Guia do Investidor
Fonte/Reprodução
Notícias

Ações da Rivian caem 8%: a culpa é da Ford

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

  • As ações da Rivian Automotive Inc. caem aproximadamente 6% hoje, atingindo um novo nível mais baixo.
  • Atualmente, as ações da Rivian estão sendo negociadas a US$ 9,67, refletindo uma tendência de baixa de quase 60% no ano.
  • O setor de veículos elétricos enfrenta desafios significativos, incluindo concorrência intensa e desaceleração da demanda.
  • A Amazon.com Inc., principal acionista da Rivian com 158,4 milhões de ações, também registra perdas devido à queda das ações da Rivian.
  • O mercado de ações em geral está volátil, com o Nasdaq registrando um fechamento recorde em três semanas, enquanto o Dow Jones caiu significativamente na quarta-feira.

A Rivian Automotive Inc. enfrenta uma forte queda no valor de suas ações hoje (11), com um declínio de aproximadamente 6%, aproximando-se de um novo mínimo histórico.

Leia mais  IRBR3 tem queda de 92% nos lucros

No momento, as ações da empresa estão sendo negociadas a US$ 9,67, refletindo uma tendência de baixa que já levou a uma diminuição de quase 60% no valor das ações da Rivian este ano.

O setor de veículos elétricos, onde a Rivian está inserida, está passando por dificuldades significativas devido à concorrência acirrada e à desaceleração da demanda. Esses desafios estão exercendo pressão considerável sobre o valor das ações das empresas do setor.

A Amazon.com Inc., principal acionista da Rivian com 158,4 milhões de ações, também está sofrendo com essa queda. O valor da participação da Amazon na companhia diminuiu quase US$ 2,2 bilhões este ano, destacando as dificuldades enfrentadas pela empresa de veículos elétricos.

Enquanto isso, o mercado de ações em geral está mostrando sinais de volatilidade. Embora o Nasdaq tenha registrado seu primeiro fechamento recorde em três semanas, o Dow Jones caiu significativamente na quarta-feira.

Essa instabilidade reflete a incerteza e a competição acirrada no mercado de veículos elétricos e em outros setores, onde as empresas estão sujeitas a mudanças rápidas nas condições do mercado e nas percepções dos investidores.

Leia mais  Ferbasa compra 45% de empresa do grupo Auren Energia

Fator Ford

A queda nas ações da Rivien, ocorrre no momento em que a Ford corta os preços de seu carro totalmente elétrico F-150 Relâmpago picapes em até US$ 5.500, de acordo com Carros Diretos, que citou um memorando enviado às concessionárias Ford.

O F-150 Lightning totalmente elétrico da Ford compete com o R1T da Rivian, embora o F-150 seja um veículo maior.

A Ford vendeu 7.743 Lightnings no primeiro trimestre de 2024, abaixo dos 11.905 no quarto trimestre de 2023. Já a Rivian vendeu 13.588 veículos no primeiro trimestre, abaixo dos 13.972 no quarto trimestre. A Rivian não fornece números de vendas para os seus três modelos: uma picape, um SUV e as vans de entrega vendidas à Amazon.

Movimentos

Em março deste ano, as ações da Rivian fecharam mais de 2% em alta, com o lançamento seu SUV R2 mais barato acumulando dezenas de milhares de reservas poucas horas após seu lançamento, alimentando o otimismo de que a fabricante de veículos elétricos poderia se expandir no segmento de mercado de massa.

Leia mais  As melhores ações para Janeiro: Confira as indicações do Santander

A expectativa naquele momento era a pausa em sua fábrica na Geórgia gerasse economias adicionais de mais de US$ 2,25 bilhões para a empresa em comparação com sua previsão anterior. Além de acelerar as entregas do R2 para o primeiro semestre de 2026.

“Aliviando a pressão considerável para levantar capital no curto prazo”

Fundamentou Emmanuel Rosner, analista do Deutsche Bank à Reuters.

A redução de custos deixará a empresa com dinheiro suficiente em mãos durante o início da produção do R2.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Mercado brasileiro fecha em queda moderada

Rodrigo Mahbub Santana

Ações da 3R Petroleum disparam com fusão com Enauta

Márcia Alves

Stone supera expectativas no 1º trimestre de 2024

Rodrigo Mahbub Santana

Azul aprova recompra de ações de até 1,3 milhão 

Márcia Alves

Amazon: empresa faz lição de casa e aumenta os lucros

Guia do Investidor

Deixe seu comentário