Guia do Investidor
banco do brasil GDI
Notícias

Banco do Brasil (BBAS3) anunciou novo desdobramento de ações

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O Banco do Brasil (BBAS3) autorizado pelo Banco Central em 3 de abril, anunciou novo desdobramento (split) de 100% de suas ações. Esta decisão está alinhada com a alteração estatutária aprovada em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) em 2 de fevereiro de 2024.

“O desdobramento promoverá ajuste na cotação das ações do banco negociadas na B3, medida que poderá resultar no aumento da liquidez do papel, tornando-o mais acessível, principalmente aos pequenos investidores”, informou o banco em proposta da administração para a AGE.

Em 7 de fevereiro, a ação do BB alcançou sua máxima histórica, atingindo R$ 59,57. Hoje, está em R$ 58,63. Com o desdobramento na proporção de 2 para 1, mantendo-se nesse patamar, passaria a ser negociada pela metade do valor, ou seja, R$ 29,31, a partir de 16 de abril.

Leia mais  Elo e Banco do Brasil criam cartão de crédito 100% digital, desenhado para experiências de compra ágeis e seguras

Dessa forma, o Banco do Brasil concederá uma nova ação para cada ação existente, sem alterações no patrimônio do banco ou na participação dos investidores.

O desdobramento dividirá o capital social do BB em 5,73 bilhões de ações ordinárias sem valor nominal. E ocorrerá em 15 de abril de 2024, refletindo-se nas negociações a partir de 16 de abril de 2024.

Perspectivas sobre as ações BBAS3

O Santander atualizou suas perspectivas sobre as ações do BB, mantendo recomendação de compra para BBAS3 e elevando o preço-alvo para R$ 85, um aumento de 13,33%. Se concretizado, representará uma valorização de 51%.

A previsão de um lucro líquido superior às estimativas anteriores para este ano, juntamente com um menor custo de capital próprio, impulsiona o otimismo do Santander em relação ao BBAS3.

“O Banco do Brasil está atualmente negociando a um múltiplo P/VPA de 0,84x, abaixo do árduo período de 2015-16, momento em que o ROE atingiu o patamar de 7,5% (2016). Em termos comparativos, o ROE do BB em 2023 foi de 22%. Dessa forma, por muito que compreendamos o risco político por ser uma companhia estatal, acreditamos que ainda existe um risco assimétrico para cima em seu valuation”, afirmam analistas do Santander.

Os desdobramentos tornam os preços mais acessíveis a uma ampla gama de investidores, incluindo aqueles com pequenos montantes iniciais. Além disso, o evento gera notícias que aumentam o interesse pelo papel e atraem mais investidores.

Leia mais  Banco do Brasil (BBAS3) abre inscrições para 2ª edição do Stream Battle BB

Em suma, tem como finalidade aumentar o número de títulos e diminuir o seu preço.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Ibovespa encerra em alta de 0,15% após seis dias de queda

Rodrigo Mahbub Santana

Destaques da Temporada de Dividendos

Rodrigo Mahbub Santana

Bancos já doaram R$126 milhões ao RS

Rodrigo Mahbub Santana

Banco do Brasil anunciou distribuição de 2,6 bilhões em dividendos

Paola Rocha Schwartz

CSN Cimentos avança na aquisição da InterCement

Rodrigo Mahbub Santana

Mercado Oscila: alta do minério impulsiona Vale e Fusão Azul-Gol avança

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário