fala do termo “modalidade” ao tratar de Pix, quer dizer as funções que são possíveis realizar por meio desse método de pagamento. Cada modalidade do Pix tem características específicas que se adequam a diferentes necessidades dos usuários.

Assim, as modalidades do Pix são diferentes formas de realizar uma transação financeira utilizando essa tecnologia, cada uma com suas particularidades e vantagens.

Ou seja, o Banco Central permite que pessoas físicas e jurídicas usem o Pix para realizar certas funções, como por exemplo, sacar dinheiro físico ao fazer a transação para algum lojista ou então receber troco. 

Isso porque o Pix é uma ferramenta que permite a abertura desse leque por meio dos pagamentos instantâneos e facilitados. E, dentro desse leque, surge essa nova modalidade: o Pix Garantido. Mas antes, vamos falar de algumas modalidades que já existem.

Modalidades do Pix

Como dito, cada modalidade apresenta uma forma diferente de fazer uma transação financeira com o Pix. Por exemplo, a modalidade de Pix Instantâneo, a mais comum, é usada para transferências imediatas entre contas, enquanto a modalidade de Pix Cobrança é mais adequada para empresas que precisam emitir faturas e receber pagamentos dos clientes.

Entre elas, temos 5 modalidades.

  1. Pix Instantâneo: é a mais comum e primeira a surgir, em que a transferência é feita em tempo real. É necessário informar o valor da transferência e a chave Pix do destinatário (CPF, CNPJ, telefone celular ou e-mail).
  2. Pix por Agendamento: nessa, o usuário pode agendar uma transferência para uma data futura, informando a data, o valor e a chave Pix do destinatário.
  3. Pix Cobrança: permite que o usuário emita uma cobrança, informando o valor e a chave Pix do destinatário. O destinatário recebe a cobrança e pode aceitar ou recusar o pagamento. Essa modalidade é útil para comércios, prestadores de serviços e empresas em geral.
  4. Pix Saque: essa, permite ao usuário fazer um saque em dinheiro em comércios que ofereçam esse serviço, como supermercados e postos de gasolina. Para realizar o saque, basta informar o valor desejado e utilizar o Pix para realizar o pagamento.
  5. Pix Troco: é similar ao Pix Saque. O usuário faz uma compra com Pix e transfere um valor maior, recebendo o troco em dinheiro.

O que é Pix Garantido?

O Pix Garantido permitirá agendar e parcelar os valores dos pagamentos mesmo que o pagador não tenha saldo na sua conta. Dessa forma, a instituição financeira que se torna responsável pelo pagamento e, de fato, garantir a quem deve receber o dinheiro, tal como sugere o próprio nome da função.

Giancarllo Melito, advogado especialista em Meios de Pagamento e Fintechs, sócio do escritório Barcellos Tucunduvalíder do mercado neste segmento explica o que o Pix Garantido entrega:

“No PIX Garantido, a instituição que detém a conta do usuário vai se comprometer a realizar o pagamento, ainda que não tenha saldo na conta. O cliente poderá parcelar as suas compras, por exemplo, em 12 parcelas”, esclarece.

Podemos observar que essa função é bem semelhante ao Pix Parcelado, que alguns bancos e fintechs oferecem. O Pix Parcelado, inclusive, foi uma maneira que essas instituições fizeram de trazer esse método antes para o público, cada uma ditando suas condições. Entretanto, existem diferenças entre o Pix Parcelado e o Pix Garantido.

Além disso, é importante também saber diferenciar o Pix Garantido do Pix Agendado. O Pix Agendado é uma função que já existe dentro dos bancos, e como diz seu próprio nome, também permite o agendamento dos Pix. Mas há uma diferença crucial que é o que demonstra a inovação do Pix Garantido. Vamos entender.

Pix Agendado x Pix Garantido

Como dito, o Pix Garantido garante o pagamento à quem irá receber o pagamento, então existe uma recorrência de pagamento, ou seja, o débito seria feito automaticamente.

Já no Pix Agendado, não há recorrência de pagamento e o usuário pode agendar um pagamento, mas pode cancelar a ação até a data prevista.

O PIX Garantido, segundo Melito, permitirá ainda pagamentos recorrentes, como mensalidades de academia ou escola, por exemplo.  “É um produto que, na prática, acaba sendo um grande concorrente do cartão de crédito”, pontua.

Pix Parcelado x Pix Garantido

O Pix Parcelado surgiu para certos bancos e fintechs como um adiantamento dessa função que ainda será entregue pelo Banco Central. Desde já, essa é uma diferença: O Pix Garantido é uma função validada pela autoridade máxima em questões monetárias do Brasil, o Banco Central. Já o Pix Garantido é de desenvolvimento próprio das instituições.

Mas, o principal fator na prática é que, apesar de ambos servirem a opção de parcelar, o que diferencia é a ligação com um cartão ou serviço de crédito.

Sendo assim, para usar o Pix Garantido, o usuário não vai precisar possuir a função de crédito vinculada com a conta dele obrigatoriamente, diferente do Pix Parcelado, que funciona como uma linha de crédito com juros que variam de 2% a 4,5% ao mês.

Como Funciona o Pix Garantido?

O objetivo do Pix Garantido é entregar ao usuário a possibilidade de parcelar o pagamento mesmo quando ele não tiver saldo o suficiente na sua conta. Então, ao fazer uma compra com o Pix Garantido, automaticamente ocorrerá o agendamento de Pix mensais para cada parcela.

Dessa forma, se a pessoa não tiver saldo o suficiente na sua conta para pagar a parcela, o pagamento será feito pela instituição financeira. Assim, ela depois irá cobrar do pagador o valor com juros.

No mais, essas são as regras gerais, pois as específicas ainda estão para serem definidas pelo Banco Central. Mas ainda assim, já é possível entender bem a dinâmica, bem como entender e prever as facilidades que serão entregues com esse método, como as taxas reduzidas comparadas a um serviço de crédito e os agendamentos recorrentes.

Passo a passo

  1. Agendar um pagamento com Pix Garantido no app do banco;
  2. No dia do pagamento, o banco será o mediador e debitará o saldo;
  3. Caso não tenha saldo, passa a ser cobrado juros até zerar o débito.

Vantagens 

Ainda que as regras específicas não tenham sido divulgadas, já é possível entender quais serão as vantagens deste método de pagamento. Por isso, listaremos elas a seguir.

Vantagens Gerais

Flexibilidade: diferente de um cartão de crédito, que pode bloquear a conta do cliente caso a fatura não seja paga, o Pix Garantido torna as dívidas mais flexíveis, pois o banco paga a dívida provisóriamente, permitindo que o usuário se organize e quite seus débitos

Praticidade: é a mesma praticidade da transferência via Pix, de maneira geral, mas com a possibilidade de parcelar.

Otimização das finanças: acompanhar as transações da conta em tempo real auxiliam na organização financeira. Além disso, para os lojistas também será muito positivo, pois eles receberão o valor inteiro, sem precisar pagar as taxas das maquininhas de cartão de crédito.

Então, para melhor compreensão, vamos separar essas vantagens em dois grupos: para os lojistas e para os consumidores:

Para Consumidores

  • Mais uma opção de crédito no mercado;
  • Melhora no poder de compra;
  • Queda na taxa de juros
  • Comprar sem cartões físicos

Para Lojistas

  • Redução das tarifas das operadoras de cartão;
  • Garantia de recebimento do valor
  • Aumento do ticket médio das vendas
  • Melhor fluxo do caixa

O Pix Garantido é seguro?

Segurança é sempre algo essencial a se pensar quando se trata de serviços que envolvem o dinheiro. Por isso, trazemos novamente explicações de Giancarllo Melito sobre as questões de segurança relacionadas ao Pix Garantido. Primeiramente, em relação à segurança tecnológica, ele pondera:

Neste quesito, o BC certamente vai exigir, em norma, que as instituições participantes se submetam a testes. Hoje, existe um ambiente chamado PIX tester, no qual as empresas precisam passar por uma homologação tecnológica. Quanto a esta questão, acredito que o mercado não se preocupa tanto, salvo os desenvolvedores de soluções

Giancarllo Melito – Pix Garantido | Como funciona | Lançamento

O segundo aspecto da segurança é o da confiabilidade de que as transações recorrentes sejam pagas. Ele diz:

Como muitas instituições que oferecem PIX ainda não possuem autorização de funcionamento pelo BC, pode haver situações nas quais o recebedor não confie na instituição e não queira correr o risco.

Giancarllo Mellito– Pix Garantido | Como funciona | Lançamento

Mas o mais provável é que o BC estabeleça critérios para que as empresas que irão oferecer o PIX Garantido, como ser uma instituição autorizada pelo BC, ou possuir capital mínimo, ou outro critério de solvabilidade mínima.

Por conta desta demanda, começa a surgir no mercado um novo produto, basicamente formado por empresas que garantirão esses pagamentos, correndo o risco pela instituição de pagamento que ofereceu o PIX Garantido. “Mas, de fato, não sabemos ainda exatamente como isso se dará, porque ainda não existe a norma do BC”.

Revolução é prometida

Por conta de toda a praticidade, isenção de taxas aos que receberão o pagamento e não necessidade de crédito, especialistas comentam que do jeito que o Pix Garantido funciona, ele pode revolucionar o mercado financeiro, mudando a forma de fazer pagamentos já conhecida por todos.

Muito se vê manchetes declarando que o Pix Garantido será um grande concorrente dos cartões de crédito, se não, substituto. De fato, o que mais pode atrair o uso do Pix Garantido são isenções de taxas, pois assim um lojista ou comerciante vai poder receber o valor do produto sem pagar taxas para a operadora ao mesmo tempo que o cliente consegue comprar normalmente, parcelando.

Segundo dados, podemos notar que de fato essa revolução tende a acontecer. Comparando a quantidade de transações feitas pelo Pix divulgadas pelo Banco Central com os pagamentos feito com Cartão de Crédito, divulgados pela Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), o Pix movimentou mais de R$ 3 trilhões no primeiro trimestre de 2022. Isso é 4 vezes mais que os valores movimentados com cartão de crédito no Brasil.

Valor movimentado (em R$ milhões)1º Trimestre/2022
Pix2.069.390
Cartão de Crédito478.542
Pix Garantido | Como funciona | Lançamento

Pix: o método de pagamento mais utilizado

Além da superioridade do Pix sobre os cartões de crédito, dados informam que o Pix já é o método de pagamento mais utilizado pelos brasileiros, já antes de completar seu segundo ano de funcionamento. De acordo com o Banco Central, até metade do ano passado, foram feitas 1,9 bilhões de transações pelo método.

Ainda mais, comparado com os outros métodos de pagamento – como boleto, TED, DOC e Cheque, o Pix se mostrou muito superior, sendo 5 vezes mais usado que o segundo método mais usado, que é o boleto. Veja abaixo o gráfico disponibilizado pelo Banco Central.

 Pix Garantido | Como funciona | Lançamento
Pix Garantido Como funciona | Lançamento

Portanto, vemos com esses dados que o Pix já revolucionou muito a forma com que se faz pagamentos no Brasil. Então trazer mais uma modalidade, que ainda envolve algo como parcelamento e crédito, expandindo as possibilidades de uso, de fato tem potencial para mudar ainda mais o que conhecemos ao falar de transações financeiras.

Quando usar Pix Garantido

É importante pensar nesse método de pagamento quando o pagamento à vista não demonstrar ser vantajoso, como por exemplo, se estiver em cheque especial, ou então quando o valor é muito alto e não possui desconto para pagamento a vista.

Dessa forma, o Pix Garantido surge como uma maneira da pessoa conseguir pagar por um produto caso não consiga efetuar um Pix inteiro naquele momento. É aí que o Pix Garantido funciona.

É uma boa opção caso o valor das taxas sejam inferiores às taxas de parcela por cartão de crédito. Ainda, cabe negociar com o lojista um desconto, uma vez que ele não precisará pagar as taxas da maquininha de cartão.

Além disso, é muito importante estar ciente de que as parcelas condizem com a realidade financeira de quem irá pagar, bem como evitar acumular parcelas de maneira geral, pois isso dificulta a vida financeira de qualquer pessoa. 

Assim, ponderar sobre as opções de pagamento e rever suas finanças é sempre a prioridade antes de efetuar qualquer compra, pois ainda que exista o Pix Garantido para facilitar a vida do comprador, esse comprador ainda está sujeito aos juros caso não esteja em dia com seus gastos.

Pix Garantido x Open Finance – como funciona

Em geral, muitos dizem que o Pix Garantido demonstra uma evolução do Open Finance brasileiro por expandir as opções de crédito dos usuários.

O que é Open Finance?

Em fevereiro de 2021, o Banco Central do Brasil iniciou a implementação do Open Finance no país, que permite que os clientes compartilhem seus dados financeiros com outras instituições financeiras de sua escolha. O objetivo é aumentar a concorrência no setor financeiro e melhorar a experiência do cliente.

O Open Finance é uma iniciativa que permite com que um banco compartilhe os seus dados entre outras instituições que também permitem. Assim, é possível gerenciar as finanças e movimentações bancárias em um lugar só, e pode receber ofertas de produtos e serviços pelo perfil do usuário.

Ou seja, a tradução de Open Finance já diz: Sistema Financeiro Aberto. Sendo assim, esse conjunto de regras e tecnologias é autorizado pelo Banco Central do Brasil. O cliente de um banco pode decidir quando e com qual das outras instituições que participam ele vai querer compartilhar para fins e prazos específicos.

Até o momento atual, são 18 instituições que podem compartilhar dados com os clientes Itaú. Entre elas, temos o Nubank, o Bradesco (somente para PF), Santander, Mercado Pago, Next, PicPay, Banco do Brasil, e outros.

Avanço com o Pix Garantido

Um dos especialistas que afirma que o Pix Garantido é um avanço para o Open Finance é Bruno Loiola, CGO da Pluggy, fintech especialista na captura e enriquecimento de dados financeiros do Open Finance.

O Pix Garantido já faz parte do universo Open e pode ser melhorado pela possibilidade do ecossistema aberto prover uma análise de crédito mais personalizada. Ou seja, temos a possibilidade de que o limite disponível seja mais compatível com a realidade financeira do usuário, além de possuir taxas e condições personalizadas para ele, o que pode aumentar a aderência ao modelo, tudo isso somado a uma redução drástica dos custos transacionais hoje envolvidos no uso do arranjo de pagamentos via cartões de crédito e débito.

Bruno Loiola – Pix Garantido | Como funciona | Lançamento

Por meio dessa fala de Loiola, podemos entender que cada vez mais o os brasileiros estarão inseridos no Open Finance e novas possibilidades dentro da realidade de cada consumidor será apresentada, pois essa iniciativa permite que ele seja compreendido.

Outras funções do Pix: Empréstimo

Não são só as modalidades já citadas que o Pix possui. Além do Pix Garantido, que já sabemos como funciona e que terá lançamento em breve, temos também o Pix Empréstimo.

Já é possível contratar empréstimo por meio do Pix. Para isso, é preciso primeiramente ter uma conta em um banco ou fintech que permite pagamento via Pix. Além disso, é necessário ter uma chave cadastrada, para assim poder receber o dinheiro do empréstimo na conta por meio dessa chave.

