Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Bancos diminuem juros para empréstimos

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Os Bancos diminuem juros e há quem diga que o país está indo de mau a pior! Os resultados da recuperação do país começam a se tornar visíveis e encher de esperança a população Brasileira.

Seguindo a tendência de cortes da Selic, os bancos resolveram diminuir os juros dos seus empréstimos. Dessa forma, eles pretendem tornar os empréstimos mais acessíveis aos seus usuários.

Selic pode ir a 4% nos próximos meses

Assim, diversas categorias de linhas de crédito sofrerão esse corte e trarão maiores oportunidades. Então vamos saber mais sobre o assunto e entender o que irá mudar com esse novo cenário oferecido pelos bancos.

Diversos bancos diminuem juros

A fim de melhorar as condições de empréstimos e da linha de crédito os bancos decidiram reduzir os juros. Desse modo, o Banco do Brasil (BBAS3), o Itaú (ITUB4) e o Bradesco (BBDC4) decidiram efetuar essa operação.

Isso visa seguir a linha do Banco Central (BC) que efetuou o corte da taxa Selic, que chegou aos 4,50%. Então, o Banco do Brasil (BBAS3) irá reduzir as taxas dos seguintes itens:

  • Linhas de crédito automático e de renovação: 2,87%
  • Crediário: 3,11% por mês
  • Home equity: 1,30% ao mês, sendo 1,68% de máxima
  • Financiamento dos veículos: 0,60% em carros novos
  • Títulos para empresas: 1,04%
  • Cheques: 1,23%
  • Linhas do capital de giro: 1,22%
  • Pecuária: 0,62%
Leia mais  Bolha? Ações de empresas americanas vão de mal a pior

Já o Itaú (ITUB4) efetuou a aplicação esse corte da taxa Selic em suas taxas para empréstimo pessoal, tais como:

  • Pessoas físicas
  • Capital de giro
  • Empresas

Enquanto que o banco Bradesco (BBDC4) também irá reduzir os juros que estão relacionados as suas linhas de crédito. Entretanto, ainda não foram definidos quais são os produtos que apresentarão a diminuição das suas taxas.

Em 2020, Bradesco fechará 300 agências

Então, como podemos verificar os empréstimos serão um pouco mais facilitados e isso inclui pessoas e empresas. Atualmente no país temos vivido um cenário onde os juros estão em queda e a taxa Selic também.

Com isso, os investimentos em renda fixa deixaram de ser atraentes e muitas pessoas estão ingressando em renda variável. Consequentemente os bancos estão tentando se adequar oferecendo taxas mais atrativas.


Leia mais  3 Dicas para investir o dinheiro da restituição do Imposto de Renda
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Deterioração da economia deve parar queda da Selic

Márcia Alves

Brasil registra mais um déficit em conta corrente

Márcia Alves

Número de empresas pedindo recuperação judicial é o maior em 6 anos

Márcia Alves

Irresponsabilidade Fiscal no Governo e mais: confira o resumo do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Economistas estão preocupados com crescente inflação no Brasil

Paola Rocha Schwartz

Moody’s revisa Rating da Jalles Machado: Destaques e Desafios

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário