Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Ações da BRF disparam e impulsionam setor de frigoríficos

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A BRF lidera as altas no mercado acionário, impulsionando o setor de frigoríficos, enquanto a Braskem registra a maior perda após rebaixamento.

As ações da BRF tiveram um desempenho positivo nesta quarta-feira, impulsionando outras empresas do setor de frigoríficos.

A expectativa em relação ao follow-on da empresa favoreceu o avanço de sua ação, que subiu 10,28% e alcançou o valor de R$ 9,87, liderando as maiores altas do Ibovespa. Além da BRF, as ações da MRFG3 também apresentaram ganhos, com um aumento de 4,92%, atingindo o valor de R$ 7,47.

Já as ações da JBSS3 subiram 3,65% e chegaram a R$ 18,18. No entanto, nem todas as empresas tiveram resultados positivos, como a Braskem, que registrou uma perda de 4,42% após um rebaixamento de recomendação pelo JP Morgan.

BRF lidera altas no mercado acionário e impulsiona setor de frigoríficos; Braskem enfrenta perda após rebaixamento

Nesta quarta-feira, as ações da BRF apresentaram um desempenho positivo no mercado acionário, impulsionando não apenas a própria empresa, mas também outras companhias do setor de frigoríficos. A expectativa em relação ao follow-on da BRF contribuiu para um avanço de 10,28% em sua ação, que atingiu o valor de R$ 9,87, liderando as maiores altas do Ibovespa.

Leia mais  Veja as 10 ações que mais valorizaram em fevereiro

Além da BRF, outras empresas do setor também foram beneficiadas. As ações da MRFG3 registraram um ganho de 4,92%, alcançando o valor de R$ 7,47, enquanto as ações da JBSS3 subiram 3,65% e chegaram a R$ 18,18. Esses resultados positivos refletem a confiança dos investidores no segmento de frigoríficos.

No entanto, nem todas as empresas tiveram um dia favorável. A Braskem, por exemplo, enfrentou uma perda significativa de 4,42% em suas ações. Essa desvalorização foi resultado de um rebaixamento da recomendação do papel pelo JP Morgan, que passou de overweight (equivalente a compra) para neutra. Esse acontecimento teve impacto direto no desempenho da Braskem no mercado financeiro.

As ações de outras empresas também apresentaram variações negativas. A AZUL4 registrou um recuo de 3,12%, alcançando o valor de R$ 20,47, enquanto a RAIZ4 cedeu 2,72% e chegou a R$ 4,29.

É importante notar que, mesmo com o avanço das commodities, as blue chips não conseguiram acompanhar avalorização. As ações da PETR3 registraram uma leve queda de 0,03%, chegando a R$ 33,74, enquanto as ações da PETR4 tiveram uma queda um pouco mais expressiva, de 0,13%, atingindo R$ 30,11. Já as ações da VALE3 apresentaram uma desvalorização de 0,88%, alcançando o valor de R$ 65,32.

Leia mais  Bolsas de NY fecham em alta apesar de preocupações com First Republic Bank

No segmento bancário, os principais bancos tiveram resultados mistos. Enquanto as ações do SANB11 registraram uma queda de 1,43%, chegando a R$ 30,33, as ações do BBAS3 baixaram 0,66%, atingindo R$ 49,74. Por outro lado, as ações do BBDC3 tiveram um leve ganho de 0,14%, chegando a R$ 14,69, assim como as ações do BBDC4, que apresentaram uma alta de 0,18% e alcançaram R$ 16,57. As ações do ITUB4 também tiveram um desempenho positivo, com um ganho de 0,87%, chegando a R$ 29,03.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais  Entrada de capital externo é o menor em 15 anos no Brasil

Leia mais

Ibovespa abre em queda generalizada e ativos ficam no estável

Paola Rocha Schwartz

Ibovespa abre em alta com amplo ganho de Petrobras e Eletrobras

Paola Rocha Schwartz

“Aqui o Beach Tennis é na praia de verdade”, Paes ironiza “Faria Limers”

Márcia Alves

Criação de nova Bolsa de Valores no Brasil é aprovada no RJ

Márcia Alves

Ibovespa abre hoje com alta impulsionado por Vale, B3 e Petrobras

Paola Rocha Schwartz

Incertezas econômicas impactam investimento estrangeiro no BR

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário