Guia do Investidor
image 327
Notícias

Conservador, moderado ou arrojado: qual é o meu perfil de investidor

Identificar o próprio perfil auxilia na criação da  de investimentos

Saber identificar o próprio perfil de investidor é uma forma de garantir escolhas mais certeiras na hora de decidir como, quando e onde investir. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) exige, por meio da Instrução 539, que os distribuidores de produtos financeiros se certifiquem da compatibilidade entre investimentos e antes de realizar ofertas.

De acordo com a norma da CVM, os integrantes do sistema de distribuição de investimentos devem checar o alinhamento de produtos, serviços e operações à situação financeira, aos interesses e ao conhecimento da pessoa interessada em investir.

Ao abrir uma conta em uma plataforma de investimento, é esperado que o novo cliente responda um questionário a fim de identificar qual é o seu perfil de : conservador, moderado ou arrojado.

Segundo a Comissão, a identificação possibilita analisar a tolerância do investidor ao risco. Destacando que quanto maior a chance de retorno financeiro de um investimento, mais arriscado ele é, o órgão esclarece que conhecer o próprio perfil ajuda a nortear a escolha sobre quais aplicações devem ser realizadas.

Leia mais  Comprou ação do BB apostando em privatização? Leia isso

Regras adicionais

Em fevereiro deste ano, a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) publicou o documento Regras e Procedimentos de Suitability, que traz informações adicionais à instrução 539 da CVM. 

Elaborada em consonância com a Comissão, o documento detalha quais informações sobre os clientes devem ser coletadas pelas distribuidoras de produtos financeiros. Para informar o perfil do investidor com maior precisão, além da tolerância ao risco, é necessário avaliar a necessidade de liquidez.

Principais aspectos dos investimentos

A Anbima orienta que, antes de investir, é necessário compreender três aspectos fundamentais dos investimentos: segurança, e liquidez.

A segurança está relacionada ao risco de perda financeira inerente à aplicação. Como observa a CVM, investir implica riscos. Em geral, produtos financeiros com maior chance de rentabilidade são também mais propensos ao risco. 

É possível afirmar que quando se fala em investimento, a segurança e a rentabilidade são inversamente proporcionais. Já a liquidez significa a facilidade de resgatar o valor aplicado em espécie.

Como identificar o perfil de um investidor

Com base no conhecimento dos principais aspectos dos produtos financeiros, o investidor pode definir prioridades na hora de aplicar o e, assim, identificar qual é o seu perfil. 

  • conservador: prioriza a segurança em relação à rentabilidade. De acordo com a Anbima, quem também busca investimentos com maior liquidez deve ser considerado dentro desse perfil;
  • arrojado: é o oposto do conservador, uma vez que privilegia a possibilidade de um alto retorno financeiro independentemente dos riscos ou da liquidez;
  • moderado: busca conciliar os dois aspectos em busca de aumentar a chance de retorno financeiro, porém sem se arriscar demais.
Leia mais  Preço do café mais que dobrou no último ano e deve continuar subindo

Tanto a Anbima quanto a CVM orientam que o conceito de “perfil de investidor” auxilia a filtrar quais aplicações são mais compatíveis. No entanto, a regra não deve ser inflexível, uma vez que uma das principais estratégias do investidor é apostar na diversificação.

Na hora de criar uma , o ideal é usar o perfil como baliza para estabelecer proporções entre diferentes produtos financeiros — os títulos de , considerados mais conservadores, e os ativos de , divididos entre moderados e arrojados.

LULA OU ? Não corra o risco das eleições no : abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Desaceleração leva investidores para segmentos tradicionais, diz especialista

Guia do Investidor

Desaceleração leva investidores para segmentos tradicionais, diz especialista

Guia do Investidor

Desafios para investidores profissionais e amadores nos dias de hoje

Autor Convidado

Grupo Sabin anuncia novo investimento na startup Pickcells

Guia do Investidor

Número de mulheres que investem na bolsa de valores cresce mais de 700% em dez anos e ultrapassa 1,1 milhão

Guia do Investidor

Deixe seu comentário