Guia do Investidor
crowdfunding
Notícias

Empresas apostam em crowdfunding para viabilizar investimentos

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O financiamento coletivo (crowdfundingé uma das formas mais modernas de captação de recursos para tirar grandes projetos do papel, com mais flexibilidade do que as maneiras tradicionais de financiamento. O crowdfunding é uma evolução da famosa “vaquinha”, que, agora, é potencializada por plataformas online visando o ganho coletivo e algum retorno para a sociedade, indo além dos lucros dos próprios investidores.

Um exemplo bem-sucedido dessa modalidade foi o financiamento coletivo do edifício Lúcio Soares, da construtora e incorporadora RL Costa, condomínio do bairro Santo Antônio, em Belo Horizonte. O crowdfunding foi feito em parceria com a plataforma da fintech Vangardi Investimentos e, em menos de 3 horas, foram captados R$ 824 mil para viabilização do projeto.

Recentemente, a construtora optou por quitar o pagamento para seus investidores antecipadamente. O retorno para os investidores foi feito em maio, um mês antes do vencimento da aplicação de 18 meses. O rendimento do empreendimento foi de 12% ao ano, mas para quem optou pela modalidade bullet, em que recebe o valor do seu investimento com o rendimento ao final do prazo, seu capital rendeu 17,42% bruto em 17 meses.

“O objetivo do crowdfunding é desburocratizar investimentos para pessoas que não são habituadas ao mercado financeiro tradicional”, explica Renato Costa.

Segundo o CEO da Vangardi, Rodrigo Oliveira, o objetivo é dar acessibilidade a investimentos específicos da Economia Real.

“Entre as vantagens do investimento coletivo, temos o alto retorno e a possibilidade de investir com pouco capital em empresas sólidas do mercado”

acrescenta.

Dessa forma, o crowdfunding é perfeito para pequenos, médios e grandes investidores. Na Vangardi, por exemplo, é possível alocar recursos a partir de R$1 mil em oportunidades com alto retorno.

“O importante é que as empresas envolvidas sejam transparentes e corretas com os investidores, disponibilizando, por exemplo, relatórios frequentes de acompanhamento”

conclui Rodrigo.
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Negativação do nome é o maior obstáculo ao crédito

Guia do Investidor

Financiamento à geração distribuída ganha força no país

Guia do Investidor

Selic em alta torna consórcio imobiliário mais vantajoso que financiamento

Autor Convidado

Por que os microempresários estão precisando cada vez mais de financiamento?

Guia do Investidor

Nova resolução de crowdfunding busca melhorar o regime informacional

Guia do Investidor

Ampliar prazo de Financiamento do Casa Verde Amarela é uma medida simples que ajuda na recuperação do crescimento econômico brasileiro

Autor Convidado

Deixe seu comentário