Assim, basta entrar em contato com a instituição financeira que oferece esse tipo de serviço para entender os termos e condições de uso para a contratação, e, assim que for contratado, o cliente deve aguardar o recebimento do valor do empréstimo, que chega de forma instantânea na conta. 

Dessa forma, as taxas de juros podem variar de banco pra banco, então é importante saber antes de contratar qualquer serviço. O valor permitido a ser pego depende de alguns fatores, como modalidade de contratação, o saldo disponível, a renda, a margem consignável, entre outros.

Instituições que permitem empréstimo via Pix:

  • Banco do Brasil
  • Bradesco
  • SuperSim
  • Crefisa
  • Via Certa
  • Zema Financeira
  • Pix Financeira

Os dois primeiros bancos citados já oferecem linhas de crédito exclusivas para o Empréstimo Pessoal Especial do Pix.

Saiba mais sobre o Pix e suas modalidades no site do Banco Central.

Cuidados com segurança

Entendendo como funciona o Pix Garantido, basta esperar o lançamento para começar a usar. Agora, é importante saber algumas dicas de segurança antes de usar o Pix de qualquer maneira.

Agora, com as novas mudanças de limites e horários que surgiram em Janeiro de 2023, o Pix entregará uma flexibilidade ainda maior para seus usuários.

Isso porque o número de crimes relacionados ao Pix também se mostra crescente, principalmente quando envolve roubo de celulares. O Procon-SP divulgou que teve 8.075 reclamações recebidas com a palavra Pix no ano de 2022, 10,4% a mais que em 2021.

A maioria das reclamações eram sobre devolução de valores pagos, reembolso ou retenção de valores, pois, uma vítima de golpe ou outros crimes envolvendo o Pix, não consegue reaver os valores.

Desse modo, há diversos tipos de golpes que podem ser aplicados, como o roubo de dados por meio de mensagens, perfis falsos no WhatsApp se passando por conhecidos, atendimento bancário falso, QR Codes falsos e o famoso “Bug do Pix”. O “Bug do Pix” é quando os criminosos dizem que há uma falha no sistema em que é possível conseguir o dobro do dinheiro de volta.

Sabendo de todos esses possíveis golpes, veja a seguir algumas dicas de segurança para evitá-los.

Dicas para seguir

  • Verifique a identidade de quem está solicitando o Pix sempre que for fazer uma transferência.
  • Sempre confirme tudo com a pessoa que irá receber o Pix por chamada telefônica ou pessoalmente, pois pode acontecer do WhatsApp dela estar clonado.
  • Confira bem os dados antes de confirmar a transação.
  • Se for enviar pagamento para algum site, veja sempre se o link é seguro e de confiança.
  • Tome cuidado com links enviados por SMS ou e-mail, pois podem ser falsos.
  • Nunca confirme dados pessoais do banco ou fintech por ligações ou links.

Por fim, o Pix é uma ferramenta segura. Basta ter cautela e entender como funcionam os possíveis golpes, já se preparando para evitá-los. Lembre-se do essencial: cuidado com links desconhecidos e confira sempre todos os dados! No mais, aproveite essas funções que o Banco Central entrega, e faça uso do Pix Garantido, agora que você sabe como funciona, basta aguardar o lançamento.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Agora é possível pagar IPVA, IPTU e multas com Pix

Fernando Américo

Uso do Pix para compras dobra em 2023, aponta estudo do Itaú Unibanco

Guia do Investidor

NOVIDADE: Banco Inter lança pix com cartão de crédito

Lara Donnola

Sem utilidade? Entenda o fim das transferências via DOC

Miguel Gonçalves

Diretor do BC indica possibilidade de corte na Taxa de Juros

Miguel Gonçalves

Dados do BC indicam ascensão de pagamentos digitais no Brasil

Guia do Investidor

Deixe seu comentário