Guia do Investidor
agro soja 1024x640 1
Notícias

Argentina: Agronegócio pode ter forte expansão no Governo Milei

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

CEO da Bioceres destaca aumento do poder de compra dos agricultores argentinos sob a gestão de Milei, impulsionando otimismo e investimentos no setor agrícola.

A empresa argentina de ciências agrícolas, Bioceres, vê um cenário promissor para o agronegócio em meio à gestão de Milei. Com a desvalorização do peso e políticas pró-mercado, o poder de compra dos agricultores aumentou, impulsionando investimentos em tecnologia agrícola. O CEO da Bioceres, Federico Trucco, ressalta que a mudança de mentalidade dos agricultores está refletindo em ganhos para a empresa. Embora haja preocupações com a sobrevalorização da moeda, a perspectiva é positiva, alinhada com otimismo expresso por outras empresas do setor, como Cresud.

Bioceres vislumbra oportunidades no cenário agrícola argentino sob a gestão pró-mercado de Milei

A Bioceres, empresa de ciências agrícolas da Argentina, está otimista em relação ao futuro do agronegócio em seu país sob a gestão de Javier Milei. Com a desvalorização do peso argentino em 54%, as receitas dos agricultores vinculadas ao dólar dos Estados Unidos aumentaram significativamente, impulsionando seu poder de compra e incentivando investimentos no setor.

Leia mais  Agronegócio brasileiro já vale "uma Argentina": safra recorde é esperada para 2023

Em uma entrevista à Bloomberg News, o CEO da Bioceres, Federico Trucco, destacou o impacto positivo dessa mudança política no setor agrícola. Ele observou que o aumento do poder de compra dos agricultores está levando a uma mudança de mentalidade, com mais investimentos em tecnologia agrícola, como sementes, pesticidas e fertilizantes fornecidos pela Bioceres.

Trucco ressaltou que a empresa registrou resultados trimestrais superiores às estimativas dos analistas, refletindo o otimismo e os investimentos crescentes no setor. Apesar das flutuações no mercado de ações, as perspectivas para o setor agrícola argentino permanecem positivas.

Outras empresas do setor também expressaram otimismo. A Cresud, uma empresa agrícola argentina, destacou durante uma teleconferência de resultados que a desvalorização do peso e as políticas pró-mercado estão fortalecendo os balanços dos agricultores, combinadas com melhores condições climáticas.

Embora alguns agricultores tenham expressado preocupações com tentativas anteriores de Milei de aumentar os impostos sobre exportações, o clima geral é de otimismo. Trucco enfatizou que a mudança de governo, aliada às políticas favoráveis ao mercado, está impulsionando ações concretas por parte dos agricultores, como aumento de compras de insumos agrícolas e expansão de áreas plantadas.

Leia mais  Preso por comprar dólar? Governo Argentino quer usar força policial para "controlar alta do dólar"

Argentina atinge superávit com apenas 2 meses de governo Milei

Sob a liderança do presidente Javier Milei, o governo argentino anunciou um feito significativo em suas finanças: o primeiro superávit fiscal mensal em mais de uma década.

Esse marco foi alcançado em janeiro, com um saldo positivo de cerca de 589 milhões de dólares, resultado de medidas rigorosas de contenção de gastos. Esta conquista é notável em um país que historicamente enfrentou déficits fiscais persistentes.

Milei e sua administração estão empenhados em atingir o déficit zero como prioridade máxima, buscando assim estabilizar a economia argentina. No entanto, o país enfrenta desafios consideráveis, incluindo uma alta taxa de inflação, que atingiu 20,6% em janeiro, e uma alarmante taxa de pobreza de 45%.

Apesar desses obstáculos, Milei expressa otimismo em relação à recuperação econômica, prevendo um retorno ao crescimento em cerca de três meses. Ele atribui essa expectativa à flexibilização das restrições cambiais e ao potencial de uma economia mais aberta.

Leia mais  Clima deve impactar preço dos alimentes este ano, diz especialista

O sucesso do superávit fiscal em janeiro representa um passo positivo em direção à estabilidade econômica na Argentina, embora o país ainda enfrente desafios consideráveis em seu caminho para a prosperidade sustentável.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Musk e Milei se encontram nos EUA

Márcia Alves

Investidores buscam pagamento de US$ 16 mi em títulos soberanos argentinos

Rodrigo Mahbub Santana

Argentina progrediu de forma impressionante com governo Milei

Paola Rocha Schwartz

Milei quer demitir 70 mil funcionários públicos

Rodrigo Mahbub Santana

Após um corte inesperado, títulos argentinos subiram quase 3%

Márcia Alves

Risco Argentina cai 848 pontos sob gestão de Milei

Guia do Investidor

Deixe seu comentário