Guia do Investidor
vale california steel
Notícias

Vale (VALE3) vende sua participação na California Steel Industries

A (VALE3) informou na manhã desta segunda-feira que assinou um contrato vinculante com a Nucor Corporation, por meio de sua subsidiária canadense, para a venda de sua participação de 50% na California Steel Industries. De acordo com a , a operação “reforça a [sua] disciplina de capital”, “focando em seus negócios core e o compromisso com um portfólio mais enxuto”.

“Como resultado dessa transação, no fechamento, a Vale receberá um valor de compra de US$ 400 milhões por 50% do valor da empresa, ajustado pela dívida líquida e capital de giro no fechamento. O fechamento da operação está previsto para o 1T22, sujeita às condições precedentes usuais deste tipo de transação.”

disse a Vale em comunicado ao mercado.

Além disso, a companhia brasileira falou um pouco sobre a California Steel Industries. De acordo com ela, a companhia produz aços laminados planos e tubos de aço. Sua capacidade de produção anual é de cerca de 2,5 milhões de toneladas.

As projeções da Vale

Há cerca de duas semanas, a Vale divulgou uma atualização de suas projeções para os próximos anos. De acordo com a companhia, sua produção total de minério de ferro deve ficar entre 315 Mt e 320 Mt neste ano, e entre 320 Mt e 335 Mt em 2022.

Leia mais  O que comprar na semana? Descubra 10 boas ações

Em relação à produção de pelotas, as estimativas ficaram entre 34 Mt e 38 Mt para o ano que vem e superior a 50 Mt a partir de 2023. Além disso, a companhia estima uma produção entre 320 kt e 355 kt de cobre no ano que vem, ficando entre 390 kt e 400 kt entre 2023 e 2026 e passando de 450 kt após 2027. Por fim, no que tange às estimativas de produção, a Vale espera somar uma produção total de 175 kt a 190 kt de níquel em 2022 e 2023, superando os 200 kt após 2024.

De acordo com a mineradora, seus para ampliação das unidades produtivas (Capex) deve somar US$ 5,8 bilhões em 2022. Ademais, para os próximos anos, é provável que fique entre US$ 5 bilhões e US$ 6 bilhões, considerando uma taxa média de câmbio de R$ 5.

Em relação ao EBITDA (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização), a Vale informou que a linha deve ficar entre US$ 16,5 bilhões e R$ 24 bilhões em 2023. Contudo, tal valor será função do preço do minério de ferro, que para possibilitar tais ganhos, deve manter uma média anual entre US$ 80 e US$ 100. Além disso, o preço médio de cobre deve se manter em US$ 10 mil por tonelada, o preço do níquel em US$ 17,5 mil por tonelada e a taxa de câmbio em R$ 5.

Avalie este post:
[Total: Média: ]

Nossas redes:

Leia mais

Credores da Samarco apresentam plano para assumir a empresa

Ruan Sousa

Vale (VALE3) anunciou de forma oficial a conclusão do seu programa de recompra de ações

Ruan Sousa

Inflação e juros altos: a receita por trás das movimentações da bolsa hoje

Leonardo Bruno

Para resolver o problema: Vale vai vender níquel para a Tesla produzir baterias

Leonardo Bruno

Perdido no mercado? Confira as melhores opções de ações para comprar na semana

Leonardo Bruno

Vale (VALE3) anuncia acordo com Tesla (TSLA34) para fornecimento de níquel a partir do Canadá

Ruan Sousa