Guia do Investidor
Ibovespa abre em alta novamente
Notícias

Copom, resultados, queda do varejo e mais: Confira o que afeta o Ibovespa nesta tarde

O tenta se descolar de NY, que recua com aversão ao risco em meio a tensões políticas e econômicas, de olho na visita da presidente da Câmara americana a Taiwan, contrariando advertências da . Há também expectativa a respeito das falas de membros do Fed ainda hoje.

image 6

O índice paulista subia de leve há pouco ajudado por Petrobras e bancos. Por aqui, além da queda de 0,4% da produção industrial em junho, o repercute a temporada de balanços.

Os destaques da

As do setor petrolífero sobem nesta manhã, apesar da oscilação da commodity. Com Campo de Búzios batendo recorde de produção em junho, Petrobras ON (PETR3) avança 0,44% (R$ 36,66) e Petrobras PN (PETR4) +0,36% (R$ 33,80). Petrorio (PRIO3) +0,51% (R$ 23,49), com início da operação no poço MUP3, no Campo de Frade. 3R Petroleum (RRRP3) recua 0,09% (R$ 32,37).

Olho varejo

As ações da Via (VIIA3) registram o pior desempenho do Ibovespa, recuando 2,87% (R$ 2,37), puxando o setor, que cai majoritariamente. Segundo , com o início da reunião do Copom, hoje, o setor tende a ficar mais volátil e antecipa a alta dos . O mau humor externo e os números da produção industrial, que mostraram queda da demanda, também pesam sobre o segmento. Há pouco, Magazine Luiza (MGLU3) perdia 1,47% (R$ 2,68); Alpargatas (ALPA4) -2,26% (R$ 20,72); Americanas SA (AMER3) -1,08% (R$ 13,74) e Lojas Renner (LREN3) -0,28% (R$ 25,27).

ajudam? Nem sempre

Os papéis da GetNet (GETT11) sobem 1,34% (R$ 4,55) neste início de tarde. A empresa de adquirência e pagamentos do Grupo Santander registrou lucro líquido de R$ 176 milhões entre abril e junho deste ano, valor 99% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado e 71% superior ao apurado no 1TRI. Confira abaixo o desempenho de demais que anunciaram após o fim do pregão de ontem seus destaques operacionais:

image 7
Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Ibovespa segue disparando e bate os 111 mil pontos

Leonardo Bruno

De volta aos 110 mil pontos: Confira os destaques da Bolsa hoje

Leonardo Bruno

Com deflação e resultados no Radar, Ibovespa começa a flertar com os 110 mil pontos

Leonardo Bruno

Em dia histórico de deflação, Ibovespa testa 109 mil pontos

Leonardo Bruno

Com Petrobras disparando, Ibovespa volta a fechar em alta aos 108.402,27 pontos

Leonardo Bruno

Ibovespa fecha último pregão da semana em alta; confira destaques

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário