Guia do Investidor
agencia brasil170912 mca7694
Agência Brasil Notícias

Aneel aprova aumento médio de 12% em São Paulo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (28) o reajuste tarifário das contas de luz deste ano da Enel Distribuição São Paulo. Os novos valores entrarão em vigor a partir de 4 de julho para os 24 municípios da área de concessão da distribuidora, que  atende cerca de 7,6 milhões de unidades consumidoras no estado.

O aumento médio para o consumidor será de 12,04%, sendo 18,03% para alta tensão e 10,15% para baixa tensão. Segundo a , os consumidores de baixa tensão são, na maioria, clientes residenciais. Já os clientes de média e alta tensão são, em geral, indústrias e grandes comércios.

De acordo com a Enel, os principais fatores que influenciaram o aumento foram a , além dos encargos setoriais, como a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), e os custos de compra de energia durante a crise hídrica de 2021. Ainda segundo a empresa, o aumento das tarifas seria de 27,64%, se não houvesse um “esforço de redução” por meio de medidas do governo federal e da companhia.

Leia mais  Câmara do DF aprova redução na alíquota do ICMS para combustível

Bandeiras tarifárias

Na semana passada, a Aneel aprovou reajuste das bandeiras tarifárias, que incidem na conta de luz em caso de escassez hídrica ou qualquer fator que aumente o custo de produção de eletricidade. Os aumentos irão de 3,2% a 63,7%, dependendo do tipo da bandeira.

No entanto, neste momento, os aumentos não tornarão as contas de luz tão caras porque, desde abril, a bandeira tarifária está verde, quando não ocorre cobrança adicional. Os valores entrarão em vigor em 1]º de julho e serão revisados em meados de 2023.

Fonte: Agência Brasil

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no : abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Pagamentos com cartões crescem 36,5% no primeiro semestre

Agência Brasil

IBGE: vendas no varejo caem 1,4% em junho

Agência Brasil

Caixa lança o Caixa pra Elas, com foco em combate a violência doméstica e empreendedorismo feminino

Agência Brasil

Guedes diz que desemprego cairá para 8% antes do fim do ano

Agência Brasil

Salário mínimo em 2023 deverá ser de R$ 1.294

Agência Brasil

BNDES e BID vão avaliar projetos viáveis na área de saneamento

Agência Brasil

Deixe seu comentário