Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Fintech vai dar empréstimo a MEI cobrando 1% ao mês

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Fintech Mutual pretende criar um tipo de rede solidária que irá auxiliar os pequenos empreendedores. Dessa forma, serão oferecidos alguns empréstimos aos MEIs cobrando apenas 1% todos os meses.

Assim, mediante a epidemia causada pelo coronavírus esse é um método de ajuda as pessoas que atuam nesse seguimento. Então vamos saber mais sobre o assunto e entender como a Mutual funciona.

Conheça a Mutual e sua campanha

De acordo com a Mutual que atua como fintech no mercado financeiro, será criada uma campanha solidária. Desse modo, o objetivo é auxiliar os empreendedores e autônomos a não serem prejudicados.

Pois, o coronavírus tem dificultado a vida de muitas pessoas e empresas que precisam de ajudar para não quebrar. Então, a Mutual pretende realizar a criação de uma rede de pessoas e fundos de investimentos.

Nesse sentido, isso será direcionado a ajudar os MEIs que necessitarem de apoio financeiro. Através de um aplicativo será possível um crédito de até R$ 1.000,00 para cada pessoa e somente 1% de juros.

Leia mais  Perdeu o prazo de adesão ao Simples Nacional? Veja como regularizar

Vale lembrar que essa empresa é líder no segmento de operações de crédito aqui no país. De fato, o financiamento desse crédito será feito por outras pessoas e fundos que estiverem utilizando o app Mutual.

Como funcionará a campanha?

O grande objetivo é justamente auxiliar as pequenas empresas e busca reunir pessoas dispostas a ajudar. O app se chama Mutual Invest e o investimento poderá ser feito com apenas R$ 100,00.

Ao todo poderá chegar a um valor de R$ 20 milhões que será emprestados aos empresários que atuam como MEI. Ou mesmo para os profissionais autônomos que precisarem de auxílio durante a crise do coronavírus.

Além disso, não existem restrições e qualquer pessoa poderá participar do processo e isso é muito importante. Os pequenos empresários que realizarem seu cadastro no app terão um crédito de R$ 1.000,00.

Nesse sentido, ele poderá ser solicitado e o pagamento do mesmo só será feito em até 90 dias. De fato, não há comissionamento com o serviço oferecido, pois as taxas dos juros são apenas 1%.

Leia mais  Bullla: BC autoriza fintech de empréstimos pessoais P2P

Ou seja, a plataforma está ajudando gratuitamente as pessoas que precisam alimentar as suas famílias. Para quem quiser participar basta acessar o site da Mutual clicando aqui.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Mercado Brasileiro: Ibovespa Sobe, Dólar em Alta com Fed

Rodrigo Mahbub Santana

Ibovespa fecha em queda de 0,31% após dia de volatilidade

Rodrigo Mahbub Santana

Incertezas econômicas abalam mercados dos EUA e do Brasil

Rodrigo Mahbub Santana

Saída recorde de capital estrangeiro abala mercado brasileiro

Rodrigo Mahbub Santana

Risco da sujeição do Presidente do BC ao presidente da República

Autor Convidado

Ibovespa cai com preocupações sobre inflação e novos líderes na Petrobras

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário