Guia do Investidor
xp 4t21
Resultados 4T21

XP Investimentos (XPBR31) tem alta de 164% em carteira de crédito no 4T21

A () divulgou nesta terça-feira sua prévia operacional referente ao quarto trimestre de 2021. De acordo com a companhia, seus ativos sob custódia cresceram para R$ 815 bilhões. Isto é, houve um avanço de 23% em relação ao mesmo período de 2020.

Dessa forma, o AuM (ativos sob custódia) da companhia avança conforme o número de ativos da aumenta. Ao final do ano, a base de clientes ativos somava 3,41 milhões, representando um crescimento de 23% em relação ao ano anterior. De acordo com a própria XP, “a média mensal de adição líquida de clientes caiu 23% de 52 mil no para 40 mil no , impactada principalmente por uma menor ativação na Clear, dada o fraco momentum no mercado de ações”.

Além disso, a carteira de crédito da companhia mais do que dobrou no período de um ano. Isto é, enquanto no final de 2020 a mesma somava R$ 3,9 bilhões, no final de 2021 somou R$ 10,2 bilhões. Um avanço de 164%. Já em comparação com o terceiro trimestre do ano, o avanço foi de 18%.

Leia mais  IPO do Álcool Zulu (Grupo MPR) vem aí

Ademais, em relação ao negócio de cartões, a XP registou um volume transacionado de R$ 4,4 bilhões no XP Visa Infinite durante o quarto trimestre. Dessa forma, houve um crescimento de 35% em relação aos R$ 3,3 bilhões do terceiro trimestre.

“No início de dezembro, ampliamos nossa base de clientes elegíveis ao cartão de crédito reduzindo o valor mínimo de investimentos para R$ 5 mil na marca XP.”

disse a companhia.

Entretanto, destacar que durante o trimestre as negociações médias diárias no varejo caíram 5%. Conforme a companhia aponta, isso se deve ao “cenário macroeconômico mais desafiador para equities”.

Por fim, vale destacar uma queda de 7% na adição bruta de AAIs (Agentes Autônomos de Investimento).

Avalie este post:
[Total: Média: ]

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

XP lança plataforma de criptomoedas em parceria com a Nasdaq

Autor Convidado

Hora de comprar ações da XP? BTG e Citi atualizam recomendações

Leonardo Bruno

XP Inc. (XPBR31): lucro líquido ajustado sobe 17% no primeiro trimestre de 2022, para R$ 987 milhões

Ruan Sousa

BTG ou XP Investimentos? Qual melhor corretora? Veja análise completa

Victor Rodrigues

XP formaliza incorporação do Banco Modal e MODL11 “deixará” a bolsa

Leonardo Bruno

Abriu os cofres: Itaú anuncia aquisição de fatia na XP investimentos por R$ 8 bilhões

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário