Guia do Investidor
resultados 2t23 12
Resultados

Movida (MOVI3) acelera prejuízo para R$ 17,9 milhões no resultado 2T23

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A locadora de carros Movida (MOVI3) divulgou seus resultados financeiros do segundo trimestre de 2023, reportando um prejuízo líquido de R$ 17,9 milhões. Esse valor contrasta com o lucro líquido de R$ 186,8 milhões registrado no mesmo período de 2022. A empresa destacou que esse resultado foi impactado pelo aumento das despesas financeiras, devido à elevação das taxas de juros.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda) totalizou R$ 890 milhões no 2T23, o que representa um aumento de 1,7% em relação ao 2T22.

A receita líquida da Movida atingiu R$ 2,479 bilhões no 2T23, apresentando um crescimento de 11,1% em comparação com o mesmo período de 2022. No segmento de locação, a receita alcançou R$ 1,2 bilhão, evoluindo 23,1% em relação ao ano anterior, com um Ebitda de R$ 794 milhões, um aumento de 13% no mesmo período.

A companhia destacou o crescimento do segmento de contratos de longo prazo (Gestão e Terceirização de Frotas – GTF), que representou 64% do lucro operacional (EBIT) no fechamento do semestre, em comparação com 45% do ano anterior.

No segmento de aluguel de carros (Rent-a-Car – RAC), a taxa de ocupação total aumentou sequencialmente para 70,7%. A frota total do segmento fechou o trimestre com 90 mil carros, reduzindo 8 mil durante o trimestre. A receita líquida do 2T23 foi de R$ 675,6 milhões, crescendo 15,5% em relação ao ano anterior, com uma diária média de R$ 123 (crescimento de 7%) e um Ebitda de R$ 381,8 milhões.

Leia mais  Saber, da Cogna, vende R$ 408 milhões em livros para Governo

No segmento de Gestão e Terceirização de Frotas (GTF), a Movida fechou o 2T23 com 114 mil carros na frota total, sendo 101 mil na frota operacional, o que representa um crescimento de 16% em relação ao último ano. A receita líquida de GTF foi de R$ 558,1 milhões, com um Ebitda de R$ 411,7 milhões, o que representa uma expansão de 31% em relação ao ano anterior.

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

No segmento de Seminovos, foram vendidos 19 mil carros no trimestre, com preço médio de venda praticamente estável em R$ 67 mil em comparação com o 2T22. Isso gerou uma receita de R$ 1,2 bilhão. A margem Ebitda aumentou para 7,7% no 2T23 em comparação com os 5,9% do trimestre anterior, evidenciando a política conservadora da empresa nas taxas de depreciação do imobilizado.

Leia mais  CPI da Americanas: relatório aponta fraude de diretoria

A Movida também realizou mudanças estruturais no seu portfólio de dívidas, liquidando antecipadamente dívidas locais e do exterior no valor de R$ 3,3 bilhões no primeiro semestre, incluindo a recompra de seus bonds. A dívida bruta do 2T23 somou R$ 14,0 bilhões, reduzindo R$ 1,2 bilhão em relação ao trimestre anterior após recompras e pré-pagamentos de dívidas. A dívida líquida terminou o trimestre em R$ 11,4 bilhões. A alavancagem medida pelo indicador dívida líquida/Ebitda se manteve em 2,9 vezes no 2T23.

Confira mais recomendações

Está em busca de novas oportunidades de investimento? Aqui no Guia do Investidor, nós oferecemos uma ampla seleção de análises, recomendações e indicações de preços-alvo para as principais ações e ativos da bolsa de valores brasileira. Nossa equipe de especialistas está sempre atenta ao mercado, identificando as melhores opções para você ampliar e diversificar sua carteira.

Entendemos que cada investidor tem suas próprias metas e tolerância ao risco. Por isso, oferecemos uma variedade de recomendações que se adequam a diferentes perfis e objetivos. Seja você um investidor conservador, moderado ou agressivo, encontrará em nosso site análises detalhadas e recomendações fundamentadas para auxiliar em suas decisões de investimento.

Leia mais  Aço verde? Vale (VALE) estuda modelos de produção sustentável nos EUA

Além disso, sabemos que o mercado financeiro é dinâmico e as oportunidades podem surgir a qualquer momento. Por isso, atualizamos constantemente nossas recomendações, para que você possa aproveitar as melhores oportunidades assim que elas aparecem.

Para conferir nossas últimas análises e recomendações, basta clicar aqui.

Conhece a agenda de resultados? 

Por fim, você quer se organizar para acompanhar as datas dos Resultados do 2T23? Então, não deixe para depois e confira a Agenda de Resultados do Guia do Investidor. No calendário estão reunidas todas as datas da divulgação dos Resultados do 2T23 das empresas listadas na bolsa de valores brasileira. Claro que sempre de formas simples e prática. Dessa forma, basta acessar clicando aqui!


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Governo Lula propõe aumento dos tributos empresariais

Paola Rocha Schwartz

Employee experience: metodologia pode impactar a empresa

Guia do Investidor

Faturamento de PMEs cresce 10% em maio, segundo IODE-PMEs

Guia do Investidor

Complexidade tributária custa 6% do faturamento da empresas

Guia do Investidor

Vale investe US$ 3,3 bilhões em produção de cobre e níquel

Rodrigo Mahbub Santana

Casas Bahia tem plano de recuperação aprovado

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário