Guia do Investidor
fundos imobiliarios GDI
Recomendações

Ainda dá tempo: confira os melhores FIIs para comprar em Dezembro

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Com o ano de 2023 se aproximando do fim, investidores ainda têm a oportunidade de calibrar seus investimentos em fundos imobiliários (FIIs), um segmento que mostrou resiliência e oportunidades de crescimento apesar de um cenário econômico flutuante. O Santander, uma das principais instituições financeiras atuantes no Brasil, realizou ajustes importantes em sua carteira de FIIs, refletindo uma estratégia cuidadosa e orientada ao mercado.

O índice Ifix, referência para o setor de FIIs na B3, voltou a exibir alta, porém a carteira recomendada do Santander não sofreu grandes mudanças. O ajuste mais notável foi o aumento da exposição no segmento logístico, em particular no FII Vinci Logística (VILG11). Flávio Pires, analista do banco, destaca o portfólio diversificado do fundo, com 15 galpões logísticos em localidades estratégicas e ainda pouco exploradas, como Pernambuco, Pará e Espírito Santo.

EmpresaTickerSegmentoPesoRetorno com Dividendos (12m)
BTG Pactual LogísticaBTLG11Logístico10,0%9,5%
Vinci LogísticaVILG11Logístico8,0%8,5%
RBR Alpha Fundos de FundosRBRF11Fundos de fundos9,5%9,0%
VBI CRICVBI11Recebíveis7,0%11,8%
CSHG Recebíveis ImobiliáriosHGCR11Recebíveis10,0%11,6%
Kinea Rendimentos ImobiliáriosKNCR11Recebíveis5,0%11,2%
Mauá Capital Recebíveis Imob.MCCI11Recebíveis10,0%11,5%
RBR Rendimentos High GradeRBRR11Recebíveis4,0%10,5%
Santander Renda de AluguéisSARE11Híbrido5,0%10,8%
TRX Real EstateTRXF11Híbrido5,0%10,3%
XP MallsXPML11Shoppings12,5%10,3%
Vinci OfficesVINO11Escritórios9,0%9,2%
HSI MallsHSML11Shoppings5,0%9,8%

Em contrapartida, o Santander Renda de Aluguéis (SARE11) teve sua exposição reduzida devido à baixa liquidez no mercado secundário e desafios com desocupações no edifício WT Morumbi, seu principal ativo. Esse movimento reflete a necessidade constante de rebalanceamento e reavaliação de ativos dentro de uma carteira de fundos imobiliários.

A composição da carteira do Santander permanece diversificada, com 36% em ativos de recebíveis imobiliários, 18% no segmento logístico/industrial e 17,5% em shoppings/varejo. Também há alocações significativas em fundos híbridos (10%), fundos de fundos (9,5%) e escritórios (9,0%).

Apesar dessas estratégias, a carteira do banco não conseguiu superar o Ifix em novembro, registrando perdas de 0,18% contra uma alta de 0,66% do índice. No acumulado do ano, a carteira teve um salto de 8,77%, ainda assim, abaixo do desempenho do índice setorial, que foi de 10,79%.

Dentre os 13 fundos imobiliários recomendados para o mês, destaca-se o BTG Pactual Logística (BTLG11) com um peso de 10,0% e um retorno com dividendos de 9,5% nos últimos 12 meses. Outros fundos com desempenho notável incluem o Vinci Logística (VILG11), o RBR Alpha Fundos de Fundos (RBRF11) e o CSHG Recebíveis Imobiliários (HGCR11), cada um apresentando retornos sólidos e consistentes.

Essas recomendações refletem uma visão ampla do mercado imobiliário, considerando diferentes segmentos e estratégias de investimento. O cenário atual sugere que, apesar dos desafios, o setor imobiliário continua sendo uma área promissora para investidores que buscam diversificação e renda passiva através de fundos imobiliários.

Para investidores que ainda estão ponderando ajustes em suas carteiras de FIIs antes do término de 2023, a orientação é a de analisar cuidadosamente o desempenho histórico dos fundos, a qualidade de seus ativos e as tendências do mercado imobiliário. A escolha criteriosa de FIIs pode levar a uma melhor performance e, potencialmente, a retornos mais atraentes.

Você quer começar a investir na bolsa de valores?

Você possui o desejo de começar sua carreira como investidor? Apesar de parecer complicado, se tornar um “frequentador” da bolsa de valores é mais fácil do que você imagina!

Aqui no Guia do Investidor, nós oferecemos uma ampla seleção de análises, recomendações e indicações de preços-alvo para as principais ações e ativos da bolsa de valores brasileira para você começar a entender todos os caminhos que separam você dos grandes lucros! Nossa equipe de especialistas está sempre atenta ao mercado, identificando as melhores opções e recomendações para você ampliar e diversificar sua carteira.

Se você não sabe por onde começar, pode seguir as 5 dicas que selecionamos para você dar seus primeiros passos na bolsa de valores:

Entendemos que cada investidor tem suas próprias metas e tolerância ao risco. Por isso, oferecemos uma variedade de recomendações que se enquadram em diferentes perfis e objetivos. Seja você um investidor conservador, moderado ou agressivo, encontrará em nosso site análises detalhadas e recomendações fundamentadas para auxiliar em suas decisões de investimento.

Além disso, sabemos que o mercado financeiro é dinâmico e as oportunidades podem surgir a qualquer momento. Por isso, atualizamos constantemente nossas recomendações para que você possa aproveitar as melhores oportunidades assim que elas aparecem.

Para conferir as últimas análises e recomendações do mercado, basta clicar aqui.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Fundo Imobiliário MXRF11 anuncia novo pagamento de dividendos

Mateus Sousa

TRXF11: FII realiza venda estratégica de 8 lojas do Assaí

Mateus Sousa

ZAVI11: FII anuncia a venda de galpão logístico no RS

Guia do Investidor

Itaú lança Carteira Automatizada de Fundos Imobiliários

Guia do Investidor

Queda da Selic tem efeito positivo para fundos imobiliários

Guia do Investidor

Lucro de R$ 30 por Cota? Descubra o FII do momento

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário