Guia do Investidor
DE CADA 10 EMPRESAS ABERTAS EM ALAGOAS EM 2020 OIT0030100100 xs
Colunistas

Sua empresa só precisa de dinheiro para crescer? Eu duvido!

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Crescer se tornou mandatório para muitas empresas brasileiras, afinal, com a concorrência, estar em constante evolução é necessário para não sucumbir. O reflexo disso para os empresários foi buscar capital para financiar esse desenvolvimento. E pasmem: no Brasil ainda há muitos setores que vivem do crédito oferecido pelos bancos. O mercado de capitais ainda não é acessado por todos. No entanto, o dinheiro deixou de ser o único ativo importante para o crescimento, atualmente.

Você já ouviu falar do smart money? Se não, conhecê-lo é fundamental para que sua empresa continue tendo sucesso. Mais do que o investimento em si é importante que esse dinheiro venha com alguns ativos adicionais que podem agilizar o desenvolvimento do seu negócio, como: inteligência de mercado, networking, disponibilidade do investidor para oferecer consultoria aos sócios sempre que necessário para lidar com desafios do dia a dia, entre outros.

Há um entendimento de mercado que smart money é algo aplicável apenas a startups que buscam a escalabilidade. Porém, engana-se quem pensa assim. O dinheiro inteligente também é válido para mercados mais tradicionais, em que o proprietário – que trabalhou por 15, 20 anos para a sua empresa avançar – precisa de visão mais ampliada das possibilidades de negócios para fazer sua empresa crescer. Essas estratégias de crescimento podem incluir fusões e aquisições, por exemplo.

Leia mais  Citi contrata chefe de investimentos do JP Morgan

middle market vem descobrindo as fusões e aquisições como caminhos sustentáveis para avançar no market share, mas desconhecem os meandros para efetivar negociações que de fato vão fazer seus negócios ganharem corpo de maneira efetiva e que gerem os resultados esperados. É importante saber que há série de riscos envolvidos nesses processos e ter a inteligência de experts pode ser essencial pra dar o passo correto rumo ao desenvolvimento do negócio.

Porém, um dos pontos que vem inviabilizando a adoção dessa estratégia é o fato de muitas empresas ainda engatinharem em governança corporativa, que simplificando: são as práticas, processos e regras pelas quais uma empresa é gerida, garantindo transparência e precisão em suas ações. Muitas não dão a devida atenção a esse aspecto e assim ficam longe de acessar linhas de crédito ofertadas pelo mercado de capitais, que atualmente tem disponível cerca de R$ 210 bilhões para investir.

Com tudo isso você está pronto para compreender que o dinheiro por si só não garante o sucesso de uma corporação. Ou o empresário entende que é preciso buscar o smart money para crescer ou vai ter dias turbulentos pressionado pela concorrência e pela falta de recursos mais baratos para viabilizar seu plano de expansão. Ainda assim, se o dinheiro estiver disponível à empresa – que pode ser a sua – sem a devida organização, a falta de uma gestão moderna e perspicaz pode levar essa instituição à quebra.

Leia mais  Pelo terceiro ano consecutivo, TecBan mantém classificação ‘brAA’ em avaliação da Standard & Poors

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

Por Rodolfo Oliveira, CEO da XR Advisor


Leia mais  Plano&Plano (PLPL3) - Prévia operacional do 3T23 aponta novo recorde com R$ 638 milhões em vendas líquidas

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Faturamento das PMEs brasileiras tem alta de 17% em fevereiro

Guia do Investidor

Ambipar (AMBP3) anuncia desempenho recorde

Guia do Investidor

WhatsApp é uma boa ferramenta de comunicação com empresas

Guia do Investidor

Crescimento estável marca a economia brasileira em 2023

Autor Convidado

A diferença entre CEO, fundador e time fundador em uma startup

Guia do Investidor

Suzano (SUZB3) anuncia novo CEO

Mateus Sousa

Deixe seu comentário