Guia do Investidor
Portugal
Notícias

Quer morar em Portugal em 2024? Veja por onde começar

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Especialista explica como os processos podem ser encaminhados, desde um visto mais simples até a cidadania portuguesa.

O programa português que oferece isenção fiscal a residentes estrangeiros, conhecido como Regime Fiscal de Residentes Não Habituais (RNH), enfrentou reviravoltas recentes. Após o anúncio do encerramento em 2024, a bancada decidiu estender a medida por mais um ano, atraindo estrangeiros em busca de moradia e profissionais temporários. A ampliação da lista de profissões aceitas e a exigência de comprovação do planejamento prévio da mudança são pontos-chave para a elegibilidade. Nesse cenário, o sonho de viver em Portugal em 2024 pode se tornar realidade para muitos brasileiros, mas o processo pode ser complexo. 

De acordo com Patricia Valentim, diretora executiva da CV Assessoria Internacional, empresa de assessoria em imigração, nacionalidade e negócios internacionais, com as recentes mudanças nas regras de imigração e a crescente procura por oportunidades no país, é crucial entender os passos necessários para uma transição tranquila.

“Enquanto cidadãos brasileiros, é possível permanecer em Portugal por um período específico como turista, mas para estadias mais longas ou propósitos diferentes, é vital conhecer os requisitos legais”, explica. 

O primeiro passo é ter clareza sobre o tempo permitido como turista, que vai até três meses sem necessidade de visto, e entender o que é necessário antes de deixar o Brasil, para evitar possíveis complicações. Passado esse período, é preciso ter autorização para residir, estudar ou trabalhar no país. Existem vistos específicos relacionados a emprego, estudo, empreendedorismo e investimento.

“É importante saber qual o tipo que melhor se adequa ao seu propósito e como iniciar o processo mesmo estando já em território português”, acrescenta a especialista.

Uma opção que não apenas ajuda a continuar no país, mas também oferece diferentes benefícios em Portugal e na União Europeia como um todo, é a busca pela cidadania portuguesa, principalmente àqueles que desejam estabelecer residência permanente.

“Existem diferentes caminhos para alcançar a cidadania portuguesa, desde descendência até naturalização, cada um com seus próprios requisitos e processos”, explica Patricia.

Além disso, Portugal tem oferecido um mercado de trabalho em ascensão, especialmente em setores como tecnologia, turismo e serviços. Com um ambiente propício para startups e inovação, o país tem atraído profissionais qualificados em busca de novas oportunidades.

Leia mais  Aposentado e com renda fixa: Como ter um visto definitivo de Portugal?

Para a obtenção da nacionalidade portuguesa, é essencial compreender o processo e contar com assistência especializada. O primeiro passo é identificar se você possui direito a ela, seja por descendência direta ou outras vias, como a atribuição ou naturalização. Em seguida, reunir a documentação necessária, como certidões de nascimento ou batismo do cidadão português original/nativo e outros documentos brasileiros. Além disso, preparar retificações, transcrições e homologações, se necessário, como reconhecer firmas, autenticações e legalizações, procedimentos que requerem acompanhamento cuidadoso.

“Cada etapa, desde a obtenção das certidões até o reconhecimento de firmas, requer atenção minuciosa para evitar erros. Com auxílio especializado, é possível conduzir esse processo de forma mais eficiente e eficaz, garantindo maior probabilidade de sucesso na obtenção da nacionalidade portuguesa”, conclui.


Leia mais  Com proximidade da alta temporada, 14% dos brasileiros querem viajar
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Veja como funciona a cidadania portuguesa através do casamento

Guia do Investidor

Cresce em 600% em demanda de vistos para Portugal

Guia do Investidor

Cidades pequenas são uma ótima opção para imigrantes em Portugal

Guia do Investidor

Saiba as consequências em deixar menores sozinhos em Portugal

Guia do Investidor

É possível dirigir em Portugal com a CNH brasileira?

Guia do Investidor

Aposentado e com renda fixa: Como ter um visto definitivo de Portugal?

Guia do Investidor

Deixe seu comentário