Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Resultado 2T23: Light (LIGT3) mantém fluxo de caixa positivo e reporta lucro no segundo trimestre

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Light S.A. registrou lucro líquido consolidado de R$ 109,4 milhões no segundo trimestre de 2023, revertendo um prejuízo de R$ 80 milhões em igual período de 2022. Na mesma comparação, a receita líquida consolidada ficou em R$ 3,35 bilhões (-1,9%); e o EBITDA Ajustado* foi de R$ 474,9 milhões (-13,3%).

No segundo trimestre do ano, a Light continuou a apresentar os resultados de seus esforços para conter a queima de caixa da Distribuidora (Light SESA).

A partir do quarto trimestre de 2022, a atual administração da Light S.A. passou a ter como estratégia o reequilíbrio financeiro da Distribuidora, o que levou a um maior controle de despesas operacionais e à revisão do plano de investimentos da companhia.

Leia mais  Os 5 principais erros que quebram uma empresa

A Distribuidora passou a priorizar em seu plano de combate a perdas iniciativas que tragam retorno dentro do período de vigência atual da concessão, como a substituição de medidores e o controle de perdas administrativas. Ao mesmo tempo, após uma análise criteriosa, foram descontinuadas medidas que na prática prejudicavam o caixa ou trariam retorno em prazos muito longos, fora do período atual da concessão.

O fluxo de caixa operacional da Distribuidora – utilizando como proxy o EBITDA menos o CAPEX – ficou positivo em R$ 230 milhões no primeiro semestre de 2023, em comparação com R$ 59 milhões negativos no primeiro semestre de 2022. No resultado consolidado acumulado no ano, a geração de caixa cresceu R$ 365 milhões, atingindo R$ 591 milhões.

“Nós continuamos fazendo todo os investimentos necessários para garantir a qualidade do serviço que prestamos aos nossos 11 milhões de consumidores do Rio de Janeiro e permanecemos adimplentes com todas as nossas obrigações regulatórias e setoriais; e também com fornecedores e funcionários”, disse o CEO da Light S.A., Octavio Pereira Lopes. “Somente o CAPEX relacionado a perdas que não gerava resultados foi reduzido e será reavaliado após a renovação da concessão”, complementou o CEO.

No segundo trimestre deste ano, o EBITDA Ajustado da Distribuidora foi de R$ 265,1 milhões, em queda de 27,8% em relação ao segundo trimestre de 2022; no acumulado do ano, houve alta de 0,9%, para R$ 609,5 milhões.

Leia mais  Carteira semanal: Confira o ranking das ações favoritas dos especialistas

As operações de Geração (Light Energia) e Comercialização (Lightcom) combinadas registraram lucro líquido de R$ 133,1 milhões no segundo trimestre deste ano, com aumento de 176% sobre o mesmo período de 2022; e o EBITDA Ajustado teve alta de 17,9% para R$ 214 milhões, na mesma comparação.

*O EBITDA Ajustado é calculado a partir do EBITDA CVM, excluindo VNR (valor novo de reposição), outras receitas/despesas operacionais, Equivalência patrimonial e Eventos não recorrentes.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais  Via Varejo dá volta por cima: grande promessa para 2020

Leia mais

Número de empresas pedindo recuperação judicial é o maior em 6 anos

Márcia Alves

Moody’s revisa Rating da Jalles Machado: Destaques e Desafios

Rodrigo Mahbub Santana

Irani realiza o terceiro Programa de Recompra de Ações

Fernando Américo

China é acusada de fraudar biocombustíveis

Rodrigo Mahbub Santana

Pedidos de Recuperação Judicial disparam 94,7% em Março

Márcia Alves

Meta: números batem estimativas, mas mercado não gostou

Autor Convidado

Deixe seu comentário