Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Itaúsa anuncia amortização antecipada de debêntures, reforçando estratégia de desalavancagem

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Itaúsa (ITSA4), holding que controla o Banco Itaú, comunicou ao mercado que realizará em 29 de setembro de 2023 a amortização antecipada facultativa de 60% das debêntures da 1ª série da 5ª Emissão. O desembolso total para esta operação será de aproximadamente R$ 1,6 bilhão. Este movimento se insere na estratégia de desalavancagem da companhia, envolvendo a utilização de recursos provenientes das alienações de ações da XP Inc.

A amortização antecipada é uma estratégia que busca a redução do endividamento, proporcionando uma estrutura de capital mais saudável e resiliente. Para a Itaúsa, essa operação significa uma aposta em sua saúde financeira, preparando o terreno para futuras oportunidades de investimento e desenvolvimento.

A decisão da Itaúsa de proceder com a amortização antecipada das debêntures vem em um contexto de volatilidade e incertezas no mercado financeiro global. Com a concretização dessa operação, a empresa reforça seu compromisso com a sustentabilidade financeira, ao mesmo tempo em que otimiza sua estrutura de capital.

A utilização de recursos oriundos das alienações de ações da XP Inc. para a amortização demonstra a capacidade da Itaúsa de gerenciar ativos e maximizar retornos. A XP Inc., uma das maiores empresas de investimentos do Brasil, tem apresentado sólido crescimento e expansão, o que, consequentemente, valoriza sua participação no mercado.

Carteira para Setembro

Investir no mercado financeiro é uma atividade que exige análise criteriosa, acompanhamento constante e uma estratégia bem definida. Uma das abordagens utilizadas por investidores é a montagem de uma carteira de ativos diversificada, que visa otimizar os ganhos e minimizar os riscos. Nesse contexto, a Carteira Mensal de Investimentos surge como uma ferramenta que oferece recomendações de ativos selecionados por analistas experientes. Um exemplo dessa abordagem é a “Carteira Santander Valor,” elaborada pela Santander Corretora, que reflete as principais recomendações dos analistas da instituição.

A Carteira Mensal de Investimentos é uma estratégia que envolve a seleção de um conjunto de ativos financeiros, como ações de empresas, com base em análises técnicas e fundamentais. Ela é atualizada regularmente, geralmente no início de cada mês, com o objetivo de proporcionar aos investidores recomendações alinhadas com as perspectivas econômicas e os movimentos do mercado.

Leia mais  Bolsa já negociou quase R$ 2,7 trilhões em 2019

Através da carteira, os investidores têm acesso a sugestões de alocação de recursos em diferentes ativos, proporcionando diversificação e uma exposição equilibrada a diferentes setores e segmentos da economia. Além disso, as carteiras mensais costumam incluir informações sobre o desempenho histórico dos ativos, estimativas para os próximos meses e eventuais trocas de ativos.

Carteira Santander Valor:

Um exemplo de Carteira Mensal de Investimentos é a “Carteira Santander Valor,” divulgada pela Santander Corretora. Essa carteira reflete as cinco principais recomendações dos analistas da instituição em determinado mês, com o objetivo de superar o índice Ibovespa a longo prazo. Ela busca maximizar o ganho de capital através de uma análise fundamentalista criteriosa.

A “Carteira Santander Valor” é composta por ativos de empresas selecionadas, representativas de diferentes setores da economia. Ela conta com o serviço de Rebalanceamento Mensal da Santander Corretora, que ajusta automaticamente a composição da carteira, sem que o investidor precise realizar as transações de compra e venda por conta própria.

Recomendações e Desempenho

A carteira é composta por empresas que os analistas da Santander Corretora consideram com boas perspectivas futuras e sólido histórico de entrega de resultados. No mês de agosto, por exemplo, a carteira inclui recomendações para empresas como BTG Pactual, Multiplan, Petrobras, Rumo e Vivara.

Leia mais  Ainda vale a pena apostar nas ações da Itaúsa?

A recomendação inclui informações sobre a empresa, setor, código da ação, percentual recomendado na carteira, preço atual e preço-alvo para um período futuro. Além disso, a carteira também oferece estimativas de Dividend Yield, que é a proporção entre os dividendos pagos pela empresa e o preço da ação.

Desempenho Histórico:

O desempenho da “Carteira Santander Valor” é acompanhado e divulgado regularmente. Ela apresenta uma série de estatísticas que mostram a rentabilidade da carteira em diferentes períodos em comparação com o desempenho do índice Ibovespa. Por exemplo, no período de agosto de 2023, a carteira teve uma rentabilidade de -3,15%, enquanto o Ibovespa teve um desempenho de -5,09%.

Acompanhando o histórico, é possível verificar como a carteira se comportou ao longo do tempo e como suas recomendações têm se saído em relação ao benchmark de mercado.

Tabela de Recomendações da “Carteira Santander Valor”:

EmpresaSetorCódigoPercentual RecomendadoPreço AtualPreço-Alvo 2024Dividend Yield Estimado 2024
BTG PactualInstituições FinanceirasBPAC1120%R$ 32,28R$ 42,003,21%
MultiplanShopping CentersMULT320%R$ 25,06R$ 33,00*3,74%
PetrobrasÓleo & GásPETR320%R$ 35,16R$ 52,0011,54%
RumoTransportesRAIL320%R$ 22,42R$ 32,000,76%
VivaraVarejoVIVA320%R$ 27,89R$ 40,001,83%

A “Carteira Santander Valor” exemplifica a abordagem de investimento por meio de Carteiras Mensais. Ela oferece recomendações diversificadas de empresas, respaldadas pela análise dos analistas da Santander Corretora. Essa estratégia busca superar o desempenho do Ibovespa e proporcionar aos investidores uma maneira mais orientada de alocar seus recursos no mercado de ações. No entanto, é importante lembrar que toda forma de investimento envolve riscos, e as decisões devem ser tomadas com base no perfil e nos objetivos de cada investidor, considerando também a consulta a profissionais especializados.

Leia mais  Pulou do barco? Itaúsa (ITSA4) vende R$ 600 milhões em ações da XP

Confira as melhores recomendações

Está em busca de oportunidades de investimento? Aqui no Guia do Investidor, nós oferecemos uma ampla seleção de análises, recomendações e indicações de preços-alvo para as principais ações e ativos da bolsa de valores brasileira. Nossa equipe de especialistas está sempre atenta ao mercado, identificando as melhores opções para você ampliar e diversificar sua carteira.

Entendemos que cada investidor tem suas próprias metas e tolerância ao risco. Por isso, oferecemos uma variedade de recomendações que se adequam a diferentes perfis e objetivos. Seja você um investidor conservador, moderado ou agressivo, encontrará em nosso site análises detalhadas e recomendações fundamentadas para auxiliar em suas decisões de investimento.

Além disso, sabemos que o mercado financeiro é dinâmico e as oportunidades podem surgir a qualquer momento. Por isso, atualizamos constantemente nossas recomendações para que você possa aproveitar as melhores oportunidades assim que elas aparecem.

Para conferir as últimas análises e recomendações do mercado, basta clicar aqui.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Itaúsa tem lucro líquido de R$ 3,46 bilhões no 4T23

Márcia Alves

Itaúsa homologa aumento de capital social e bonificação de ações

Miguel Gonçalves

Itaúsa volta para lista de boas pagadoras de dividendos com anuncio de distribuição

Leonardo Bruno

Itaúsa (ITSA4) anuncia distribuição de Juros sobre o Capital Próprio de R$ 0,1165 por ação

Leonardo Bruno

Moody’s eleva rating de crédito da Itaúsa e de suas emissões de debêntures

Leonardo Bruno

Itaúsa (ITSA4) registra crescimento de 16,8% no lucro líquido no 2T23 impulsionado por investimentos e alienção de ações da XP Inc.

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário