Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

5 dicas de como terminar o ano com as contas no azul

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Especialista fala como manter uma saúde financeira estável e se livrar das dívidas.

Com o fim do ano se aproximando, muitas pessoas se veem preocupadas com as finanças, especialmente após uma temporada de gastos com presentes, festas e viagens. No entanto, é possível terminar o ano com as contas no azul e evitar que as dívidas se acumulem. “Para isso, é necessário um planejamento cuidadoso e disciplina financeira”, comenta o empresário André Oliveira, CEO da CredFácil, maior rede de franquias de soluções financeiras. Para ajudar nessa tarefa, André separou cinco dicas essenciais para uma boa saúde financeira:

  • Faça um balanço das suas contas

O primeiro passo é entender como está a sua situação financeira atual. Dessa forma, faça um balanço de todas as receitas e despesas do ano. Assim, poderá identificar onde está gastando demais e onde pode economizar.

Leia mais  Como pagar contas, boletos e fazer recargas com Bitcoin

“Faça uma análise e, caso esteja endividado, veja se é possível trocar uma dívida cara por uma mais barata, como a dívida do cartão de crédito, que possui uma alta taxa de juros rotativos, por um empréstimo. O importante é avaliar os valores, prazos e as taxas de juros do novo débito, que precisa ser menor do que as dívidas atuais do cartão de crédito rotativo ou cheque especial”, aponta o CEO da CredFácil.

  • Estabeleça metas financeiras

Após compreender as suas finanças, é hora de estabelecer metas financeiras para o fim do ano. Por exemplo, você pode se propor a pagar uma dívida, economizar para uma viagem ou investir para o futuro.

  • Reduza os gastos

Uma das principais maneiras de terminar o ano com as contas no azul é reduzir os gastos. Para tal, você pode começar a cortar gastos supérfluos, como refeições fora de casa, delivery, compras por impulso e assinaturas de serviços que não utiliza.

  • Aumente as receitas
Leia mais  Projeção do PIB sobe com melhora da economia

Se você não conseguir reduzir os gastos o suficiente, pode tentar aumentar as receitas. Você pode procurar um novo emprego, fazer uma renda extra, por exemplo, vendendo produtos ou serviços online, entre outras alternativas.

  • Planeje-se para o futuro

O fim do ano é um bom momento para começar a planejar o futuro financeiro. Isso pode ajudar a alcançar metas, reduzir riscos e ter mais tranquilidade. Com esse intuito, você pode utilizar serviços financeiros adequados para cada objetivo, como empréstimos para projetos de curto prazo, financiamentos para projetos de longo prazo e seguros para proteger seu patrimônio. Além disso, é importante começar a investir para a aposentadoria ou pagamento da educação dos filhos, por exemplo.

“Para concluir, é importante lembrar que o controle financeiro é um processo contínuo e que pequenas ações fazem uma grande diferença. Construindo uma maturidade financeira, você estará no caminho certo para alcançar seus objetivos”, finaliza Oliveira.


Leia mais  Banco Inter atinge 3,3 milhões de correntistas e segue crescendo
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

44% dos Brasileiros têm contas em atraso, aponta pesquisa

Guia do Investidor

Conta de água vai subir no Governo Lula, com mais impostos

Guia do Investidor

7 dicas para quem começou o ano endividado

Guia do Investidor

Só 30% dos brasileiros se prepararam para as despesas de 2024

Guia do Investidor

Preparando as finanças para 2024

Guia do Investidor

Dicas para casais: como planejar o orçamento para as festas de fim de ano

Autor Convidado

Deixe seu comentário